???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3125
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Mecanismo molecular da determinação de sexo e casta em Melipona compressipes (Hymenoptera: Apidae)
???metadata.dc.creator???: Silva, Carlos Gustavo Nunes da 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Carvalho-zilse, Gislene Almeida
First advisor-co: Astolfi Filho, Spartaco
???metadata.dc.description.resumo???: A presença de castas entre as fêmeas e um sistema de produção sazonal de machos para renovação da rainha ou fundação de colônias filhas é fundamental para a vida em sociedade nas abelhas eusociais. Um sistema peculiar de determinação sexual é encontrado nesses insetos considerados organismos haplodiplóides, no quais, machos viáveis reprodutivamete são haplóides nascidos por partenogêne arrenótica (ovos não fecundados dando origem a machos), enquanto fêmeas são originadas de ovos fecundados. A haplodiploidia tem conseqüências fundamentais para a ecologia populacional e evolução social. A determinação das castas, por sua vez, em abelhas do gênero Melipona é sustentada pela hipótese do sistema genético-alimentar proposta por (KERR,1974), sendo dependente da dupla heterozigose, dos genes xa e xb (cada um com dois alelos). O objetivo desse trabalho foi o de seqüenciar genes envolvidos na determinação de sexo e ou castas em abelhas do gênero Melipona. Por meio de técnicas de isolamento gênico, utilizando o método de amplificação de extremidades para a obtenção de cDNAs completos (Rapid Amplification of Cdna Ends RACE). O gene fem (feminizer) foi clonado e seqüenciado em M. compressipes e analizado com o auxílio de ferramentas de bioinformática. Os resultados da análise mostram, que em Melipona compressipes, o produto predito do gene tem 64% de identidade e 75% de similaridade com o equivalente (fem) em Apis mellifera. Possuindo os mesmos domínios ricos em prolina (proline rich domain). Além disso, o gene fem é expresso em todos os instares imaturos e inclusive em adultos e igualmente encontrado em cDNAs de machos, operárias e rainhas, mostrando, da mesma forma que em A. mellifera, que esse é um gene expresso em todas as fases do desenvolvimento e em ambos sexos e castas, além de ser muito conservado interespecificamente. O gene fem, não possui a região hipervariada. Isso, segundo proposta desse trabalho, indicaria outros genes além de fem teria funções na ativação dos genes de castas em Melipona e dispararia outros genes feminizantes em contraposição aos genes masculinizantes, esses, por sua vez, constitutivos. É proposto um modelo, que reúne as informações da literatura com a descoberta do gene fem em Melipona
Abstract: The presence of castes among females and a sytem of seasonal production of males in order to fund new daughter colonies or replace the Queen, is essencial to life in society for the high eusocial bees. The haplodiploidy has unique consequences to the populational ecology and social oveolutinos for the social bees. Studies have shown, in depleted popultions, that consecutive mating between indviduals with equal allele composition for the sex determination gene can cause its extinction. The sex determination genes csd (complementary sex determiner) and fem (feminizer) seems to be at the top of a regulatory cascade in which will originate the different phenotypes, which is indeed a essential way to mainten the eusociability in bees. The sex determination system as well as the several distincts caste determination systems existing among the high eusocial bess are yet poorly undertood in their genetic basis and seems to be fairly complex as diverse. The goal of this thesis was to sequence genes envolved in the sex or caste determination in the Melipona bees. Using the RACE (Rapid Amplification of cDNA Ends) technique, the gene fem (feminizer) was cloned and sequenced in M. compressipes and analysed with help of bioinformatcis tools. The analysis show in Melipona compressipes that the predict gene product have 64% of identity and 75% of similarity with its equivalent (Fem) in Apis mellifera, posesing the same protein domains: Arginime-Serine domain (RS-domain) and proline domain (proline rich dormain). The gene fem in M. compressipes as in Apis, do not have hyper variable region which characterizes its paralog gene csd Thus, as this work proposes would indicate that the fem product would have function in the activation of genes in Melipona switching on other secondary feminizer genes in contrast with the masculining genes, which are constitutive.We propose a model that that put together literature information with the new gene fem findings in Melipona, aiming a discussion about the relulatory cascade which surpass from the sex determination
Keywords: Haplodiploidia
Partenogêne
Fe
csd
Haplodiploidy
Partenogêne
Faith
csd
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
???metadata.dc.publisher.initials???: UFAM
???metadata.dc.publisher.department???: Instituto de Ciências Biológicas
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
Citation: SILVA, Carlos Gustavo Nunes da. Mecanismo molecular da determinação de sexo e casta em Melipona compressipes (Hymenoptera: Apidae). 2008. 62 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2008.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3125
Issue Date: 24-Mar-2008
Appears in Collections:Doutorado em Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carlos Gustavo Nunes da Silva.pdf6.96 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.