Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3981
Tipo do documento: Dissertação
Título: A região transnacional entre Brasil, Colômbia e Peru como escala de análise para a tríplice fronteira
Autor: Machado, Bruno Caldas 
Primeiro orientador: Nogueira, Amélia Regina Batista
Resumo: Esta dissertação busca analisar o espaço da tríplice fronteira entre o Brasil, Peru e Colômbia por meio da delimitação de uma região transnacional. O objetivo é demonstrar que as análises feitas em escalas locais (estudo sobre cidades-gêmeas ou pontos da fronteira) e político-territoriais (com limites e fronteiras fixas) não têm retratado de forma adequada a realidade do espaço de fronteira, especialmente ao ignorar o elemento peruano e sua influência. A partir das características naturais, históricas, sociais e econômicas do espaço, foi feita uma delimitação inicial nos três países de espaços sub-regionais que, por afinidade, integrariam uma proto-região transnacional. Em seguida, foi conduzida uma análise sobre diversas redes geográficas originadas no Peru (alimentos in natura, produtos industrializados, chinglings) que atualmente articulam e influenciam a região e o cotidiano de seus habitantes. Após visitas a campo e a verificação da densidade dessas redes geográficas no Brasil, concluiu-se que está ocorrendo a cristalização de uma rede hierarquizada de lugares (rede urbana) polarizada por Iquitos dentro do espaço da região transnacional, que reforça ainda mais a própria unidade regional. Ao final, também foi discutido como, neste espaço regional, o território vem sendo construído: as formas horizontais de produção territorial (redes de fluxos cotidianos, zonais) têm competido e suplantado as formas verticais de produção territorial (poder estatal, instituições, leis e ordens de atores políticos e econômicos extrarregionais). A região transnacional aparece como categoria de análise mediadora entre as redes e fluxos e o território. Dada sua estabilidade, extensão e coesão, é possível analisar o espaço e as relações entre seus atores ultrapassando fronteiras políticas e não se restringindo a momentos ou conjunturas econômicas. Extrapolar as fronteiras e compreender o tecido de relações regionais é necessário para que políticas públicas, ações territoriais e novos trabalhos acadêmicos tenham melhores impactos em regiões fronteiriças.
Abstract: This thesis analyzes the tri-border area between Brazil, Peru and Colombia through the delineation of a transnational region. The objective is to demonstrate that the current studies on local (study of twin-cities or border points) and political-territorial (with fixed boundaries and limits) scales are not adequately portraying the reality of that space, especially by ignoring the Peruvian element and its influence. Drawing from natural, historical, social and economic characteristics of the area, a sketch of sub regional spaces within the three countries was made, based on mutual affinities, which would integrate into a transnational proto-region. Then, we conducted an analysis of various geographic networks originated in Peru (fresh food, industrial products, chinglings) that currently articulate and influence the region and the daily life of its inhabitants. After field visits and checking the density of geographical networks in Brazil, it was concluded that a crystallization of networks is taking place, leading to a hierarchical network of locations (urban network) polarized by Iquitos within the transnational space, which further strengthens the regional unit. At the end, it is also argued how territory-building happens in this particular regional space: horizontal forms of territorial production (everyday zonal flows) compete and supplant vertical territorial forms of production (power yields, institutions, laws and orders from extra-regional political and economic players). The transnational region appears as a mediator category of analysis between networks and the territory. Given its stability, extension and cohesion, it is possible to analyze the space and the relationships between its actors beyond political boundaries and not restricted to time or economic circumstances. Extrapolate boundaries and understand the fabric of regional relations is necessary in order for public policies, regional actions and new academic works to have better impacts in border regions.
Palavras-chave: Região
Fronteira
Território
Redes urbanas
Peru
Brasil
Colômbia
Region
Urban networks
Networks.
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citação: MACHADO, Bruno Caldas. A região transnacional entre Brasil, Colômbia e Peru como escala de análise para a tríplice fronteira. 2014. 175 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3981
Data de defesa: 26-Ago-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Bruno Caldas Machado.pdf2,7 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.