???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5053
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Abordagens metodológicas que favorecem a construção da autonomia intelectual do estudante: o trabalho com simulação das Nações Unidas na escola
???metadata.dc.creator???: Godinho, Jones 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Calvacante, Lucíola Inês Pessoa
???metadata.dc.description.resumo???: "Abordagens metodológicas que favorecem a construção da autonomia intelectual do estudante: o trabalho com simulação das Nações Unidas na escola” traz a análise de uma experiência com metodologias ativas, mais especificamente com um modelo de simulação das Nações Unidas (ONU), desenvolvido no contexto escolar com alunos do Ensino Médio, em uma escola particular na cidade de Manaus/AM. Neste sentido, aborda sobre o papel do professor na formação do estudante, frente aos desafios da docência, articulando autonomia profissional com autonomia intelectual, num movimento que põe em relevo as possibilidades de atuação do professor no tocante ao planejamento de suas aulas, às tarefas burocráticas exigidas, bem como à perda de autonomia nas grandes decisões do ponto de vista da organização escolar e do currículo, e as implicações daí decorrentes à qualidade de seu trabalho e, de modo especial, à aprendizagem do aluno. Discute, pois, as abordagens metodológicas que favorecem a construção da autonomia intelectual do estudante, por meio de metodologias ativas de ensino-aprendizagem, em especial, o trabalho com projetos de ensino pautados na aprendizagem baseada em problemas e no estudo de caso, tendo, como exemplo, a simulação das Nações Unidas. Além de questionar os entraves e as dificuldades encontradas na escola sobre o processo de ensino e aprendizado, aponta para o que há de substantivo no trabalho docente, convidando o professor a desinstalar-se da função de mero executor de tarefas à artífice do processo ensino/aprendizagem. Além de análise bibliográfica sobre as abordagens metodológicas que favorecem a construção da autonomia dos alunos, partindo de um etnométodo, foi realizado um estudo de caso, envolvendo o acompanhamento e a observação participante da atividade de simulação da ONU, entrevistas com alunos e professores, e a análise de documentos produzidos pelos estudantes. Nesse sentido, identificamos com nosso trabalho que, a rotinização e a consequente burocratização do trabalho docente tornam-se entraves a práticas pedagógicas mais eficazes, além de dificultar a construção da autonomia do estudante e do próprio professor. No entanto, mesmo diante deste quadro, percebeu-se que a utilização de metodologias ativas de ensino-aprendizagem na escola, trouxe, aos alunos, mais dinamismo e entusiasmo, diálogo, cooperação e responsabilidade frente à construção do seu conhecimento, além de estimular o estudante a buscar/andar por conta própria, num exercício autônomo, contribuindo para a compreensão sobre a construção da autonomia, unindo formação intelectual ao processo de apropriação contínua de saberes e práticas.
Abstract: "Methodological approaches that favor the construction of the student's intellectual autonomy: working with simulation of the United Nations in school" brings the analysis of an experiment on active methodologies, specifically with a United Nations simulation model (UN), developed in the context school with high school students in a private school in the city of Manaus/AM. Therefore, discusses about the teacher's role in shaping the student, the challenges of teaching, combining professional autonomy with intellectual autonomy, a move that highlights the teacher's possibilities of action with regard to planning their lessons, to bureaucratic tasks required, as well as the loss of autonomy in major decisions from the perspective of school organization and curriculum, and the implications arising therefrom to the quality of their work and, in particular, to student learning. Therefore, argues methodological approaches that favor the construction of the student's intellectual autonomy, through active methods of teaching and learning, in particular, work with educational projects guided by the problem-based learning and case study, and, as an example, the simulation UN. Besides questioning the obstacles and difficulties encountered in school about the teaching and learning process, points to what is substantive in teaching, inviting teachers not to be a mere executor function of tasks, but the architect of teaching process learning. In addition to literature review on the methodological approaches that favor the construction of autonomy of students, from a ethnomethod, it conducted a case study, involving monitoring and participant observation of the UN simulation activity, interviews with students and teachers, and the analysis of documents produced by the students. However, we identify with our work, the routinization and the consequent bureaucratisation of teaching become barriers to more effective teaching practices, and it makes hard the construction of student autonomy and teacher himself. However, despite this situation, it was noted that the use of active methods of teaching and learning in school, brought, students, more dynamism and enthusiasm, dialogue, cooperation and responsibility towards the construction of knowledge, and stimulate student to look/walk on their own, in an autonomous exercise, contributing to the understanding of the construction of autonomy, uniting intellectual training to the process of continuous appropriation of knowledge and practices.
Keywords: Metodologias ativas
Autonomia intelectual
Simulação da ONU
Active methodologies
Intellectual autonomy
UN simulation
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIÊNCIAS HUMANAS: EDUCAÇÃO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
???metadata.dc.publisher.initials???: UFAM
???metadata.dc.publisher.department???: Faculdade de Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: GODINHO, Jones. Abordagens metodológicas que favorecem a construção da autonomia intelectual do estudante: O trabalho com simulação das Nações Unidas na escola. 2015. 139 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5053
Issue Date: 28-Dec-2015
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Jones Godinho.pdf5.38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.