???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2264
Tipo do documento: Dissertação
Título: Os sentidos do trabalho: as representações sociais em uma rádio comunitária
Autor: Costa, Fernanda Lúcia Pereira 
Primeiro orientador: Witkoski, Antonio Carlos
Resumo: Essa pesquisa buscou analisar os sentidos do trabalho realizado no espaço de uma rádio comunitária na cidade de Manaus/AM, a rádio A Voz das Comunidades , por ser a primeira rádio comunitária reconhecida legalmente no Brasil. O estudo foi realizado a partir de entrevistas, pesquisa documental e observação participante com a pretensão de compreender a realidade vivenciada pelos participantes da rádio visando o entendimento de aspectos psicossociais que remetem às Representações Sociais da rádio e perpassam a relação entre trabalho remunerado e o não remunerado no mundo capitalista e globalizado. Portanto, o levantamento de aspectos socioeconômicos e do modo como os participantes estabelecem suas relações no contexto da referida rádio comunitária, se fizeram necessários. Foi necessário, também, a busca do entendimento dos elementos motivacionais que permitem o trabalho não remunerado em um espaço público. A rádio comunitária funciona pela participação voluntária de seus membros e está vinculada ao Movimento Comunitário pela Cidadania (MOCOCI), organização não governamental, criada por incentivo da Igreja Católica. Enquanto um aparelho privado de hegemonia , isto é, instituição produtora de cultura e de ideologias que fazem parte da construção social. Sendo, portanto, a rádio um projeto da sociedade civil, é representada socialmente como uma conquista decorrente da luta pela democratização da comunicação e manutenção de espaços alternativos. Mas, mesmo sendo uma conquista, os dados da pesquisa revelaram que há dilemas que marcam o funcionamento da rádio, principalmente, em função da rotatividade dos seus participantes. Revelaram também que as atividades realizadas no contexto da rádio são representativas de ações políticas significadas na condição de aparecimento na esfera social. Apesar dos sentidos do trabalho na rádio comunitária estarem associados a conteúdos representacionais positivos, verificamos que a rádio continua sendo pouco conhecida pelos moradores de sua área de abrangência. Mas, por outro lado, o lugar social já conquistado pela rádio representado através dos seus programas e consequentemente dos seus participantes, reforça os fundamentos da existência das rádios comunitárias, sendo esses: a orientação à ação política, a solidariedade social e a divulgação da cultura
Abstract: This study aimed to analyze the meaning of the work done within a community radio station in Manaus / AM, the radio "Voice of the Communities" for being the first community radio legally recognized in Brazil. The study was conducted through interviews, archival research and participant observation with the intention of understanding the reality experienced by the participants of the radio toward an understanding of the psychosocial aspects that relate to the social representation of the radio and permeate the relationship between paid and unpaid work in capitalist world. Therefore, the socioeconomic survey and how the participants establish their relations in the context of that community radio, was made necessary. It was also necessary to seek the understanding of the motivational factors that allow unpaid work in a public space. The community radio station run by voluntary participation of its members and is linked to the Community Movement for Citizenship (MOCOCA), non-governmental organization created at the instigation of the Catholic Church. As a "private apparatus of hegemony," ie, producing institution of culture and ideologies that are part of social construction. Thus, as a radio project of civil society is represented socially as a result of winning the struggle for democratization of communication and maintenance of alternative spaces. But even as a conquest, the survey data revealed that there are dilemmas that characterize the functioning of the radio, mainly due to the rotation of its participants. They also revealed that activities in the context of radio are representative of political actions meant the condition of "appearance" in the social sphere. Although the meanings of work in community radio are associated with positive representational content, we find that radio remains little known by the residents of their area. But on the other hand, the social place ever won by radio represented through its programs and consequently, participants reinforced the foundations of the existence of community radio stations, these being: a guide to political action, social solidarity and dissemination of culture
Palavras-chave: Rádio comunitária
Representações sociais
Community radio
Social representations
Área(s) do CNPq: OUTROS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: COSTA, Fernanda Lúcia Pereira. Os sentidos do trabalho: as representações sociais em uma rádio comunitária. 2010. 112 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2264
Data de defesa: 5-Jul-2010
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERNANDA LÚCIA PEREIRA COSTA.pdfDissertação2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.