???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2697
Tipo do documento: Dissertação
Título: A estratégia saúde da família: um estudo na realidade do bairro Mauazinho
Autor: Luna, Maria Rute de Souza 
Primeiro orientador: Oliveira, Simone Eneida Baçal de
Resumo: O presente estudo tem como objetivo analisar a operacionalização da Estratégia Saúde da Família no bairro do Mauazinho, a partir da perspectiva dos usuários sobre os serviços recebidos, dando destaque aos desafios que configuram no seu cotidiano, e estão associadas a uma rede de serviços do Sistema Único de Saúde para garantir a atenção integral aos indivíduos e famílias. Sendo assim, contextualizamos o processo histórico de implementação do SUS em Manaus, mapeando as ações de políticas públicas de saúde a partir desse cenário; Além disso, o trabalho em questão pretende evidenciar como estão sendo realizadas as ações de promoção da saúde no processo de operacionalização da ESF; Revelar a estruturação da atuação da equipe profissional sob o enfoque da interdisciplinaridade; bem como, identificar o processo de participação social na ESF. Para alcançar esses objetivos realizamos um estudo de caso qualitativo, realizado na Unidade Saúde da Família L 18, no Bairro da Mauazinho, onde os dados e informações foram coletados ao longo do processo de estudo, sendo em seguida analisados sempre à luz do referencial teórico. Convém destacar que o referido trabalho possibilitará um melhor entendimento, quanto a operacionalização da Estratégia de Saúde da Família no bairro do Mauazinho, assim como exemplificar o programa em Manaus. Este estudo visa contribuir para a melhoria das políticas públicas de saúde no contexto manauara, nas ciências sociais aplicadas, e nas ciências da saúde, bem como para um melhor desempenho das políticas públicas neste contexto. Outrossim, as abordagens acerca das categorias, promoção da saúde, interdisciplinaridade e participação social, suscitam o entendimento da operacionalização da Estratégia Saúde da Família na perspectiva dos usuários no contexto social adequados ao direito à saúde como atenção integral ao cidadão. Na presente pesquisa os principais resultados alcançados apontam que: a atuação dos profissionais na realidade desta pesquisa são ações isoladas, voltadas a uma atenção curativa, onde repercute o modelo tradicional de saúde voltado a cura de doenças, um fator preponderante que aponta o mais baixo nível da interdisciplinaridade, a multidisciplinaridade na equipe. Sendo assim, o contraste entre o discurso e a prática da promoção da saúde e da participação social em saúde, nos mostra uma série de desencontros e contradições nas construções de vínculos entre a comunidade e a equipe de trabalho. Pois, ficou evidente que as ações de saúde realizadas estão concentradas na resolução dos problemas clínicos. E as ações de promoção da saúde que envolvem as palestras educativas, as campanhas de prevenção e as visitas domiciliares, dentre outras atividades, foram avaliadas como formas positivas das ações de saúde, porém o que está deixando as famílias insatisfeitas é a ausência atualmente destas atividades na comunidade. E a participação social através do controle social, ainda é insipiente no contexto analisado, pois as pessoas ainda não estão conscientes de sua importância no processo das políticas de saúde. Finalmente, foi possível concluir neste estudo que saúde da família avançou, mais não transformou, pois nos deparamos com ações que intensificam ainda mais o paternalismo, com ações não emancipatórias. Onde o empoderamento político das famílias não acontece nos espaços democráticos, onde há incluídos e excluídos. Incluídos porque tem acesso aos serviços de saúde, mas surge a exclusão quando não há a participação da comunidade no controle social, ou nas ações de educação em saúde.
Abstract: The present study aims to analyze the operation of the Family Health Strategy in the neighborhood of Mauazinho, from the perspective of users of the services received, highlighting the challenges that shape your daily life, and are associated with a network of System Unified Health to ensure comprehensive care for individuals and families. Thus, contextualize the historical process of implementation of SUS in Manaus, mapping the actions of public health policies from this scenario; In addition, the work in question intends to show how the actions are being undertaken to promote health in the operationalization FHS, and reveal the structure of the performance of professional staff with a focus on interdisciplinarity and to identify the process of social participation in the ESF. To achieve these objectives we conducted a qualitative case study conducted in the Family Health Unit L 18, in the neighborhood of Mauazinho, where data and information were collected throughout the study process, and then analyzed when the light of the theoretical. It should be stressed that this work will enable a better understanding, and the operationalization of the Family Health Strategy in the neighborhood of Mauazinho, as well as illustrate the program in Manaus. This study aims to contribute to the improvement of public health policies in the context of Manaus, in the applied social sciences, and the health sciences, as well as for better delivery of public policy in this context. Furthermore, the approaches of the categories, health promotion, interdisciplinary and social participation, raise understanding of the operation of the Family Health Strategy from the perspective of users in the social context to the appropriate right to health as integral to the citizen. In this study the main results show that: the performance of professionals in the reality of this research are isolated actions, one aimed at curative care, which echoes the traditional model of health care aimed at curing disease, one major factor which indicates the lowest level interdisciplinarity, multidisciplinarity in the team. Thus, the contrast between rhetoric and practice of health promotion and social participation in health, shows us a series of misunderstandings and contradictions in the construction of links between the community and team work. Well, it was evident that health actions carried out are focused on solving clinical problems. And the actions of health promotion involving the educational lectures, prevention campaigns and home visits, among other activities, were assessed as positive forms of health, but what is leaving families unhappy today is the absence of these activities in the community. And social participation through social control, is still incipient in the context analyzed, because people are still unaware of its importance in the process of health policies. Finally, it was possible to conclude from this study that family health forward, not turned over because we are faced with actions that further intensify paternalism, with actions not emancipatory. Where the political empowerment of families does not happen in democratic spaces where there is included and excluded. Included because it has access to health services, but the exclusion arises when there is community participation in social control or the actions of health education.
Palavras-chave: Saúde da Família
Sistema Único de Saúde
Família
Amazonas
Family Health
Health System
Family
Amazon
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS: SERVIÇO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citação: LUNA, Maria Rute de Souza. A estratégia saúde da família: um estudo na realidade do bairro Mauazinho. 2011. 148 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2697
Data de defesa: 10-Oct-2011
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Rute.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.