???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2851
Tipo do documento: Dissertação
Título: O fenômeno do bullying: implicações do ambiente escolar na prática da violência entre pares
Autor: Silva, Elaine Freire da 
Primeiro orientador: Higuchi, Maria Inês Gasparetto
Resumo: A violência no ambiente escolar tem sido um problema cada vez mais frequente. O bullying caracteriza-se por um relacionamento interpessoal marcado por um desequilíbrio de forças, envolvendo atitudes agressivas, intencionais e repetidas, tomadas por um estudante contra o outro. Entendendo que o bullying não ocorre por si só, mas está relacionado a vários fatores socioambientais, a pesquisa buscou investigar a relação existente entre o ambiente escolar em todos os seus aspectos (físicos e psicossociais) na manifestação de bullying. Tomamos como principal referencial a abordagem Psicossocial do Ambiente a qual insere nas relações sociais a dimensão do lugar e espaço onde estas ocorrem. Buscou-se ainda trazer à luz de discussão crítica os estudos tradicionais sobre o fenômeno bullying. Dessa forma, o estudo contemplou uma análise criteriosa do ambiente escolar e o uso social dos sujeitos que constituem o cotidiano desse fenômeno sob investigação, uma vez que tais aspectos são dimensões inalienáveis no comportamento humano, em particular da violência. Além disso, foram analisadas as percepções dos gestores (N=2), professores (N= 8) e alunos (N=24) regularmente matriculados no ensino fundamental II (6º ao 9º ano) acerca do fenômeno em duas escolas públicas do município de Manaus, onde esses eventos eram frequentes. Foram utilizadas como técnicas de pesquisa a observação participante, entrevistas semiestruturadas com gestores e professores. Com os alunos foram formados grupos focais mediados pelo uso de técnicas gráficas. Os resultados mostram que o ambiente escolar é fator determinante para a manifestação e manutenção do bullying. Embora as relações que se estabelecem entre aluno-aluno, professor-aluno, aluno-gestor e professor-gestor sejam vitais na constituição do bullying, estas são também influenciadas pelos aspectos de organização e arranjo espacial da escola. Esse estudo indica dessa forma, que para uma intervenção psicossocial no fenômeno do bullying é necessário não apenas identificar fatores próprios dos agentes do bullying, mas também o ambiente onde este comportamento se manifesta. Nesse sentido, a espacialidade tem sua contribuição que não deve ser negligenciada, com risco de analisarmos de forma incompleta a complexidade desse fenômeno que traz sofrimentos recorrentes e permanentes a todos os envolvidos.
Abstract: Violence in school environment has been an increasingly common problem. Bullying is characterized by an interpersonal relationship marked by an imbalance of forces, involving aggressive attitudes, intentional and repeated actions, taken by a student against another. Bullying does not occur by itself, but is related to various environmental factors. The research aimed to investigating the relationship between the school environments in all its aspects (physical and psychosocial) in bullying manifestation. The reference for this study was the Psychosocial Environment approach which is inserted in social relationships, the place and space dimension where they occur. We still had an attempt to bring to the critical discussion the traditional studies about the bullying phenomenon. Thus, the study contemplated a meticulous analysis of the school environment and the use of social subjects that constitute the routine of this phenomenon under investigation, since these aspects are inalienable dimensions in human behavior, particularly violence. In addition, we analyzed the perceptions of directors (N = 2), teachers (N = 8) and students (N = 24) enrolled in elementary school II (6th to 9th grade) about the phenomenon in two public schools in Manaus, where these phenomena were frequent. The research techniques were: participant lesson observations, semi structured interviews with directors and teachers. Regarding students focal groups were formed and analyzed by the use of graphic techniques. The results show that the school environment is a decisive factor for the manifestation and maintenance of bullying. Although relationships established between student-student, teacher-student, student-director and teacher-director are vital in the constitution of bullying, they are also influenced by aspects of organizational and spatial arrangement of the school. The study suggests that in order to have a psychosocial intervention on bullying it is necessary not only identify the contributing factors of bullying but also the environment where this phenomenon happens. In this sense, spatiality has its contribution that should not be ignored, if so, that could result into an incomplete analysis of the complexity of this phenomenon that brings repeated and permanent suffering to all involved.
Palavras-chave: Bullying
Psicologia Social do Ambiente
Ambiente escolar
Relações interpessoais
Bullying
Psychology Social Environment
School environment
Interpersonal relationships
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: SILVA, Elaine Freire da. O fenômeno do bullying: implicações do ambiente escolar na prática da violência entre pares. 2013. 116 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2851
Data de defesa: 20-Mar-2013
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elaine Freire da Silva.pdf2,43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.