???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3644
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da resposta imune em doadores de sangue da cidade de Manaus infectados com o vírus da hepatite C (HCV)
Autor: Usui, Christiane Santana de Melo 
Primeiro orientador: Malheiro, Adriana
Resumo: A hepatite por vírus C (HCV) representa um grande problema de saúde pública devido à alta prevalência da infecção na população, que varia de 0,3 a 14,5%. A hepatite C é considerada uma doença transmitida principalmente pelo sangue e seus derivados, sendo o principal agente etiológico das hepatites pós transfusionais do mundo. A doença crônica, com poucas manifestações clínicas, ocorre em 80% dos indivíduos. Consequentemente, a hepatite C é frequentemente diagnosticada quando o indivíduo se submete aos testes de triagem sorológica em bancos de sangue. O diagnóstico laboratorial específico da hepatite C é realizado pela pesquisa de anticorpos anti-HCV, no teste ELISA e no Immunoblot. O perfil da resposta imunológica desenvolvida pelos indivíduos infectados pelo HCV, envolve a resposta de células T helper 1, mediada pela ativação de linfócitos TCD4+, tão bem como os linfócitos TCD8+, produção de IL-12 e IFN-, parece ser uma resposta extremamente importante para clearence viral. O objetivo este estudo foi avaliar a resposta imunológica humoral e celular de doadores de sangue que apresentaram sorologia reativa para hepatite C. No período de setembro de 2005 a novembro de 2006 foram convidados 100 doadores de sangue que apresentaram sorologia positiva para hepatite C e 100 doadores saudáveis a participar voluntariamente do estudo. Nossos resultados demonstraram que pelo teste complementar Immunoblot RIBA, 46% apresentaram resultados indeterminados, 36% foram reativos e 18% negativas. Das amostras negativas 61,11% (n=11) tiveram reação fracamente positiva, das indeterminadas 76% (n=35) tiveram razão DO/cutoff inferior a 2 e 50% (n=18) das reativas tiveram essa razão superior ou igual a 3. Não observamos diferenças estatísticas significante entre os valores encontrados de ALT, sendo que os mesmos permaneceram dentro dos valores de normalidade. Entre as populações de linfócitos ativados, a população de LTCD3+/CD4+ apresentou diferença estatística significante, na qual o grupo com diagnóstico confirmado por immunoblot (HCV+/BLOT R) apresentou menor número de células em relação aos outros grupos (Soronegativos, HCV+/BLOT NR, HCV+/BLOT IND). Avaliando as sub-populações de leucócitos ativados observamos diferenças estatísticas significantes entre as populações de neutrófilos CD69+ e monócitos CD69+, mas não encontramos diferença significante entre as populações de linfócitos CD69+ e eosinófilos CD69+. Desta forma concluímos que a infecção pelo HCV induz a alterações celulares que podem estar evoluindo para clearence viral ou para cronificação da infecção. No entanto para definirmos tal perfil, novos estudos serão necessários.
Abstract: Hepatitis C virus represents a serious problem on public health, because or the high prevalence in the population, estimate from 0.3% to 14.5%. Hepatitis C is usually transmitted by blood and derivations, and the main etiologic agent of transfusion in the world. The chronic disease, with few clinical manifestations, occurs on 80% of the patients. Furthermore, the hepatitis C, is usually diagnosed when the individual is submitted to serological screening in blood banks. The specific laboratorial diagnostics of HCV is made on researching for anti-HCV antibodies, as on ELISA and Immunoblot tests, but a representative percentual of blood donors shows a specifics antibodies pattern against viral fractions that does not mean as a confirmed infection, but as a undetermined pattern. The immunological response profile developed by the individuals infected by HCV, involves responses of T helper cells 1, mediated by lymphocyte TCD4+ activation, as good as TCD8+ lymphocyte and IL-2 and IFN-production and seems to be an extremely important response for the viral clearance. The objective in the present study is analyze the immunological humoral and cellular response of blood donors whose sororeactive for hepatitis C in ELISA and Immunoblot tests. From September of 2005 to November of 2006 one hundred blood donors sororeactive to hepatitis C and one hundred healthy donors were invited to participate under their consentment of the study. In our results given by Immunoblot supplementary test, 46% showed undetermined results, 36% was reactive and 18% negative. Among negative samples 61.11% (n=11) had a weak positive reaction, among the undetermined, 76% (n=35) had DO/cut off rate below 2 and 50% (n=18) reactive had this rate above or equals to 3. There was no significative statistics differences observed among ALT data on both groups, thus remained under normal values. Among the activated lymphocytes population, those ones of LTCD3+/CD4+ showed statistics difference, whose the Immunoblot confirmed (HCV+/BLOT R) diagnose group shows a fewer cells number from the other groups (soronegative, HCV+/BLOT NR, HCV+/BLOT IND). Assessment the leukocyte subpopulation we can observe a significant statistics difference between CD69+neutrophiles and CD69+ monocytes, we did not observed significant difference between CD69+ lymphocyte population and CD69+ eosinophiles. We have conclude that the HCV infection persuade cellular changes that can be clearance viral or on chronic infection. However, to define this profile, there will be needed new researches.
Palavras-chave: Hepatite C
Doadores de sangue
Resposta imune
Hepatitis C
Blood Donors
Immune Response
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-Graduação em Patologia Tropical
Citação: USUI, Christiane Santana de Melo. Avaliação da resposta imune em doadores de sangue da cidade de Manaus infectados com o vírus da hepatite C (HCV). 2007. 78 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3644
Data de defesa: 14-Nov-2007
Appears in Collections:Mestrado em Patologia Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Christiane Final.pdf2,93 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.