???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3650
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo farmacognóstico e abordagem farmacológica de Justicia acuminatissima (MIQ.) BREMEK. (ACANTHACEAE)
Autor: Verdam, Maria Christina dos Santos 
Primeiro orientador: Pereira, Maria de Meneses
Resumo: Justicia acuminatissima (Miq.) Bremek. é um membro da família Acanthaceae, conhecida popularmente como sara tudo e utilizada na Amazônia sobre a forma de chás para tratamento de processos inflamatórios. Apesar do seu uso, não há na literatura informações acerca de seus constituintes químicos, ações farmacológicas, nem mesmo dados toxicológicos. Não há tão pouco, informações que forneçam suporte farmacobotânico permitindo sua correta identificação. Desta maneira, o presente trabalho realizou a abordagem farmacognóstica da espécie fazendo sua caracterização farmacobotânica, traçando um perfil fitoquímico da mesma, avaliando a toxicidade no modelo de toxicidade aguda e abordando farmacologicamente a atividade atribuída ao vegetal, além de atividades correlacionadas, tais como agregação plaquetária, coagulação sanguínea e a capacidade ulcerogênica. A caracterização farmacobotânica forneceu ferramentas para a correta identificação, descrevendo os tipos de tecido e sua organização no vegetal bem como as estruturas presentes, tais como os tricomas e estômatos. O perfil fitoquímico descreveu a presença de cumarinas, esteróides, saponinas, taninos condensados e catequinas, sendo a presença de cumarinas considerada de grande importância, dada a sua raridade na família Acanthaceae. Os ensaios farmacológicos realizados se basearam no conhecimento popular acerca do uso dessa espécie. O extrato empregado utilizou como solvente a água, visando se aproximar daquele feito pela população. O extrato aquoso se mostrou seguro no ensaio de toxicidade aguda e a atividade antiinflamatória foi verificada no modelo da formalina e confirmada no ensaio do edema de pata. Além disso, o extrato testado não apresentou poder ulcerativo, apesar de sua atividade antiinflamatória. Os resultados obtidos nesse trabalho reafirmaram a premisssa de que o uso popular serve como triagem para o achado de produtos de origem vegetal, com atividades benéficas ao homem, uma vez que a atividade antiinflamatória está de fato presente no extrato aquoso obtido a partir das folhas deste vegetal. O presente trabalho contribuiu com a caracterização de mais uma espécie da flora amazônica, fornecendo informações que podem auxiliar no correto uso de plantas medicinais e ser ponto de partida para estudos posteriores.
Abstract: Justicia acuminatissima is a member of Acanthaceae family, known under the name of sara tudo and used in Amazonian in differents kinds of teas for treatment of inflammatory process. Despites the use, there isn´t in the literature information about the chemical constituints, farmacological action, or toxicological data. There is not information that gaves pharmacobotanical support that could help in correct identification. The present work did a farmacognostical approach of this specie, performing pharmacobotanical characterization, describing a phytochemical profile, evaluating the toxicity in the acute model of toxicity and addressing pharmacological activity attribuites to the plant, and correlated the same activities, such as platelet agrgregation, blood clotting and ulcerogenic capacity of it. The pharmacobotanical characterization provides tools for the correct identification, describing the kind of issues and this organizations in the vegetable with the structures that are present as if tricomas and stomatas. The phytochemical profile describes the presence of coumarines, steroids, saponins, tannins and cathequins. The coumarines presence is considerate very important because this presence is rare in the Acanthacea family. The pharmacological tests were based in the popular knowledge of the use of this specie, thus the extract were done with water as solvent, order to approach the use made by the population. The aqueous extract was safe in the acute toxicity model and the antiinflamatory activity was verify in the formalin model, and were confirmed in the rat paw edema. Besides, the extract don t show ulcerative power despites its antiinflamatory activity. The results in this work reaffirm the premiss that the popular uses serves as screening for the finding of natural products with benefitial activitys for man, since the antiinflamatory activity is in fact present in the aquos extract of the leaves oh this vegetable.The present work contribuites with the characterization of one more specie of the Amazonic flora, providing informations that can help in the correct use of medicinal plants and can be starting point for further studies.
Palavras-chave: Justicia acuminatissima (Miq.) Bremek., Farmacognosia
Inflamação.
Justicia acuminatissima (Miq.) Bremek
Pharmacognosy
Inflammation
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-Graduação em Patologia Tropical
Citação: VERDAM, Maria Christina dos Santos. Estudo farmacognóstico e abordagem farmacológica de Justicia acuminatissima (MIQ.) BREMEK. (ACANTHACEAE). 2009. 105 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3650
Data de defesa: 10-Dec-2009
Appears in Collections:Mestrado em Patologia Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO - MARIA CHRISTINA.pdf2,91 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.