???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3932
Tipo do documento: Dissertação
Título: Experiência subjetiva de pacientes com dificuldades na realização do exame de ressonância magnética
Autor: Cunha, Davi Araújo da 
Primeiro orientador: Silva, Iolete Ribeiro da
Resumo: O objeto de estudo dessa dissertação foi pesquisar a experiência subjetiva de pacientes que realizam o exame de ressonância magnética de campo fechado em uma instituição de saúde na Cidade de Manaus-AM. Os objetivos concentraram-se em: a) entrevistar e analisar a experiência subjetiva de pacientes que não apresentaram manifestações emocional/ansiosa durante a realização do exame na sala de RM; b) entrevistar e analisar a experiência subjetiva de pacientes que apresentaram alguma manifestação emocional/ansiosa que dificultou a realização do exame RM; c) entrevistar e analisar a experiência subjetiva de pacientes que apresentaram dificuldade do tipo emocional/ansiosa importante, e que só realizaram o exame de RM de campo fechado com anestesia geral; e, d) expor uma proposta de melhoria do serviço pesquisado, na perspectiva de promoção de cuidados da saúde. A Psicologia como ciência, e o ramo disciplinar aplicado da psicologia da saúde, foram os pressupostos teóricos centrais dessa pesquisa. Dedicada a estudar os processos psíquicos que participam do processo saúde-doença e compreendidos como complexos e multideterminados, a psicologia da saúde orientou o estudo da experiência subjetiva desses pacientes em situação de exame real em um contexto institucional. Foi utilizado o método qualitativo (observação participante) e o pesquisador teve uma posição de reciprocidade com a equipe de RM e com os pacientes em realização do exame, sem praticar intervenção clínica de caráter psicológico. Como instrumentos de coleta: notas de pesquisa, material documental e roteiro de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados a partir dos pressupostos teóricos e hipóteses de trabalho delimitados para essa pesquisa. Como estudo da experiência subjetiva, verificou-se que, as interações intersubjetivas, habilidade técnico-profissional, pensamento em positividade com características resilientes e a experiência de fé, podem funcionar como atenuadores de ansiedade durante esse exame. Percebe-se, ainda, que a escolha anestésica para complicações físicas e ansiosas que impossibilitam o exame é opção única. Como proposta de melhoria do serviço, verificou-se um ambiente físico e relacional satisfatório, mas ainda carente de modificações físicas e instrumentais que beneficiem a subjetividade dos pacientes.
Abstract: The study object of this dissertation was to research the subjective experience of patients who performed the Magnetic Resonance Imaging exam in closed field at a health institution in Manaus-AM. The objectives focus on: a) interviewing and analyzing the subjective experience of patients who did not presented emotional/anxious manifestations during the exam in the MRI room; b) interviewing and analyzing the subjective experience of patients who presented some emotional/anxious manifestations which hindered the realization of the MRI exam; c) interviewing and analyzing the subjective experience of patients who presented important emotional/anxious difficulty, and only had the closed field MRI exam under general anesthesia; and, d) expose a proposal for improving the researched service, in the perspective of health care promotion. Psychology as a science and applied disciplinary field of health psychology, have been the core theoretical assumptions of this research. Dedicated to study psychic processes which participate in the health-disease process and understood as complex and multidetermined, health psychology has oriented the study of subjective experience of these patients in real exam situation in an institutional context. Qualitative methods (participant observation) were used and the researcher had a position of reciprocity with the MRI team and with patients in the exam without practicing clinical intervention of psychological character. As data collection instruments: research notes, documentary material and semi-structured interviews. Data were analyzed from the theoretical assumptions and hypotheses defined for this research work. As the study of subjective experience, it was found that the intersubjective interactions, technical and professional skills, positive thinking with resilient characteristics and the experience of faith, can function as attenuators of anxiety during this examination. It is clear, however, that the anesthetic choice for physical and eager complications that preclude the examination is the only option. As a proposal for improving the service, there was a physical and relational satisfactory, but still lacking in physical and instrumental changes that benefit the environment subjectivity of patients.
Palavras-chave: Psicologia da Saúde
Experiência Subjetiva
Exame de Ressonância Magnética
Promoção da Saúde
Health psychology
Magnectic Resonance Imaging exam
Health care promotion
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: CUNHA, Davi Araújo da. Experiência subjetiva de pacientes com dificuldades na realização do exame de ressonância magnética. 2014. 109 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manuas, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3932
Data de defesa: 6-Aug-2014
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Disssertação - Davi Araújo da Cunha.pdfDisssertação - Davi Araújo da Cunha1,43 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.