???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3943
Tipo do documento: Dissertação
Título: De menina à mãe: relações entre história de vida materna e vínculo afetivo mãe-filho
Autor: Pontes, Karine Diniz da Silva 
Primeiro orientador: Gutierrez, Denise Machado Duran
Resumo: O presente estudo teve por objetivo analisar o vínculo afetivo mãe-filho, considerando a história de vida da mãe, incluindo aspectos como as vivências de sua infância, da gravidez, do parto, do puerpério e do relacionamento conjugal. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que utilizou o método clínico. Foram entrevistadas quatro mães cujos filhos eram atendidos pela pesquisadora, casos em que se observou haver dificuldades ou alterações no vínculo mãe-filho. A coleta de dados se deu por meio de entrevista em forma de “História de Vida.” A análise de dados foi realizada através da leitura sistemática das entrevistas e da compreensão dinâmica das verbalizações, a partir das quais se descreveu cada caso através das seguintes categorias: caracterização, história familiar, história da relação com o parceiro, vivências da gravidez, vivências do parto e puerpério, relação atual com o pai da criança e relação vincular mãe-filho. A discussão dos casos foi baseada na teoria psicanalítica e nos conceitos da transmissão psíquica entre gerações. O trabalho apresenta ainda um apanhado histórico a respeito da maternidade. Os resultados demonstraram que a maternidade possui vivências que são comuns às mães entrevistadas, contudo ganha configurações próprias a partir da história de vida de cada uma. O estabelecimento de um vínculo afetivo mãe-filho saudável surge como resultado de vários fatores, dentre os quais a existência, para a mãe, de figuras parentais afetivas em sua infância, um relacionamento conjugal harmonioso, uma gravidez com predomínio de vivências positivas e a capacidade de ressignificação dos próprios conflitos, que evita a projeção de aspectos patológicos no filho, prevenindo alterações no vínculo com o mesmo. Como considerações finais, salientou-se a necessidade de se desenvolver programas de apoio psicológico, durante e após a gravidez, tanto à mãe quanto ao pai e ao bebê, a fim de fortalecer os vínculos familiares.
Abstract: The present study aimed to analyze the mother-childbonding, considering the history of the mother's life, including aspects such as the experiences of his childhood, pregnancy, childbirth, puerperium and the marital relationship. This is a qualitative study that used the clinical method. We interviewed four mothers whose children were treated by the researcher, cases in which there was detected problems or changes in mother-child bond. Data collection occurred through interviews in the form of "History of Life." The data analysis was performed by systematic reading of the interviews and understanding the dynamics of utterances, from which each cases described by categories. The discussion of the cases was based on psychoanalytic theory and concepts of psychic transmission between generations. The work also presents a historical overview about motherhood. The results showed that motherhood has experiences that tare common to mothers interviewed, however own gains settings from the life story of each one. The establishment of an affective bond between mother and child health arises as a result of numerous factors, among which the existence, for the mother of the parental affection in his childhood, a harmonious marital relationship, a pregnancy with a predominance of positive experiences and the ability to reframing of conflicts, which avoids the projection of pathological feature sin the child, preventing changes in the bond with the same. As concluding remarks, stressed the need to develop programs of psychological support during and after pregnancy, both mother and baby to the father, to strengthen family bonds.
Palavras-chave: Maternidade
Vínculo afetivo mãe-filho
História de vida
Transmissão psíquica entre gerações
Mother-childbonding
Psychic transmission between generations
Motherhood
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: PONTES, Karine Diniz da Silva. De menina à mãe: relações entre história de vida materna e vínculo afetivo mãe-filho. 2012. 166 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3943
Data de defesa: 10-Apr-2012
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Karine Diniz da Silva Pontes.pdfDissertação - Karine Diniz da Silva Pontes1,59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.