???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4169
Tipo do documento: Dissertação
Título: Mãos que tecem o festival folclórico de Parintins: um estudo sobre as condições de trabalho e saúde dos artistas de galpão do boi-bumbá
Autor: Catalão, Laranna Prestes 
Primeiro orientador: Nogueira, Amélia Regina Batista
Resumo: A Saúde do Trabalhador é uma área da saúde pública que tem na relação entre trabalho e saúde seu objeto de estudo e intervenção. Reflexo da contradição capital e trabalho, este campo considera os aspectos socioculturais, econômicos e políticos para delinear ações de promoção, proteção, recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores, com base na análise das condições e processos de trabalho a que são submetidos. Por este caminho, o objetivo deste estudo foi analisar as condições de trabalho e os impactos na saúde na perspectiva dos artistas de galpão dos Bois-Bumbás do Festival Folclórico de Parintins, no Estado do Amazonas. Símbolo da cultura amazonense, este evento engloba a apresentação de quadrilhas, boi-bumbá mirim, danças e tem como principal atração o espetáculo produzido pelos Bumbás Caprichoso e Garantido, que impressionam pela exuberância e criatividade das alegorias e indumentárias utilizadas em sua apresentação na arena do Bumbódromo. A categoria de trabalho “artistas de galpão”, sujeitos centrais deste estudo, é a denominação que estes trabalhadores se atribuíram e subdividem-se em uma equipe formada por artistas de ponta (artista plástico coordenador da equipe), escultor, soldador, pintor, artesão e auxiliar de galpão. Para este trabalho, a metodologia utilizada foi a abordagem qualitativa, por meio de pesquisa bibliográfica, entrevista semiestruturada, observação sistemática e diário de campo, para apreender o processo de trabalho e o meio ambiente a que os sujeitos desenvolvem seu trabalho diário. Em 2013, cada Associação Folclórica contratou, em média, 110 (cento e dez) artistas de galpão e, deste universo, foram entrevistas 19 (dezenove) profissionais das duas agremiações. Para complementar o estudo do ambiente de trabalho e da política de saúde e segurança do trabalho das associações, foram entrevistados o diretor de galpão, o técnico de segurança do trabalho e o responsável pelo setor de saúde dos dois bois. Observou-se que as atividades desenvolvidas pelos artistas de galpão, considerando a perspectiva dos sujeitos, o meio ambiente de trabalho e os instrumentos utilizados, trazem riscos à saúde. Nos relatos obtidos nas entrevistas, identificou-se acidentes de trabalho e doenças causadas pelo ofício, doenças em que este foi fator contributivo e/ou agravador de enfermidade já estabelecida. Observou-se ainda que as Associações têm melhorado a condição de trabalho dos artistas de galpão por pressão sofrida pelo Ministério Público do Trabalho desde 2009, como ocorreu com a modificação da forma do contrato de trabalho, das melhorias no ambiente de trabalho e no cumprimento do pagamento dos salários atrasados. Apesar disso, ainda é preciso que as associações folclóricas e o poder público e privado, patrocinadores do evento, compactuem entre si para estabelecimento de políticas de saúde e segurança do trabalho para os artistas de galpão e demais trabalhadores, permitindo que suas mãos teçam o Festival Folclórico de Parintins com mais dignidade.
Abstract: The Occupational Health is a public health who has the relationship between work and its object of study and intervention. Reflection of capital and labor contradiction, this field considers the sociocultural, economic and political aspects to delineate the promotion, protection, recovery and rehabilitation of health workers, based on an analysis of the conditions and work processes they undergo. By this way, the objective of this study was to analyze the working conditions and the health impacts from the perspective of artists shed the Bois-Bumbás the Parintins Festival in the state of Amazonas. Symbol of Amazonian culture, this event includes the presentation of gangs, Bantam, dances and has headlining the show produced by Bumbás Garantido and Caprichoso, that impress the exuberance and creativity of the floats and costumes used in his presentation in the arena of Boi Bumbódromo. The job category "artists shed", the central subject of this study, is the denomination that these workers are assigned and are subdivided into a team of cutting-edge artists (artist team coordinator), sculptor, welder, painter, craftsman and auxiliary shed. For this work, the methodology used was a qualitative approach, by means of literature, semi-structured interviews, systematic observation and field diary, to grasp the process of labor and the environment that subjects develop their daily work. In 2013, each Folk Association hired an average of 110 (one hundred and ten) artists from the shed, and this universe, interviews were 19 (nineteen) of the two professional associations. To complement the study of the working environment and the health and safety of political associations, the director of the shed, technical labor safety and responsible for the health sector of the two oxen were interviewed. It was observed that the activities undertaken by the artists shed, considering the perspective of the subject, the work environment and the tools used, bring health risks. In the reports from the interviews, we identified accidents and illnesses caused by trade, diseases in which this was contributory factor and / or aggravating the already established disease. It was also observed that the Associations have improved the working conditions of artists shed by pressure exerted on the Ministry of Labor since 2009, as occurred with the modification of the labor contract, the improvements in the working environment and compliance with the payment of back wages. Nevertheless, it is still necessary that the folk associations and public and private power, event sponsors, compactuem together to establish policies on health and safety in the workplace for artists and others to shed workers, allowing his hands weave the Festival Folk Parintins with more dignity.
Palavras-chave: Condição de trabalho
Saúde do trabalhador
Boi-bumbá
Festival Folclórico de Parintins
Working conditions
Occupational health
Parintins Folk Festival
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS: SERVIÇO SOCIAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citação: CATALÃO, Laranna Prestes. Mãos que tecem o festival folclórico de Parintins: um estudo sobre as condições de trabalho e saúde dos artistas de galpão do boi-bumbá. 2014. 108 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4169
Data de defesa: 20-Aug-2014
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação- Laranna Prestes Catalão.pdfDissertação- Laranna Prestes Catalão3,81 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.