???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4275
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações de trabalho na comunidade Tikuna em Manaus (AM): um estudo de caso no bairro Cidade de Deus
Autor: Silva, Josibel Rodrigues e 
Primeiro orientador: Oliveira, Simone Eneida Baçal de
Resumo: Este trabalho visa compreender as formas de organização dos indígenas na cidade, em particular, as relações de trabalho construídas no processo de territorialização em Manaus pela comunidade Tikuna. A construção do processo teórico e metodológico da pesquisa foi baseada em uma perspectiva multidisciplinar, tendo um caráter qualitativo e exploratório. Foram realizadas entrevistas abertas com 23 sujeitos, além de observações diretas na comunidade e utilização de diário de campo, durante o período de maio de 2007 a maio de 2009. Neste estudo foi observado que os indígenas Tikuna migraram para Manaus devido a alguns motivos como, a procura de trabalho e educação para os filhos buscando a melhoria da qualidade de vida. Na cidade, a formação da comunidade surge a partir de sentimentos compartilhados baseados na etnicidade e identidade, permeados por laços de parentesco e solidariedade entre os sujeitos. Em um segundo momento, a vivência compartilhada de várias dificuldades como a insegurança, o desemprego e a falta de infra-estrutura básica nos Bairros onde moram, são motivos para o fortalecimento de um caráter político e identitário no grupo, caracterizando a construção de uma territorialidade específica. Com a formação da Associação Comunidade Wotchimaücü (ACW), localizada no Bairro Cidade de Deus, os indígenas participam de um processo de protagonismo cujas características culturais e identitárias são reformuladas de acordo com as próprias normas do grupo, voltadas para um caráter instrumental na busca de benefícios para a comunidade. As relações de trabalho construídas pelos sujeitos na cidade podem ser divididas por se constituírem nos territórios de fora e de dentro da comunidade. Os tipos de trabalho que se constroem fora da comunidade são caracterizados pela informalidade, individualidade e precarização do trabalho, características do mundo citadino capitalista. Os tipos de trabalho observados dentro da comunidade são aqueles estabelecidos dentro de um processo de territorialidade específica, se constituindo como formas alternativas de trabalho, configurando-se também em articulação política como estratégia de afirmação e visibilidade dos Tikuna em Manaus. É o que denominamos de trabalho artístico-cultural, sendo fundamentado na etinicidade e coletividade, no qual se percebe uma satisfação dos sujeitos em relação ao seu trabalho, pois este não está separado de seu mundo. Nestas formas de trabalho os indígenas ainda estão sujeitos a precarização e a informalidade, pois são atividades que dependem de um mercado excludente. Concluindo esta dissertação, as relações de trabalho construídas na cidade pelos indígenas nos induz a refletir sobre a própria natureza da concepção de trabalho pelo dito homem moderno que vive nas cidades, calcada em valores de troca e na separação do mundo da vida (família, lazer e cultura), culminando direta ou indiretamente na explosão de problemas que danificam a biosfera e a vida humana.
Abstract: This work objects to understand the forms of indigenous organization in the city, in particular, the relations of work built in the territorialization process in Manaus by the Tikuna community. The built of the theoretical and methodological process of this research was based in a multidisciplinary perspective, with a qualitative and exploratory character. It was done open interviews with 23 social agents, in addition with direct observations in the community and the use of field diary, during the period of May 2007 to May 2009. In this study was observed that the Tikuna people migrated to Manaus due to some reasons such as, search for work and education to children looking forward the improving the quality of life. In the city, formation of community arises from shared feelings based in ethnicity and identity, permeated by kinship and solidarity ties among the Tikuna. In a second moment, the shared experience of several difficulties such as insecurity, unemployment and the lack of basic infrastructure in the neighborhood where they live, are motive to strengthening of a political and ethnic group identity character, characterizing the building of a specific territoriality. With the formation of Wotchimaücü Community Association (WCA), located in Cidade de Deus neighborhood, the indigenous people participate of an autonomy process whose cultural and identity characteristics are reformulated according to the own rules of the group, directed to an instrumental character in search of benefits to community. The work relations built by the subjects in the city can be divided for being constituted in the outside and inside the community. The sorts of works that are built outside the community are characterized by informality, individuality and precarious work, characteristics of the city capitalist world. The sorts of work observed inside the community are those established in the specific territoriality process, constituting themselves as alternative ways of work, configuring also in politic articulation as strategies of affirmation and visualization of the Tikuna in Manaus. That is what we called of cultural artistic work, being based in ethnicity and collectiveness where it is observed a satisfaction of the social agents in relation to their work, for this is not separated of their world. In these ways of work the Tikuna are still subjected to the precarious work and informality, for these are activities that depend on an exclusive labor market. Concluding this essay, relations of work built in the city by the indigenous people persuade us to reflect about the own nature of work conception lived by the modern man that live in the cities, based in change values and in separation of life world (family, leisure and culture), culminating directly or indirectly in the explosion of problems that ruin the biosphere and human life.
Palavras-chave: Territorialidade específica
Comunidade Tikuna
Specific territoriality
Tikuna community
Área(s) do CNPq: OUTROS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: SILVA, Josibel Rodrigues e. Relações de trabalho na comunidade Tikuna em Manaus (AM): um estudo de caso no bairro Cidade de Deus. 2009. 131 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4275
Data de defesa: 18-Sep-2009
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Josibel Rodrigues e Silva.pdfDissertação - Josibel Rodrigues e Silva8,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.