???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4434
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo fitoquímico e atividades biológicas de Eperua duckeana e Eperua glabriflora (Fabaceae)
Autor: Leandro, Lidiam Maia 
Primeiro orientador: Veiga Junior, Valdir Florêncio da
Primeiro membro da banca: Nunomuro, Rita de Cássia Vieira Saraiva
Segundo membro da banca: Lima, Emerson Silva
Resumo: Eperua é um gênero da família Fabaceae, endêmico da Amazônia Central. O óleo exsudado das espécies Eperua oleifera, Eperua purpurea e Eperua falcata é utilizado na medicina popular de modo análogo ao da copaíba, como cicatrizante, antifúngico e bactericida. De modo geral, duas classes de substâncias têm sido isoladas de espécies desse gênero: terpenos e flavonóides. Apesar das espécies Eperua glabriflora e Eperua duckeana serem comuns na Amazônia, nunca foram estudadas química ou farmacologicamente. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a composição química dos extratos obtidos das cascas do tronco e folhas e determinar as atividades antioxidantes, antibacteriana, antifúngica, antiprotozoária e citotoxicidade em células tumorais, além de analisar a composição química dos óleos essenciais das folhas e talos dessas espécies. O material vegetal foi coletado na Reserva Ducke em Manaus e as cascas e folhas foram secas à temperatura ambiente e posteriormente trituradas. Os extratos foram preparados por maceração com solvente em ordem crescente de polaridade (hexano, acetato de etila e metanol). Foram obtidos doze extratos brutos. Os extratos apolares das cascas foram analisados por Cromatografia à Gás acoplada ao Espectrômetro de Massas (CG-EM) e ao Detector de Ionização de Chama (CG-DIC). Foram identificadas quatorze substâncias, sendo essas: seis ácidos graxos (ácido hexadecanóico, ácido 9,12-octadecadienóico, ácido 9-octadecenóico, ácido octadecanóico, ácido tetracosanóico e ácido hexacosanóico); quatro ácidos diterpênicos (ácido catívico, ácido 3- hidroxi-labda-7,13-dieno-15-óico, ácido 3-clerodeno-15-óico e um isômero dele); um hidrocarboneto (esqualeno); uma vitamina (α-tocoferol); e dois esteróis (estigmasterol e β- sitosterol). As duas últimas substâncias foram isoladas em mistura e identificadas por métodos espectrométricos. Do extrato obtido em acetato de etila das cascas de E. glabriflora foi isolado um 3-O-glicosil-flavanonol conhecido como engeletina, presente também no extrato da E. duckeana, porém, em menor concentração; e um flavonóide de M+ 476. Os óleos essenciais foram obtidos por hidrodestilação, em aparelho clevenger modificado durante 4h, e seco com sulfato de sódio e analisados por CG-DIC e CG-EM. Foram identificados nos óleos essenciais 35 constituintes, sendo o β-cariofileno e o germacreno D os constituintes majoritários. Os óleos essenciais das folhas e talos apresentaram atividade citotóxica em linhagens de células tumorais de câncer de mama (MDA/MB-435), cólon (HCT8) e sistema nervoso central (SKF-295) com inibições de crescimento de aproximadamente 90%. Os extratos testados apresentaram fraca ou nenhuma atividade antileishmania, trypanosoma cruzi, antifúngica e antibacteriana, exceto para o extrato obtido em hexano das cascas de E. glabriflora que apresentou significativa atividade contra a bactéria gram-positiva Bacillus subtilis (CIM= 62,5 μg/mL). Com relação ao potencial antioxidante, a maior atividade de seqüestro de radical livre DPPH• foi apresentada pelos extratos obtidos em acetato de etila e metanol das cascas (CI50 10,5 -17,8 μg/mL) e ambas espécies. Os resultados obtidos neste trabalho contribuem para o conhecimento químico e biológico de duas espécies da biodiversidade amazônica.
Abstract: Eperua is a genus of the Fabaceae-Caesalpinioideae, endemic to the Central Amazon. The oilresin of E. oleifera, E. purpurea e E. falcata is used in folk medicine in order analogous to “copaiba”, as a healing agent antifungal and bactericide. In general, two class substances have been isolated from this species: terpenes and flavonoids. Despite the species E. glabriflora and E. duckeana are common in the Amazon, have never been studied chemically and pharmacologically. This study aimed to evaluate the chemical composition of extracts of bark of trunk and leaves and to determine the antioxidant, antibacterial, antifungal, antiprotozoal and cytotoxic activity against tumor cells, and analyzing the chemical composition of essential oils from leaves and stems of these species. The plant material was collected in Ducke Reserve near Manaus and the bark and leaves were dried at room temperature and later crushed. The extracts were prepared by maceration with solvent in order of increasing polarity (hexane, ethyl acetate and methanol) were obtained twelve crude extracts. The non-polar extracts of bark of trunk were analyzed by gas chromatography coupled with mass spectrometry (GC-MS) and flame ionization detector (GC-FID). It was identified fourteen substances among them: six fatty acids (hexadecanoic acid, 9,12-octadecadienoic acid, 9- octadecenoic acid, octadecanoic acid, tetracosanoic acid and hexacosanoic acid); four diterpene acids (cativic acid, 3-hydroxylabd-7,13-dien-15-oic acid, 3-cleroden-15-oic acid and one isomer); one hydrocarbon (squalene); one vitamin (α-tocopherol); and two sterols (stigmasterol and β-sitosterol). The latter two substances were isolated in mixture and identified by spectrometric methods. From ethyl acetate extract of bark of trunk E.glabriflora was isolated from 3-O-glycoside-flavanonol, engeletin also present in the extract of E. duckeana, but in lower concentration. Other flavonoid was isolated from M+ 476 u.ma. Essential oils were obtained by hydrodistillation in Clevenger apparatus changed during 4h, then dried with sodium sulfate and analyzed by GC-FID and GC-MS. We identified 35 constituents in essential oils, and the β-caryophyllene and germacrene D the major constituents. Essential oils from leaves and stems showed cytotoxic activity against tumor cell lines of breast cancer (MDA/MB-435), colon (HCT8) and central nervous system (SKF-295) with inhibitions of growth of approximately 100%. The extracts tested showed weak or no trypanosoma cruzi or leishmania activity and antibacterial and antifungal activity, except the hexane extract of the bark of E. glabriflora that showed significant activity against grampositive bacterium Bacillus subtilis (MIC = 62.5 μg /mL). With respect to antioxidant potential, the highest activity of free radical sequestration was presented by the extracts in ethyl acetate and methanol of bark of trunk (IC50 10.5 -17.8 mg / mL) in both species. The results of this study contribute to the knowledge of chemical and biological of two species from Amazonian biodiversity.
Palavras-chave: Leguminosae
Muirapiranga
Antioxidante
Citotoxicidade
Diterpenos
Engeletina
Leguminosae
Muirapiranga
Antioxidant
Cytotoxicity
Diterpenes
Engeletin
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Citação: LEANDRO, Lidiam Maia. Estudo fitoquímico e atividades biológicas de Eperua duckeana e Eperua glabriflora (Fabaceae). 2011. 217f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/handle/4434
Data de defesa: 18-Apr-2011
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Lidiam Maia Leandro.pdfDissertação - Lidiam Maia Leandro.pdf7,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.