???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4483
Tipo do documento: Dissertação
Título: Composição florística e estrutura fitossociológica da floresta secundária na Fazenda Experimental da UFAM
Autor: Batalha, Luciana de Souza 
Primeiro orientador: Tello, Julio César Rodríguez
Primeiro membro da banca: Santos, Eyde Cristiane Saraiva dos
Segundo membro da banca: Castro, Rosana Barbosa de
Resumo: As florestas secundárias tem papel importante na conservação da biodiversidade, são ecossistemas ricos, heterogêneos, frágeis e complexos. Conhecer a dinâmica dessa vegetação é um passo primordial para a conservação da natureza, diante dessa evidência, nesta pesquisa foi analisada a composição florística e a estrutura da floresta secundária da Fazenda Experimental da UFAM. Na qual foi realizada a caracterização fisionômica-estrutural desse ecossistema, a partir dos descritores Fitossociológicos, que ajudaram a definir quais espécies são fundamentais quando porventura sejam demandadas pela gestão e recuperação desse tipo de florestas, em função de sua capacidade de desenvolvimento e utilização do espaço como habitat preferencial. A fim de se conhecer a composição florística da vegetação, foram alocadas quatro unidades amostrais de 100 x 100 m (10.000 m2) cada. Para uma melhor administração do inventário estas unidades foram subdivididas em 20 subunidades, num total de 80. Três unidades amostrais foram implantadas na floresta secundária do setor sul da fazenda e uma no setor norte. Onde além da estrutura e composição florística, foram analisados, a diversidade específica da vegetação, o padrão de distribuição das espécies e o valor ecológico das espécies. A análise nas quatro unidades amostrais revelou que as florestas são de alta diversidade, apresentando 1519 indivíduos, 182 espécies, 110 gêneros e 57 famílias, 101 espécies são de distribuição uniforme com poucos representantes, e as de maiores riquezas, maiores densidade e dominância, foram consideradas como distribuição agregada ou com tendência ao agrupamento. Quanto ao valor ecológico, todas as espécies foram consideradas importantes, uma vez que fazem parte da dinâmica sucessional da floresta. As informações obtidas nesta pesquisa deverão servir de suporte às medidas de conservação e preservação das espécies
Abstract: Secondary forests have important role in the conservation of biodiversity, ecosystems are rich, heterogeneous, complex and fragile. Knowing the dynamics of this vegetation is a fundamental step for the conservation of nature, on this evidence, this study analyzed the floristic composition and structure of Experimental Farm UFAM secondary forest. In which physiognomic-structural characterization of this ecosystem was realized, the descriptors phytosociological that helped define which species are essential when perhaps be demanded by management and recovery of this type of forest , due to its capacity for development and use of space as preferred habitat . In order to meet the floristic composition of the vegetation, four samples units were allocated plots of 100 x 100 m (10,000 m2) each. These units were divided into 20 subunits totaling 80 for a better inventory management. Three sample units were deployed in secondary forest of the southern sector of the farm and one in the forest northern sector. Where besides the structure and floristic composition were analyzed, the species diversity, the distribution pattern of vegetation species and ecological value of the species. The analysis in the four sampling units revealed that forests are highly diverse, exhibiting 1519 individuals, 182 species, 110 genus and 57 families, 101 species are uniform distributed with few representatives , and greater wealth , higher density and dominance ,were considered as aggregate distribution or tendency to cluster. Regarding the ecological value, all species were considered important, since part of the successional dynamics of the forest. The information obtained from this research will serve as a support of the conservation and preservation of tree species and maintenance ecosystem for secondary similar forest.
Palavras-chave: Diversidade florística
Fitossociologia
Biodiversidade - Conservação
Phytosociology
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais
Citação: BATALHA, Luciana de Souza. Composição florística e estrutura fitossociológica da floresta secundária na Fazenda Experimental da UFAM. 2013. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4483
Data de defesa: 25-Nov-2013
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Luciana de Souza Batalha.pdfDissertação - Luciana de Souza Batalha3,38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.