???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4680
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dinâmica e produção de uma floresta sob regime de manejo sustentável na Amazônia Central
Autor: Souza, Marcos Antônio Silva de 
Primeiro orientador: Azevedo, Celso Paulo de
Primeiro coorientador: Souza, Cíntia Rodrigues de
Resumo: Nos dias de hoje o manejo florestal sustentável é apontado como uma das melhores opções de utilização dos recursos naturais sem degradação ambiental. Entretanto, ainda há uma necessidade de maior entendimento dos efeitos dos impactos e a capacidade de produção futura da floresta. Diante disso, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de curto e médio prazos do sistema silvicultural policíclico, na dinâmica e produção, em uma floresta ombrófila densa no Estado do Amazonas, tendo como base três Unidades de Produção Anual da área de manejo florestal da empresa Mil Madeiras Preciosas em Itacoatiara/AM, exploradas entre os anos de 1996 a 1998. Os inventários florestais contínuos foram realizados antes e após a exploração nos de 1996, 1997, 1998, 2001 e 2014 em 41 parcelas permanentes de 1 hectare instaladas nas UPAs B, C e D, onde foram mensuradas todas as árvores com DAP igual ou superior a 15 cm. Foram calculadas as taxas de ingresso e mortalidade, DAP, área basal, volume, e seus respectivos incrementos periódicos anuais (IPAs), além da variação do número de árvores e espécies. Observou-se que o povoamento não apresentou alterações significativas no número de espécies logo após a exploração, por outro lado, houve aumento significativo no número total de espécies no último período analisado, ocorrendo de maneira equivalente nos três compartimentos. Em valores médios, antes da exploração, foram registradas 297,65 árvores.ha-1, equivalente a área basal de 26,42 m².ha-1 e o volume de 393,62 m³.ha-1. Em 2014, 16 a 18 anos após a exploração, todas as UPAs apresentaram aumento significativo nas três variáveis (número de árvores, área basal e volume), superando em número de árvores, os valores encontrados antes da exploração, considerando todas as espécies. No último período de análise, o povoamento apresentou taxa média de ingresso de 3,20 %.ano-1, assim como 1,47 %.ano-1 de mortalidade. Considerando apenas as espécies de valor comercial, as taxas foram de 2,50 %.ano-1 e 1,30 %.ano-1 para ingresso e mortalidade, respectivamente. Em valores médios, a taxa de incremento em volume foi de 4,63 m3.ha-1.ano-1, dos quais 1,69 m3.ha-1.ano-1 de espécies comerciais. Analisando o povoamento por classe de diâmetro, observou-se que este incremento tende a aumentar à medida que aumenta a classe de diâmetro, alcançando o ponto máximo nas árvores de 75 e 85 cm, com as maiores taxas registradas logo após a exploração. Observou-se também que o crescimento da floresta, 16 a 18 anos após a exploração, proporcionou a regeneração da maioria das clareiras observadas logo após a exploração, estas, passando para a fase de floresta em construção ou até mesmo madura. A floresta estudada apresentou estoques em área basal e volume do povoamento total e das espécies comerciais (16 a 18 anos após a exploração), equivalentes aos registrados na primeira medição, indicando que a intensidade de corte aplicada está favorecendo a recuperação do estoque madeireiro para um segundo ciclo de corte. Entretanto, devido aos diferentes intervalos de medição, não foi possível a condução de uma matriz de transição que incluísse todas as UPAs. Este fato limitou as análises e consequentemente impossibilitou projeções confiáveis a longo prazo.
Abstract: Nowadays sustainable forest management is considered one of the best options for using the natural resources without environmental degradation. However, there is still a need for greater understanding of the effects of impacts and future production capacity of the forest. Thus, the aim of this study was to evaluate the short and medium term effects of polycyclic silvicultural system, dynamics and production, in a dense rain forest in the state of Amazonas, based on three Annual Production Units (APU) of forest management the company Mil Madeiras Preciosas in Itacoatiara/AM, explored between the years 1996 to 1998. The continuous forest inventories were performed before and after logging in 1996, 1997, 1998, 2001 and 2014 in 41 permanent plots of 1 hectare installed in the APU B, C and D, which were measured all trees with DBH less than 15 cm. Admission rates and mortality were calculated, DBH, basal area, volume, and their periodic annual increments (PAIs), and the variation of the number of trees and species. It was noted that the forest did not change significantly in number of species after the operation, on the other hand, a significant increase in the total number of species in the last reporting period, occurring equivalently in three compartments. On average values, before the exploration, 297.65 trees.ha-1 were recorded, equivalent to basal area of 26.42 m².ha-1 and the volume of 393.62 m³.ha-1. In 2014, 16-18 years after the operation, all APUs showed a significant increase in the three variables (number of trees, basal area and volume), surpassing in number of trees, the values found before the operation, considering all species. In the last period of analysis, the population had an average rate of inflow of 3.20%. year-1, and 1.47% .year-1 for mortality. Considering only the species of commercial value, the rates were 2.50%. year-1 and 1.30% year-1 for admission and mortality, respectively. On average values, the volume growth rate was 4.63 m3.ha-1.year-1, of which 1.69 m3.ha-1.year-1 commercial species. Analyzing the forest by diameter class, it was observed that this increase tends to increase as you increase the diameter class, reaching its peak in the trees of 75 and 85 cm, with the highest rates recorded soon after the operation. It was also observed that the growth of the forest, 16-18 years after the operation, provided the regeneration of most clearings observed soon after the operation, they, passing to the stage of forest under construction or even mature. The forest studied had stock in basal area and volume of the total population and commercial species (16 to 18 years after logging), equivalent to those recorded in the first measurement, indicating that the applied felling intensity is favoring the recovery of the stock timber into a second cycle. However, due to the different measuring ranges, it was not possible to conduct a transition matrix that includes all APUs. This fact limited the analysis and consequently prevented reliable projections in the long term
Palavras-chave: Sustentabilidade
Manejo florestal
Recursos naturais
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais
Citação: SOUZA, Marcos Antônio Silva de. Dinâmica e produção de uma floresta sob regime de manejo sustentável na Amazônia Central. 2015. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4680
Data de defesa: 30-Jun-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Marcos Antônio Silva de Souza.pdf Dissertação - Marcos Antônio Silva de Souza1,58 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.