???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4692
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos de diferentes intensidades de anelamento sobre a estrutura de uma floresta de terra firme na Amazônia Central
Autor: Silva, Cristina Santos da 
Primeiro orientador: Santos, Joaquim dos
Primeiro coorientador: Higuchi, Niro
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar o efeito de quatro intensidades de redução de área basal por anelamento, na diversidade florística, estrutura horizontal, área basal, volume, biomassa e carbono de uma floresta de terra firme na Amazônia Central, após o período de, aproximadamente, 28 anos desde a intervenção. O experimento se localiza na Estação (ZF-2) do INPA, Manaus-AM. O delineamento estatístico utilizado foi Blocos ao acaso com 3 repetições e 5 tratamentos, com dimensões de 1 hectare cada: T0: testemunha, sem nenhuma intervenção; T1: anelamento das árvores com DAP ≥ 60 cm + 4 árvores com DAP ≥ 50 cm de espécies não listadas, para reduzir 25% da área basal; T2: anelamento das árvores com DAP ≥ 50 cm + 12 árvores com DAP ≥ 40 cm de espécies não listadas, redução de 50% da área basal; T3: anelamento das árvores com DAP ≥ 40 cm + 21 árvores com DAP ≥ 30 cm de espécies não listadas, redução de 75% da área basal; T4: anelamento de todas as árvores de espécies não listadas com DAP ≥ 25 cm, redução de 100% da área basal. Para área do anelamento a estimativa das variáveis nos tratamentos T0, T1, T2, T3 e T4 foram reportados os seguintes valores para o povoamento com DAP ≥ 10 cm, respectivamente: Número de árvores (614 ± 59; 541 -1 ± 57; 551 ± 40; 541 ± 41; e 626 ± 95 árv.ha ); Área basal (31,45 ± 1,99; 29,55 ± -1 2,39; 28,35 ± 1,57; 27,15 ± 5,14; 25,73 ± 3,43 m².ha ); Volume (468,78 ± 29,70; -1 440,39 ± 35,59; 422,56 ± 23,42; 404,66 ± 76,58; 383,62 ± 51,06 m³.ha ); Biomassa total (716,12 ± 48,58; 674,01 ± 56,53; 662,62 ± 57,82; 618,17 ± 117,63; 595,92± -1 80,46 Mg.ha ) e carbono total (202,83 ± 13,76; 190,91 ± 16,01; 187,68 ± 16,38; -1 175,09 ± 33,32; 168,79 ± 22,79 Mg.ha ). Os resultados obtidos indicam que, a floresta remanescente está respondendo de forma positiva à aplicação das diferentes intensidades de anelamento. O T4 foi considerado o tratamento que gerou os melhores resultados. Apesar de ter apresentado menores valores nas variáveis: área basal, volume, biomassa e carbono, este foi o tratamento que apresentou os maiores índices de recuperação para estas variáveis.
Abstract: The objective of this study was to analyze the effect of four reduced intensities of basal area by girdling, in floristic diversity, horizontal structure, basal area, volume, biomass and carbon of a mainland forest in central Amazonia, after a period of approximately 28 years, since the intervention. The experiment is located at Station (ZF-2) of the INPA, Manaus-AM. The statistical design was randomized blocks with three replications and 5 treatments, with dimensions of one hectare each: T0: control without any intervention; T1: girdling the trees with DBH ≥ 60 cm + 4 trees with DBH ≥ 50 cm not listed species, to reduce 25% of the basal area; T2: girdling the trees with DBH ≥ 50 cm + 12 trees with DBH ≥ 40 cm not listed species, 50% of the basal area; T3: girdling the trees with DBH ≥ 40 cm + 21 trees with DBH ≥ 30 cm not listed species, 75% reduction of the basal area; T4: girdling of all tree species not listed with DBH ≥ 25 cm, 100% reduction of the basal area. For area girdling the forecast variables in treatments T0, T1, T2, T3 and T4 were reported the following values for the settlement with DBH ≥ 10 cm, respectively: Number of trees (614 ± 59; 541 ± 57; -1 551 ± 40 , 541 ± 41; 626 ± 95 and árv.ha ); Basal area (31.45 ± 1.99; 29.55 ± 2.39; -1 28.35 ± 1.57; 27.15 ± 5.14; 25.73 ± 3.43 m².ha ); Volume (468.78 ± 29.70; 440.39 ± -1 35.59; 422.56 ± 23:42; 404.66 ± 76.58; 383.62 ± 51.06 m³.ha ); Total biomass (716.12 ± 48.58; 674.01 ± 56.53; 662.62 ± 57.82; 618.17 ± 117.63;. 595.92 ± 80.46 -1 Mg ha ) and total carbon (202.83 ± 13.76; 190.91 ± 1.16; 187.68 ± 16:38; 175.09 ± -1 33.32; 168.79 ± 22.79 Mg ha ). The results indicate that the remaining forest is responding positively to the application of different intensities of girdling. The T4 was considered the treatment that achieved the best results. Despite having lower values for the variables: basal area, volume, biomass and carbon, this was the treatment that showed the highest recovery rates for these variables
Palavras-chave: Diversidade florística
Amazônia Central
Floresta de terra firme
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais
Citação: SILVA, Cristina Santos da. Efeitos de diferentes intensidades de anelamento sobre a estrutura de uma floresta de terra firme na Amazônia Central. 2015. 189 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4692
Data de defesa: 16-Apr-2015
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Cristina Santos da Silva.pdfDissertação - Cristina Santos da Silva4,98 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.