???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4857
Tipo do documento: Dissertação
Título: Leishmaniose Tegumentar Americana e a fauna de Flebotomíneos (Diptera: psychodidae: phlebotominae) no município de Tabatinga, Amazonas, BR.
Autor: Soares, Fabiane Veloso 
Primeiro orientador: Franco, Antônia Maria Ramos
Resumo: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é um problema de Saúde Pública mundial. É amplamente distribuída no Brasil e a população amazonense encontra-se entre os estados mais acometidos pela doença no país. Este estudo teve como objetivo averiguar os aspectos epidemiológicos e entomológicos da LTA no município de Tabatinga, Estado do Amazonas. O município está situado à margem esquerda do rio Solimões, região fronteiriça à Colômbia e ao Peru. Foi realizado um estudo retrospectivo (últimos sete anos) dos casos humanos de leishmaniose cutânea notificados no município, a partir dos dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde de Tabatinga e o levantamento da fauna de flebotomíneos em agosto de 2010 e 2011. As coletas de flebotomíneos foram realizadas na Estrada do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA, Geodésica II, entre os km 4 e 8, utilizando-se armadilhas luminosas (CDC) e aspiração em base de árvore com CDC modificada. Para análise estatística foram utilizados o Índíce de Abundância de Espécies (IAE), Índíce Padronizado de Abundância de Espécies (IPAE), Índice de Diversidade Shannon-Wiener (H’) e Índice de eqüitabilidade (J’). Foram notificados 41 casos autóctones de LTA em Tabatinga, onde 61,7% eram do sexo masculino, com faixa etária de 30 a 39 anos (24,4%) e agricultores (21,9%). A forma clínica predominantemente foi cutânea. Foram coletados 5.741 espécimens, correspondente a 35 espécies do gênero Lutzomyia, capturados tanto em ambiente silvestre quanto peridomiliciar. A espécie mais abundante foi L. umbratilis (IPAE= 1.000). Deste total, 13 espécies são consideradas transmissoras ou vetores potenciais de Leishmania e/ou outros tripanosomatídeos. Das 44 amostras positivas, 10 foram isoladas/mantidas em cultivo, sendo oito de L. umbratilis e duas de L. dendrophyla. Análise isoenzimática desses isolados, demonstrou perfis similares a Leishmania colombiensis e Endotrypanum sp., no entanto, o perfil do locus MDH demonstrou maior similaridade para o gênero Endotrypanum. Foi feito o relato da ocorrência de duas novas espécies de flebótomos no Amazonas (Lutzomyia howardi) e no Brasil (Lutzomyia witoto). Os resultados deste trabalho referem-se à primeira informação sobre a fauna de flebotomíneos no município de Tabatinga, ampliando o conhecimento da distribuição, diversidade e infecção natural por tripanosomatídeos no Estado do Amazonas.
Abstract: The American Cutaneous Leishmaniasis (ACL) is a public health problem worldwide. It is widely distributed in Brazil and the Amazonas population is among the states most affected by the disease in the country. This study aimed to investigate the epidemiological and entomological leishmaniasis in the municipality of Tabatinga, Amazonas state. The city is situated on the left margin of the Solimões River, the border region to Colombia and Peru. We conducted a retrospective study (seven years), human cases of cutaneous leishmaniasis reported in the city, from data supplied by the Municipal Health Tabatinga and fauna survey of sand flies in August 2010 and 2011. Sandfly collections were carried out on the road from the National Institute of Colonization and Agrarian Reform - INCRA, Geodesy II, between km 4 and 8, using light traps (CDC) and aspiration in base tree with modified CDC. For statistical analysis we used the abundance index of species (ISA), standardized index of abundance of species (SISA), Index of Shannon-Wiener diversity (H ') and evenness index (J'). Have been reported 41 autochthonous cases of ACL in Tabatinga, where 61.7% were male, aged 30-39 years (24.4%) and farmers (21.9%). The predominant clinical form was cutaneous. We collected 5741 specimens representing 35 species of the genus Lutzomyia, both captured in the sylvatic and peridomiliciar environment. The most abundant species was L. umbratilis (SISA = 1.000). Of this total, 13 species are considered vectors or potential vectors of Leishmania and/or other trypanosomatids. Of the 44 positive samples, 10 were isolated / maintained in culture, eight from L. umbratilis and two L. dendrophyla. Isozyme analysis of these isolates showed similar profiles to Leishmania colombiensis and Endotrypanum sp., however, the profile of MDH locus showed greater similarity to the genus Endotrypanum. It made the report of the occurrence of two new species of sand flies in the Amazonas State (Lutzomyia howardi) and Brazil (Lutzomyia witoto). These are the first information on the phlebotomine fauna in the municipality of Tabatinga and expanding knowledge of the distribution, diversity and natural infection of trypanosomatids in the state of Amazonas
Palavras-chave: Leishmaniose Tegumentar
Flebotomíneos
Leishmaniose Tegumentar Americana (TCA)
Epidemiologia
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: SAÚDE COLETIVA: EPIDEMIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde
Citação: SOARES, Fabiane Veloso. Leishmaniose Tegumentar Americana e a fauna de Flebotomíneos (Diptera: psychodidae: phlebotominae) no município de Tabatinga, Amazonas, BR. 2012. 133 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4857
Data de defesa: 24-Apr-2012
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Fabiane V. Soares.pdfReprodução Total Autorizada2,78 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.