???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4979
Tipo do documento: Dissertação
Título: Características biométricas, edáficas, nutricionais e produção de frutos de castanha-da-amazônia em plantios clonais na Amazônia Central
Autor: Passos, Roza Maria de Oliveira 
Primeiro orientador: Azevedo, Celso Paulo de
Primeiro coorientador: Lima, Roberval Monteiro Bezerra de
Resumo: O estudo foi conduzido em plantio florestal de Bertholletia excelsa compondo de cinco clones: Aruanã, Manoel Pedro, Santa Fé, 606 e 609 num total de 50 árvores na Empresa Agropecuária Aruanã S. A. no município de Itacoatiara - AM. O delineamento foi inteiramente casualizado. O objetivo foi investigar o efeito de fatores nutricionais e físicos do solo na produção de frutos, além da caracterização biométrica das árvores, copas, frutos e produção de biomassa. Em cada árvore foram medidas as variáveis dendrométricas e morfométricas dos frutos, determinados o Grau de esbeltez e Índice de saliência. Testes de correlação foram aplicados nas variáveis de produção (peso de ouriços e castanhas) em função de todas as variáveis morfométricas (altura, DAP, copa e os índices). Quantificadas as biomassas úmidas e secas das cascas dos ouriços e castanhas por clone. Foram testadas as variáveis dependentes (peso de ouriços e castanhas) em função de todas as variáveis independentes (DAP, altura, copa e os índices) através da regressão linear múltipla pelo método Stepwise. Os nutrientes foliares e químicos das árvores que apresentaram maior e menor produção de frutos foram testados pelo Teste t de Student e a dispersão dos clones em relação a estas variáveis foi através da análise de variáveis canônicas e interpretada pela tabela e gráfico da distância. O clone Manoel Pedro apresentou as maiores médias em relação ao comprimento e proporção de copa, DAP, menor grau de esbeltez e índice de saliência. A variável de produção peso do ouriço apresentou correlação significativa e positiva com DAP; a variável peso das castanhas apresentou correlação significativa e positiva com DAP e correlação significativa e negativa com grau de esbeltez, para o clone Aruanã. Para o clone Santa Fé somente a variável DAP apresentou correlação significativa e positiva com as variáveis de produção (peso dos ouriços, volume, peso das castanhas e número total de ouriços). Os melhores modelos ajustados para produção foram: Peso de ouriços (PO): LnPO = -19,3639+6,5756 ln (d); R² = 46,48 e C(p) = -1,3182. Volume de ouriços (VO): LnVO = -6, 9294+3,8186 ln (d); R² = 43,42 e C(p) = -0,8220. Número de castanhas (NC): LnNC = - 9,4206+3,6031 ln (d); R² = 41,34 e C(p) = -1,5798. Peso das castanhas (PC): LnPC = - 8,8587+3,9718 ln (d); R² = 44,39 e C(p) = -0,9034. Número total de ouriços (NTO): LnNTO = -11,8515+3,5241 ln (d); R² = 42,33 e C(p) = -1,3249. A biomassa seca da casca dos ouriços e das castanhas ficou assim distribuída: Manoel Pedro > clone Aruanã > clone 606 > clone Santa Fé > clone 609. Não houve diferença significativa entre as árvores produtivas e não produtivas em relação às características químicas do solo e nutrição foliar das plantas. A análise de variáveis canônicas, baseados nos nutrientes foliares (nitrogênio, potássio, cálcio, enxofre, boro, cobre, ferro, manganês e zinco), separou o clone 609 em relação aos demais. Na profundidade de 0-20 cm, em relação aos nutrientes químicos do solo (pH, alumínio, ferro, zinco e manganês), a análise de variáveis canônicas separou os clones Aruanã e Manoel Pedro em relação aos demais. Na profundidade de 20-40 cm a análise de variáveis canônicas separou os clones Aruanã e 606 baseados nos nutrientes químicos (pH, carbono, matéria orgânica, magnésio, hidrogênio + alumínio, CTC a pH 7,0, ferro, manganês e cobre). A análise de variáveis canônicas, baseados nas variáveis físicas do solo (areia fina, silte e argila), na profundidade de 0-20 cm, separou o clone Santa Fé em relação aos demais clones. Na profundidade de 20-40 cm a análise de variáveis canônicas separou os clones Santa Fé e 609 baseados nas variáveis físicas (silte e argila). Observou-se maior produção em número de frutos e castanhas para o clone Manoel Pedro. As árvores mais produtivas apresentaram copas mais compridas, maiores incremento em DAP do que em altura, mais vitalidades e estabilidades. Existe variabilidade dentro de cada clone
Abstract: The study was conducted in forest planting Bertholletia excelsa composing five clones: Aruanã, Manoel Pedro, Santa Fe, 606 and 609 for a total of 50 trees in Agricultural Company Aruanã S. A. in Itacoatiara - AM. The design was completely randomized. The objective was to investigate the effect of nutritional and physical factors of soil in fruit production, in addition to biometric characterization of trees, fruits and biomass production. In each tree were measures the variables dendrometric and morphometric of the fruits, determined the index of esbeltez and salience. Correlation tests were applied in production variables (hedgehogs weight and nuts) in light of all the morphometric variables (height, DBH, crown and index). Quantified the wet and dry biomass of peels of hedgehogs and nuts by clone. The dependent variables were tested (hedgehogs weight and nuts) in light of all the independent variables (DBH, height, crown and index) by the multiple linear regression by method stepwise. The foliar and chemical nutrients from trees that had greater and lesser production fruits were tested by Student's t test and the dispersion of clones for these variables was by canonical variables analysis and interpreted by the table and graph of the distance. The clone Manoel Pedro presented highest average in the length and proportion of canopy, DBH, lower degree of esbeltez and index salience. The hedgehogs weight variable showed significant positive correlation with DBH; the variable weight of nuts showed significant and positive correlation with DBH and significant negative correlation with degree of esbeltez, for the clone Aruanã. For the clone Santa Fé only DBH showed significant and positive correlation with the production variables (weight of hedgehogs, volume, nuts weight and number total the hedgehogs). The best models adjusted to production were: Hedgehogs weight (WH): LnWH = -19.3639 + 6.5756 ln (d); R² = 46.48 and C (p) = -1.3182. Hedgehogs volume (VH): LnVH = -6, 9294 + 3.8186 ln (d); R² = 43.42 and C (p) = -0.8220. Number of nuts (NN): LNNN = -9.4206 + 3.6031 ln (d); R² = 41.34 and C (p) = -1.5798. Weight of nuts (WN): LnWN = -8.8587 + 3.9718 ln (d); R² = 44.39 and C (p) = -0.9034. Total number of hedgehogs (NTH): LnNTH = -11.8515 + 3.5241 ln (d); R² = 42.33 and C (p) = -1.3249. The dryness biomass of peels sea urchins and chestnuts was distributed as follows: Manoel Pedro> clone Aruanã> clone 606> clone Santa Fé> 609 clone. There was no significant difference between productive and non-productive trees in relation to the chemical characteristics of soil and foliar plant nutrition. The canonical variables analysis, based on foliar nutrients (nitrogen, potassium, calcium, sulfur, boron, copper, iron, manganese and zinc), separated the clone 609 at relation on others. In the depth of 0-20 cm in relation to soil nutrients chemical (pH, aluminum, iron, zinc and manganese), the canonical variables analysis separated the clones Aruanã and Manoel Pedro in relation to others. In the depth of 20-40 cm the canonical variables analysis separated the Aruanã clones and 606 based on chemical nutrients (pH, carbon, organic matter, magnesium, hydrogen + aluminum, CEC at pH 7.0, iron, manganese and copper). The canonical variables analysis, based on the physical characteristics of the soil (sand, silt and clay) at a depth of 0-20 cm the clone Santa Fé, been separated compared to the other clones. In the depth of 20-40 cm the canonical variables analysis separated the clones Santa Fé and 609 based in the physical variables (silt and clay). The most productive trees, have had longer tops, higher increase in DBH of the than in height, more vitality and stability. There are variability within each clone
Palavras-chave: Reflorestamento
Reforestation
Castanha-da-Amazônia
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais
Citação: PASSOS, Roza Maria de Oliveira. Características biométricas, edáficas, nutricionais e produção de frutos de castanha-da-amazônia em plantios clonais na Amazônia Central. 2014. 68f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4979
Data de defesa: 18-Jul-2014
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Roza Maria de Oliveira Passos.pdfReprodução Total Autorizada12,13 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.