Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5000
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estimativas do avanço do desflorestamento nos municípios de Iranduba e Manacapuru, Amazonas, por meio da modelagem espacial
Autor: Moreira, Noeli Aline Particcelli 
Primeiro orientador: Costa, Lizit Alencar da
Resumo: O avanço do desflorestamento no estado do Amazonas, ligadas a preocupações atuais da sustentabilidade do desenvolvimento e ao balanço das questões ambientais envolvidas motivam pesquisas relacionadas à construção de cenários futuros para várias regiões no Brasil e no mundo. Neste contexto, a presente pesquisa pretende simular as tendências de evolução do desflorestamento nos municípios de Iranduba e Manacapuru, Amazonas, a partir de variáveis físicas (estradas, APA, RDS e hidrografia), analisando os padrões do desflorestamento do ano de 2000 a 2012 e realizando a projeção futura até o ano de 2024, através de suas alocações espaciais e suas taxas quantitativas. Para tanto foram utilizados como base para análise do desflorestamento dados do Programa de Desflorestamento de Monitoramento do Desmatamento da Amazônia – PRODES, gerenciado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE que tem como finalidade calcular taxas de desmatamento para a Amazônia. A partir seleção de atributos do mosaico Prodes, do ano de 2012, foram selecionadas as classes de interesse (desflorestamento anual, floresta, hidrografia e não floresta), as quais permitiram a construção do mapa de cobertura da área bem como a transição de floresta para desflorestamento no período de 2000 a 2012. Os mapas de uso inicial e final no software Dinâmica Ego possibilitaram a partir do modelo markoviano, possibilitaram as probabilidades de transição de floresta para desflorestamento do ano de 2012 até o ano de 2024. As variáveis físicas estradas e hidrografia se mostraram ser colaboradoras deste processo ao longo do tempo. Os resultados da simulação foram validados espacialmente pelo índice de similaridade de Fuzzy e se mostraram satisfatórios na simulação. Medidas relacionadas à gestão dos recursos naturais, ordenamento territorial, políticas públicas e futuras estratégias de Conservação são necessárias para os municípios de Iranduba e Manacapuru
Abstract: The advance of deforestation in Amazonas state, linked to current concerns of sustainable development and the evaluation of environmental issues involved motivate research related to construction of future scenarios for various regions in Brazil and worldwide. In this context, this research aims to simulate the trends of deforestation in the municipalities of Iranduba and Manacapuru, Amazonas, from physical variables (roads, APA, RDS and Hydrography), analyzing the patterns of deforestation in the year 2000-2012 and performing future projection until the year 2024, through their spatial allocations and its quantitative rates. For both were used as a basis for analysis of deforestation Programme Data Monitoring Deforestation Deforestation of the Amazon - Prodes, managed by the National Institute for Space Research - INPE which aims to calculate rates of deforestation for the Amazon. From selecting attributes Mosaic Prodes the year 2012, the classes of interest (annual deforestation, forest hydrology and not forest), which allowed the construction of the coverage map of the area as well as the transition from forest to have been selected deforestation in the period 2000-2012. Statements of initial and final use in software Ego allowed Dynamics from the Markov model enabled the transition probabilities of forest to deforestation of the year 2012 until the year 2024. Roads Physical variables and hydrographic proved to be contributors in this process over time. The simulation results were validated by spatially Fuzzy similarity index and proved satisfactory in the simulation. Measures related to the management of natural resources, land use planning, public policy and future conservation strategies are needed for the area municipalities of Iranduba and Manacapuru
Palavras-chave: Desflorestamento
Modelagem Dinâmica
Sistema de Informações Geográficas
Desmatamento
Projeto de Monitoramento do Desmatamento da Amazônia - PRODES
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais e Ambientais
Citação: MOREIRA, Noeli Aline Particcelli. Estimativas do avanço do desflorestamento nos municípios de Iranduba e Manacapuru, Amazonas, por meio da modelagem espacial. 2014. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5000
Data de defesa: 8-Jul-2014
Aparece nas coleções:Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Noeli Aline Particcelli Moreira.pdfReprodução Total Autorizada5,07 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.