???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5092
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo do comportamento de indicadores ambientais nos sistemas fluviais Madeira/Amazonas e Solimões/Amazonas
Autor: Castro, Lorena Mota de 
Primeiro orientador: Oliveira, Tereza Cristina Souza de
Resumo: A bacia Amazônica, considerada a maior bacia hidrográfica do mundo, é responsável por aproximadamente 16% da água despejada no oceano e sua ampla extensão resulta na maior sensibilidade dos seus rios às mudanças climáticas globais. A dinâmica e disponibilidade de elementos químicos em um sistema tão complexo dependem de processos naturais como a lixiviação de substâncias químicas contidas nas rochas como também de atividades de fonte antrópica. O objetivo deste estudo foi avaliar a variação espacial de parâmetros físico-químicos (temperatura, turbidez, condutividade, sólidos totais suspensos, pH) e concentração de ânions (F-, Cl-, NO3-, NO2- e SO42-) em trechos que abrangem os principais formadores do rio Amazonas: Rio Solimões e Rio Madeira, além de caracterizar o sedimento de fundo destes sistemas no que se refere à sua granulometria, composição mineralógica (DRX) e concentração dos metais Fe, Mn, Zn, Cu, Cr, Ni e Pb (ICP-OES). Com exceção da turbidez, tanto os parâmetros quanto a concentração de íons apresentaram seus valores abaixo do máximo recomendado pela resolução do CONAMA 357/2005 para águas de classe 2. Ambos os trechos avaliados apresentaram teores de areia fina e média como composição predominante nos sedimentos de fundo, com exceção de um ponto em Guayaramerín-BO (RMGua), refletindo na maior concentração de metais nesta amostra. Nos sedimentos de fundo verificou-se a predominância de quartzo, albita, clinocloro, ilita, muscovita e microclina na fração total. A presença de minerais pesados como a andaluzita, augita e rutilo foram visualizadas no trecho Solimões/Amazonas onde esta ocorrência pode ser associada às formações Içá e Solimões. A análise de correlação permitiu avaliar que metais como Fe, Pb e Ni possuem alta correlação com a composição mineralógica do trecho Solimões/Amazonas. A alta correlação entre o Zn e Fe com o teor de SO42- indica a relação destes com os depósitos de pirita, entretanto não se descarta a influência das atividades mineradoras muito difundidas na região. Na análise de PCA foi possível observar que a dispersão entre os dados, tanto no trecho Solimões/Amazonas quanto no Madeira/Amazonas, são causados por fatores de origem natural, apesar da alta incidência de atividades antrópicas, principalmente na bacia do Rio Madeira.
Abstract: The Amazon basin, the largest watershed in the world, accounts for approximately 16% of the water discharged into the ocean and its broad scope results in greater sensitivity of its rivers to global climate change. The dynamic and availability of chemical elements in a system as complex rely on natural processes such as leaching of chemicals contained in the rocks as well as a source of anthropogenic activity. The objective of this study was to evaluate the spatial variation of physical and chemical parameters (temperature, turbidity, conductivity, total suspended solids, pH) and anion concentration (F-, Cl-, NO3-, NO2- and SO42-) in sections covering the main forming the Amazon: Solimões and Madeira river, in addition to characterize the bottom sediment of these systems in regard to its particle size, mineralogical composition (XRD) and concentration of the metals Fe, Mn, Zn, Cu, Cr, Ni and Pb (ICP-OES). With the exception of turbidity, both the parameters and the ions concentration presented their values below the maximum recommended by the CONAMA resolution 357/2005 for waters class 2. Both evaluated stretches showed medium and fine sand contents as the predominant composition in the bottom sediments, except for RMGua point Guayaramerín-BO, reflecting the higher concentration of metals in this sample. In bottom sediments there was a predominance of quartz, albite, clinochlore, illite, muscovite and microcline in the total fraction of these. The presence of heavy minerals such as andalusite, augite and rutile were viewed in the Solimões / Amazonas stretch where this occurrence may be associated with Içá and Solimões formations. The correlation analysis allowed to evaluate that metals such as Fe, Pb and Ni have high correlation with the mineralogical composition of the Solimões / Amazonas stretch. The high correlation between Zn and Fe with SO42- content indicates their relationship with pyrite deposits, though not rule out the influence of mining activities widespread in the region. In PCA analysis it was observed that the dispersion of data, both in the Solimões / Amazonas stretch and in Madeira / Amazonas, are caused by naturally occurring factors, despite the high incidence of human activities, mainly in the basin of Madeira.
Palavras-chave: Bacia Amazônica
Hidroquímica
Caracterização sedimentar
Amazon basin
Hydrochemical
Sediment characterization
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA: QUÍMICA ANALÍTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Citação: CASTRO, Lorena Mota de. Estudo do comportamento de indicadores ambientais nos sistemas fluviais Madeira/Amazonas e Solimões/Amazonas. 2015. 107 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5092
Data de defesa: 11-Sep-2015
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação-Lorena Mota de Castro.pdfReprodução total autorizada3 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.