???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5245
Tipo do documento: Dissertação
Título: Da praia a parque: o ressignificado das paisagens da Ponta Negra - Manaus/AM
Autor: Sousa, Valdelice Carvalho de 
Primeiro orientador: Nogueira, Amélia Regina Batista
Resumo: A Ponta Negra é um lugar que faz parte da história de vida dos manauaras. Ambiente que sempre atraiu olhares dos mais diversos sujeitos, não só dos habitantes da cidade, que veem nela parte de seu mundo vivido, mas também dos turistas que estão de passagem. Diante disso, a pesquisa foi estruturada para compreender o ressignificado que os frequentadores fazem da paisagem desse lugar, após as várias transformações sofridas. À medida que os sujeitos iam atribuindo novos significados frente às mudanças, acabávamos adentrando na categoria território, principalmente nas perspectivas conflituosas que são cotidianamente vivenciadas. É importante considerar, que diante das categorias paisagem, lugar e território, buscamos analisar a percepção dos indivíduos que constituem a Ponta Negra, isto é, pensar esses homens como sujeitos construtores dos lugares que vivenciam. Estudar as categorias geográficas é como organizá-la num conjunto conceitual, pois ambas de certa forma se completam. Para tudo isso, utilizamos como fundamento epistemológico a Geografia Cultural Humanística de base fenomenológica. Por meio dela traçamos as relações que os homens estabelecem com o meio, sendo construída e reconstruída, segundo uma dimensão simbólica. Deste modo, por se tratar de uma pesquisa qualitativa, fez-se uso da entrevista semiestruturada. As entrevistas foram conduzidas de maneira informal, procurando deixar que os sujeitos relatassem livremente sobre suas vivências e experiências, assim, alguns sujeitos descreveram sentir falta da antiga paisagem, como por exemplo, a praia, no entanto, não há como negar que o ambiente tornou-se um local familiar, que até então de acordo com os entrevistados não existia. Além dos relatos, tivemos as representações realizadas através dos mapas mentais, esses foram confeccionados de acordo com a percepção de um comerciante local, que destacou os elementos positivos e negativos que as modificações na paisagem da Ponta Negra apresentaram durante os últimos anos.
Abstract: Ponta Negra is a place that’s part of manauaras’ life story. This locale has always attracted looks from many people, not only from city population, who consider this tourist place very important for their own lives, but also from the visitors. This research was structured to understand the meaning of this place for its visitors after several transformations. As people were giving their opinion about all remake produced at Ponta Negra, we consider such evidence related about territory category, mainly above all conflicting perspective experienced. It is necessary to emphasize our analysis about the visitors’ point of view concerning the landscape, place and territory categories of this beach. Thereby, those people build the place with the experience they have had. Studying the geographical categories means organize them into a conceptual group, because both of them can complete each other. We had just used, like an epistemological foundation, the Humanistic Cultural Geography as phenomenological basis. We changed the relationship people have established with the environment. This is built and rebuilt according to a symbolic dimension. Thus, due to the fact this is a qualitative research, we have used the semi-structured interview. These interviews were conducted by an informally way, because each interviewed could report about their experiences at Ponta Negra by their own way; as soon, some interviewed preferred the beach in the past way. However, the new Ponta Negra became a familiar place, although this fact did not exist before. We also have the mental maps, obtained through these speeches. These representations have been done by the visitors’ sense of perception about that place. They said about positive and negative look of the transformations at the Ponta Negra over the time.
Palavras-chave: Geografia Cultural Humanística
Geografia Humanística
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: GEOGRAFIA: GEOGRAFIA REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citação: SOUSA, Valdelice Carvalho de. Da praia a parque: o ressignificado das paisagens da Ponta Negra - Manaus/AM. 2015. 105 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5245
Data de defesa: 22-Dec-2015
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Valdelice C. de Sousa.pdf125,07 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.