Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5276
Tipo do documento: Dissertação
Título: Euclides da Cunha: Integração, Paisagem e Topofilia
Autor: Ferreira, Antenor da Silva 
Primeiro orientador: Ribeiro, Odenei de Souza
Resumo: Este trabalho constitui-se num exercício exegético das obras Os Sertões e À Margem da História, de Euclides da Cunha. Busca-se realizar uma comparação direta entre as duas obras no âmbito dos temas Integração Regional, Paisagem e Topofiliação. Os objetivos foram identificar como o autor entende e propõe a integração das regiões Nordeste e Norte à nação brasileira, e ainda, compreender como o autor classifica a paisagem, as gentes e os espaços do Nordeste e da Amazônia. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, realizando-se um exame dos escritos de interesse da pesquisa, sem negligenciar os demais escritos do autor, bem como de fontes secundárias, extraindo-se subsídios para a construção do trabalho. Euclides da Cunha vivenciou grande parte dos eventos históricos mais marcantes da história do Brasil, no bojo da mudança de regime político do Império à República Presidencialista em 1889. Desde as primeiras letras o autor preocupou-se em escrever para interferir na realidade social em que vivia, increvendo-se na galeria dos autores que procuraram definir o Brasil. A temática da integração regional é a sua grande contribuição, sendo pioneiro em relação à integração da Amazônia. Euclides descreve minuciosamente a paisagem para valorizar a luta do sertanejo contra a natureza, evidenciando-lhe a bravura, traço psicológico que o faz triunfar sobre um ambiente hostil e que é proposto pelo autor como modelo para a nação. No trato com a paisagem, ainda, o autor deixou-se perceber francamente desgostoso com a paisagem amazônica. Neste trabalho se buscou explicar esse estranhamento expressão de um sentimento topofílico, provocado pelo confronto do autor com uma paisagem diferente do modelo topográfico que evoca os seus sentimentos de belo e aprazível, configurados pela sua ambientação em região montanhosa.
Abstract: This work constitutes an Exegetical exercise about Os Sertões and À Margem da História, by Euclides da Cunha. The aim is to carry out a direct comparison between the two works in the context of Regional Integration issues, Landscape and Topophilia. The objectives were to identify how the author understands and proposes the integration of Northeast and North to the Brazilian nation, and yet, understand how the author classifies the landscape, people and spaces of the Northeast and Amazon. The methodology used was the bibliographical research, performing an examination of research interest books, without neglecting the other writings of the author, as well as secondary sources, extracting subsidies for the construction of the work. Euclides da Cunha experienced many of the most remarkable historical events in the history of Brazil, in the midst of the change of political regime of the Empire to the presidential Republic in 1889. Since the first letters the author concerned in writing to interfere with the social reality in which he lived, enrolling in the Gallery of the authors who sought to define the Brazil. The subject of regional integration is their great contribution, being pioneer in relation to the integration of the Amazon. Euclides describes thoroughly the landscape to highlight the struggle of backcountry against nature, showing his bravery, psychological trait that makes him triumphing over a hostile environment and that is proposed by the author as a model for the nation. In dealing with the landscape, the author left see frankly disgusted with the Amazonian landscape. In this work sought to explain that strangeness expression of a topophilic feeling, caused by the author's confrontation with a different landscape topographic model that evokes feelings of beautiful and pleasant, configured for his ambiance in mountainous region.
Palavras-chave: Integração Regional
Sentimento Topofílico
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: SOCIOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociologia
Citação: FERREIRA, Antenor da Silva. Euclides da Cunha: Integração, Paisagem e Topofilia. 2016. 123 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5276
Data de defesa: 30-Mai-2016
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Antenor S. Ferreira.pdf745,5 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.