???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5421
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Nós, Ticuna, temos que cuidar da nossa cultura”: um estudo sobre o ritual de iniciação feminina entre os Ticuna de Umariaçú I, Tabatinga, Alto Solimões (AM)
Autor: Costa, May Aniely Moura da 
Primeiro orientador: Montardo, Deise Lucy Oliveira
Resumo: Este trabalho analisa o maior ritual de iniciação feminina realizada entre os Ticuna, a Festa da Moça Nova. Os Ticuna estão distribuídos na área da tríplice fronteira Brasil, Peru e Colômbia, contudo a maior parte das comunidades encontra-se ao longo do rio Solimões (AM). Além de apresentar a etnografia de um ritual realizado na comunidade indígena Ticuna de Umariaçú I/ Tabatinga (AM), a presente pesquisa analisa e descreve uma “possível” tradução dos cantos do ritual da Moça Nova, a fim de compreender como este ritual dos índios Ticuna está inserido em suas vidas. Como resultado final, o estudo adverte sobre a pouca ocorrência de rituais realizados nesta comunidade a cada ano, registra a baixa quantidade de cantos entoados e observa que poucos participantes conhecem e conseguem acompanhar esses poucos cantos. Assim sendo, o trabalho contribui para explicitar como o desaparecimento do ritual poderá impedir a compreensão das formas pelas quais os cantos aparecem na vida deste grupo e de como estes índios pensam e classificam seus cantos no âmbito do ritual.
Abstract: This work analyses the greatest female initiation ritual carried out among the Ticuna people, the New Girl ceremony. Ticuna people are spread along Brazil’s triple border, Peru and Colombia, however, the biggest part of the communities are found along Solimões river (AM). Besides showing the ethnography of a ritual carried out in the Ticuna indigenous community of Umariaçu I/Tabatinga (AM), this present research analyses and describes a possible translation to some of the New Girl ritual singings in order to understand how this ritual of Ticuna people is entered in their lives. As a final result, this study warns about the low occurrence of sung singings and observes that few participants know and are able to follow these few singings. Therefore, this work contributes to set out how the disappearance of the ritual will block the understanding of ways, which singings show up in this groups lives and how this Indians think of and rate their singings in the ritual.
Palavras-chave: Ritual indígena
Comunidade indígena
Índios Tikuna
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: ANTROPOLOGIA: ETNOLOGIA INDÍGENA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Museu Amazônico
Programa: Programa de Pós-graduação em Antropologia Social
Citação: COSTA, May Aniely Moura da. “Nós, Ticuna, temos que cuidar da nossa cultura”: um estudo sobre o ritual de iniciação feminina entre os Ticuna de Umariaçú I, Tabatinga, Alto Solimões (AM). 2015. 121 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5421
Data de defesa: 26-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - May Anyely M. Costa.pdf4,93 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.