???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5498
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação da atividade antibacteriana, antifúngica e antimalárico de extratos, frações e composto obtidos de plantas da Região Amazônica
Autor: Bastos, Ivanildes dos Santos 
Primeiro orientador: Nogueira, Patrícia Puccinelli Orlandi
Primeiro coorientador: Pieri, Fábio Alessandro
Primeiro membro da banca: Veiga Junior, Valdir Florêncio da
Segundo membro da banca: Fernandes, Ormezinda Celeste Cristo
Resumo: O grande aumento da resistência de bactérias, fungos e parasitas aos antimicrobianos convencionais disponíveis vêm se tornando um problema de saúde global gerando um impacto negativo sobre o tratamento destas infecções e com isto gera uma necessidade urgente de novas abordagens terapêuticas. Dentro desse contexto, os estudos com plantas representam prioridade na Amazônia, pela variedade e riqueza de sua flora. Desta forma, o presente trabalho teve como objetivo avaliar diversos extratos e frações em diferentes solventes, provenientes de vinte e cinco espécies de plantas amazônicas contra treze cepas de bactérias gram-positivas e vinte quatro Gram-negativas, uma cepa de Candida albicans e uma cepa de Plasmodium falciparum (FCR3). Das vinte cinco espécies de plantas, quinze apresentaram atividades, sendo que onze apresentam atividades frente as bactérias Gram-positivas, nove contra as Gram-negativas, nove apresentaram atividades contra Candida albicans e quatro contra Plasmodium falciparum. Na triagem bacteriana obteve-se resultados mais promissoras para os extratos de Caryocar villosum contra as bactérias Gram-positivas Bacillus liquiniformes, Bacillus subtilis, Streptococcus agalactiae, Streptococcus pyogenis e Gram-negativas Yersinia enterocolítica, Salmonella arizonae, Salmonella choleraesuis, Salmonella typhi e Shigella flexneri. Outras amostras que demostram excelente atividades foram os extratos e frações e isolado composto de Aniba panurensis frente as bactérias Gram-positivas Bacillus subtilis, Staphylococcus aureus, Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA), Staphylococcus simulans e Streptococcus agalactiae. E as frações em diclorometano dos galhos de Aniba ferrea e Ocotea leucoxylon frente Staphylococcus aureus e Staphylococcus simulans e a fração em acetato de etíla dos galhos de Aniba parviflora frente Staphylococcus simulans. Na triagem da atividade antifúngica, os melhores resultados obtidos, foram para o extrato etanólico das sementes e cascas de Ingá edulis e o extrato hidroalcoólico das sementes de Garcinia madruno e extrato etanólico dos galhos de Ocotea leucoxylon. Na triagem contra Plasmodium falciparum os melhores resultados obtidos foram demostrados nos extratos de Theobroma grandiflorum, Euterpe precatória, Garcinia madruno e Platonia insignis. Os dados aqui relatados são de suma importância, levando em conta a importância médica dos micro-organismos, pois fornecem evidências de que os extratos, frações e isolado possam ser considerados futuros agentes antimicrobianos ou ajudem na ação bactericida de Bacillus liquiniformes, Bacillus subtilis, Staphylococcus aureus, Staphylococcus aureus resistente a metilicina (MRSA), Streptococcus simulans, Streptococcus agalactiae, Streptococcus pyogenis, Yersinia enterocolítica, Salmonella arizonae, Salmonella choleraesuis, Salmonella typhi e Shigella flexneri e contra Candida albicans e Plasmodium falciparum.
Abstract: The great increase of resistance of bacteria, fungi and parasites to conventional antimicrobial available has become a problem of global health generating a negative impact on the treatment of these infections and with this generates an urgent necessity for new therapeutic approaches. Within this context, the studies with plants represent priority in Amazonia, for the variety and richness of its flora.This way the purpose of this work was to evaluate different extracts and tranches in different solvents, from twenty-five species of amazonian plants against thirty seven bacterial strains, a strain of Candida albicans and one strain of Plasmodium falciparum (FCR3). Of the twenty-five species of plants, fifteen presented activities, being that eleven showed activity against Candida albicans and four against Plasmodium falciparum. In bacterial screening was obtained results more promising for the extracts of Caryocar villosum against Gram-positive bacteria Bacillus liquiniformes, Bacillus subtilis. Streptococcus pyogenis and Gram-negative Yersinia enterocolitica, Salmonella arizonae, Salmonella choleraesuis, Salmonella typhi and Shigella flexneri. Other samples that demonstrate excellent activities were the extracts and fractions and isolated composed of Aniba panurensis front the Gram-positive bacteria Bacillus subtilis, Staphylococcus aureus, methicillin-resistant Staphylococcus aureus, Staphylococcus simulans and Streptococcus agalactiae. And the fractions in DCM branches of A. rail and Octoea leucoxylon front Staphylococcus aureus and Staphylococcus simulans and fraçao ethyl acetate branches of Aniba parviflora front Streptococcus simulans. In the screening of antifungal activity, the best results were for the ethanolic extract of Inga edulis seeds and husks and the hydroalcoholic extract of seeds of Garcinia madruno and ethanolic extract of the stems of Ocotea leucoxylon. In the screening against Plasmodium falciparum the best results were demonstrated in extracts of Theobroma grandiflorum, Euterpe precatoria, Garcinia madruno and Platonia insignis. And the data reported here are of the utmost importance, taking into account the importance of medical micro-organisms, because they provide evidence that the extracts, fractions and isolated may be considered future antimicrobial agents or help in lockable bactericide of Bacillus liquiniformes, Bacillus subtilis, Staphylococcus aureaus, MRSA, Streptococcus simulans, Streptococcus agalactiae, Streptococcus pyogenic, Yersinia enterocolitica, Salmonella arizonae, Salmonella choleraesuis, Salmonella thypi e Shigella flexneri e contra Candida albicans e Plasmodium falciparum.
Palavras-chave: Plantas amazônicas
Antimicrobianos - Resistência
Antifúngico
Antimalárico
Resistência bacteriana
Plantas medicinais
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas - Fundação Oswaldo Cruz
Sigla da instituição: UFAM - FIOCRUZ
Departamento: Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Programa: Programa de Pós-graduação em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia
Citação: BASTOS, Ivanildes dos Santos. Avaliação da atividade antibacteriana, antifúngica e antimalárico de extratos, frações e composto obtidos de plantas da Região Amazônica. 2015. 157 f. Dissertação (Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5498
Data de defesa: 28-Aug-2015
Appears in Collections:Mestrado em Saúde, Sociedade e Endemias na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Ivanildes S. Bastos.pdf2,47 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons