???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5511
Tipo do documento: Dissertação
Título: Piscicultura e assistência técnica na Amazônia Ocidental
Autor: Rodrigues, Tássia Tamires Estevão 
Primeiro orientador: Lima, Jackson Pantoja
Primeiro membro da banca: Oliveira, Alzira Miranda de
Segundo membro da banca: Oliveira, Adriano Teixeira de
Terceiro membro da banca: Machado, Márcia Regina
Resumo: A Região Norte é uma das promessas do setor aquícola nacional, pois, conta com grande abundância de água doce, diversidade de espécies e o maior consumo médio per capita de pescados do Brasil. O Amazonas foi o primeiro Estado da Região Norte a incentivar a piscicultura com a criação do Programa de Desenvolvimento da Aquicultura na década de 80. Devido a questões logísticas de acessibilidade à assistência técnica especializada, difusão de tecnologias, facilidade no escoamento da produção e de insumos a maior parte da produção aquícola do estado se encontra na região metropolitana de Manaus. Diante do exposto, o objetivo da pesquisa é caracterizar a piscicultura e a assistência técnica voltada à atividade na região metropolitana de Manaus. Para isso foram realizadas 109 entrevistas com auxílio de questionário semiestruturado. Entre os piscicultores entrevistados 74,31% declararam integrar o gênero masculino. Em relação à mão de obra em 44,04% foi identificada como familiar, em 53,21% familiar-diarista ou familiar-empregado, e em 2,75% a mão de obra utilizada era o funcionário fixo. A piscicultura é exercida em média a 2 (±4,27) anos. Os viveiros escavados e barragens foram os sistemas de cultivo mais utilizados, totalizando 266 módulos de cultivo, com 52,06 ha de lâmina d’água. Os canais de igarapé, tanques redes e viveiros de alvenaria totalizaram 6165m³. As espécies cultivadas são Colossoma macropomum (82,79%), Brycon amazonicus (20,12%), o Arapaima gigas (5,84%), Pairactus brachypomus (0,65%), Hypostomus plecostomus (2,92%), Cichla spp. (0,65) e Oreochromis niloticus (0,32%). Em 40,36% dos casos os produtores utilizam apenas ração comercial para alimentação das espécies cultivadas, em 51,38% é utilizado tanto ração quando alimentação alternativa e em 8,26% é fornecida apenas alimentação alternativa. O preço de comercialização variou com o peso e espécie cultivada. O pescado produzido é frequentemente vendido no grupo de vizinhança (42,57%) e a intermediários (28,71%). A assistência técnica é um serviço prestado por diversos atores, sendo que para 96,33% dos entrevistados foi evidenciado como um serviço gratuito, fornecido por agentes governamentais. Mais da metade dos entrevistados (51,38%) consideram as orientações técnicas de boa qualidade.
Abstract: The North is the promises of the national aquaculture sector, therefore, has an abundance of freshwater, species diversity and the highest average per capita consumption of fish in Brazil. The Amazon was the first state in the Northern Region to encourage fish farming with the creation of the Programa de Desenvolvimento da Aquicultura in the 80's. Due to logistical issues of accessibility to specialized technical assistance, dissemination of technology, ease the flow of production and inputs most of aquaculture production in the state is in the metropolitan region of Manaus. Given the above, the objective of the research is to characterize the fish and technical assistance focused on activity in the metropolitan region of Manaus. For that they were conducted 109 interviews with semi-structured questionnaire aid. Among the fish farmers interviewed 74.31% said integrating males. In relation to labor in 44.04% it was identified as a family, in 53.21% family-diarist or family employee, and 2.75% the manpower used was fixed employee. Fish farming is carried out on average 2 (± 4.27) years. Excavated ponds and dams were the most widely used farming systems, totaling 266 modules cultivation, with 52.06 ha of water surface. The stream channels, tanks and networks masonry nurseries totaled 6165m³. Cultured species are Colossoma macropomum (82.79%), amazonicus brycon (20,12%), the Arapaima gigas (5.84%), brachypomus Pairactus (0.65%), Hypostomus plecostomus (2.92%), Cichla spp. (0.65) and Oreochromis niloticus (0.32%). In 40.36% of cases the producers only use commercial feed for feeding the cultivated species, 51.38% is used for both feed when replacement feeding and 8.26% is provided only alternative power. The trading price varied with the weight and cultivated species. The fish produced is often sold in the neighborhood group (42.57%) and intermediate (28.71%). Technical assistance is a service provided by various actors, and for 96.33% of the respondents was evidenced as a free service, provided by government agents. More than half of respondents (51.38%) consider the technical guidelines of good quality.
Palavras-chave: Pequenos produtores
Aquicultura - Sistemas de cultivo
Piscicultura no Amazonas
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Pesqueiras nos Trópicos
Citação: RODRIGUES, Tássia Tamires Estevão. Piscicultura e assistência técnica na Amazônia Ocidental. 2016. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Pesqueiras nos Trópicos) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5511
Data de defesa: 11-Jul-2016
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Pesqueiras nos Trópicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Tassia T. E. Rodrigues.pdf896,01 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons