???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5824
Tipo do documento: Tese
Título: Territórios pluriétnicos em construção: a proximidade, a poiesis e a praxis dos indígenas em Manaus
Autor: Santos, Glademir Sales dos 
Primeiro orientador: Almeida, Alfredo Wagner Berno de
Resumo: O objetivo da tese é analisar os territórios pluriétnicos em construção, a partir dos atos de fala dos indígenas, situados em contextos específicos. A pesquisa de campo consiste na sistematização dos atos de fala, a partir das entrevistas, registradas durante e após as atividades cartográficas, constituindo um discurso étnico e político, a partir do qual são definidos aspectos que caracterizam a relação etnicidade e Estado. As locuções se referem ao contexto de conflito fundiário que implica resistência para permanecer nos espaços físicos objetivados por critérios étnicos, que constituem organização pluriétnica. A pesquisa prioriza as elocuções das lideranças das aldeias Kuanã, (Rio Cuieiras, no Baixo Rio Negro), Yupirunga, Santa Maria, Parque das Tribos e Associação Comunidade Nações Unidas (bairro Tarumã), zona oeste de Manaus, e Assentamento Povo Indígena do Sol Nascente, na zona norte de Manaus. A pesquisa demonstra que as organizações referidas têm considerado o atual momento um tempo de luta pelo espaço físico, delimitado para moradia e uso comum da terra. Assim, identifica-se que, frente ao contexto de um sistema fundiário de ordem empresarial e voltado para famílias e indivíduos atomizados, as relações de forças econômicas interagem na forma de relação político-jurídica, que funciona como dispositivo pragmático e utilitarista, cujo efeito promove a dissociação das organizações indígenas e de seus valores criados em torno dos recursos naturais, ou mantendo-as na invisibilidade social, controlada por uma dinâmica de inclusão-exclusão, de acordo com os interesses definidos nos dispositivos políticos. A pesquisa mostra, por fim, a emergência dos atos do discurso na oposição a este estado e apresenta uma praxis afirmativa das autodefinições dos indígenas, explicitadas nas formas de vida coletiva, entre as quais sobressaem os territórios pluriétnicos. Ao trazer para este contexto a filosofia social, a pesquisa explica este processo a partir do travejamento das categorias proxemia, proximidade, poiesis e praxis, cunhadas do pensamento filosófico latino-americano, que empiricamente explicam a constituição da força do étnico na praxis dos indígenas no contexto citadino, que brota das trajetórias, e que atualizam a vigência das formas de resistência pelo direito à vida na cidade. Este direito passa a ser parte da luta pelo reconhecimento, discurso apropriado pelos agentes, cujas vidas historicamente foram negadas pela modernidade, estigmatizadas, excluídas das dimensões econômica, cultural e política, e que passaram a explicitar interpelativamente tais condições nos seus atos de fala.
Abstract: The objective of this thesis is to analyze the pluri-ethnic territories in construction, beginning from the speech acts of the indigenous people, situated in specific contexts. The fieldwork research consists of the systematization of the acts of speech, from interviews, registered during and after cartographic activities, consisting in ethnic and political discourse, from which aspects that characterize the relationship between ethnicity and the State are defined. The locutions refer to the context of land conflicts which imply the resistance to remain in the physical spaces, objectified by ethnic criteria that constitute pluri-ethnic organization. The investigation prioritizes the elocutions of the leaders from the villages of Kuaná (Cuieiras River, tributary of the lower Black River), Yupirunga, Santa Maria, Parque das Tribos and the United Nations Community Association (Tarumã neighborhood), in the western zone of the city of Manaus, as well as the Indigenous People of the Rising Sun Settlement, in the northern zone of Manaus. The research demonstrates that the organizations mentioned have considered the present moment as a time of struggle for the physical space, delimited for housing and common use of the land. In this way, there has been identified, in the face of an agrarian system based on business interests, aimed at atomized families and individuals, that the economic relations interact through political – legal relationships, which function as programmatic and utilitarian instruments, with the effect of promoting the disassociation of the indigenous organizations and their values in respect to natural resources, or by keeping them invisible to society, controlled by an inclusion-exclusion dynamic, in agreement with the interests defined in political mechanisms. Finally, the research shows the emergence of the speech acts in opposition to these conditions and presents the affirmative praxis of the self-definitions of the indigenous people, explained through their collective way of living, in which their pluri-ethnic territories are formulated. By bringing this context to social philosophy, the research explains this process from the framework of the following categories: proxemia, proximidade, poiesis and praxis, based on Latin American philosophic thinking, which empirically explains the constitution of the ethnic force in the indigenous praxis in the urban context, which arise form trajectories and which update the validity of the forms of resistance for the right to live in the city. This right forms part of the struggle for recognition - discourse appropriated by the social agents, whose lives were historically denied by modernization, stigmatized, excluded by economic dimensions – cultural and political, and that came to question such conditions through their speech acts.
Palavras-chave: Reconhecimento Indígena
Atos de fala indígena
Praxis
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: SANTOS, Glademir Sales dos. Territórios pluriétnicos em construção: a proximidade, a poiesis e a praxis dos indígenas em Manaus. 2016. 430 f. Tese (Doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5824
Data de defesa: 16-Dec-2016
Appears in Collections:Doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - Glademir Sales dos Santos.pdf6,65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons