???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5944
Tipo do documento: Tese
Título: Perdurabilidade da Agricultura Familiar no projeto de assentamento de Vila Amazônia
Autor: Brandão, José Carlos Martins 
Primeiro orientador: Noda, Hiroshi
Primeiro coorientador: Noda, Sandra Nascimento
Resumo: O objetivo desta tese foi analisar a perdurabilidade da agricultura familiar no assentamento da Vila Amazonia, município de Parintins, Amazonas, Brasil. Utilizando o referencial teórico da complexidade sistêmica, este estudo envolveu a discussão das interações, organizações do sistema ambiental e cognição, auto-organização e auto-geração em diferentes momentos do processo histórico de assentamentos humanos. A metodologia incluiu ações reflexas e atores sociais inter-relacionadas (agricultores) com ênfase em redes de sistemas de vida e integração do observador como parte do meio observado. Compondo a complexa unidade, fenômenos, intensidade, interferência inter-relações sistêmicas e os indivíduos foram analisados no conjunto das categorias de análise: a agricultura familiar e perdurabilidade relacionadas com objetivo macro; assentamentos; organização socioeconômica; agrossistemas; e pluriatividade. Neste modo, os processos de assentamentos foram analisados por meio de mobilidade social e exploração comercial de obra familiar e os produtos do sistema ambiental. Quanto à organização sócioeconômica dos agricultores, a consolidação de grupos primários e comunidades evoluíram para processos de interação e complexos inter-relacionais com grupos sociais secundários emergentes para redes de interação social, garantindo prestadores de ações e comportamentos da agricultura familiar perduráveis ao longo das décadas. A multifuncionalidade da agricultura familiar e as atividades pluriativas, tornaram-se estratégias de trabalho para incrementos de renda monetária na unidade familiar. Portanto, esta característica multifuncional dentro da unidade familiar tem levado a melhorias e bem-estar, mantendo os processos produtivos e reprodutivos, habilitadores de resiliência do sistema ambiental. Adicionado a isso é um sistema de produção que visa à produção e produtos para o auto-abastecimento da unidade familiar e o excedente gerando aumentos da renda monetária, tendo a força de trabalho apoiada nas relações sociais, e a predominância de características sustentáveis nos agroecossistemas bem como a manutenção, recuperação e conservação do sistema ambiental, garantindo atividades de perdurabilidade com a permanência da agricultura familiar.
Abstract: The objective of this thesis was to analyze the perdurability of family farming in the settlement of the Vila Amazonia, municipality of Parintins, Amazonas State, Brazil. Using the theoretical framework of systemic complexity this study involved the discussion of the interactions, organizations in the environmental system and cognition, self-organization and self-generation at different times of the historical process of human settlements. The methodology included reflex actions and interrelated social actors (farmers) with emphasis on networks of living systems and integration of the observer as part of the observed medium. Composing the unit complex, systemic phenomena, intensity, interference, inter-relations and subjects were analyzed in the set from the analysis categories: family farms and perdurability related to macro objective; settlements; socioeconomic organization; agro systems; and pluriactivity. In this process the settlement processes were analyzed by means of social mobility and commercial exploitation of family labor and the environmental system products. As for the socio-economic organization of farmers, the consolidation of primary groups and communities evolved into interaction processes and inter-relational complexes with secondary social groups emerging to social interaction networks, ensuring providers actions and behaviors of perdurability family agriculture along the decades. The multifunctionality of family farming and pluriactivity became working strategies for increments of monetary income in the family unit. Therefore, this multifunctional feature within the family unit has led to improvements and well-being, maintaining the productive and reproductive processes, resilience enablers in the environmental system. Added to this is a production system aimed at production and products for the self-supply of the family unit and generating surplus for monetary income increase, taking the workforce supported in social relations, and the predominance of sustainable features in agro-ecosystems and maintenance, recovery and environmental preservation systems, ensuring perdurability activities of permanence of the family farming.
Palavras-chave: Agricultura familiar
Assentamentos humanos
Complexidade Sistêmica
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: BRANDÃO, José Carlos Martins. Perdurabilidade da Agricultura Familiar no projeto de assentamento de Vila Amazônia. 2016. 338 f. Tese (Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5944
Data de defesa: 29-Jul-2016
Appears in Collections:Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - José Carlos M. Brandão.pdf15,02 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons