???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5962
Tipo do documento: Dissertação
Título: A paisagem na Gleba Vila Amazônia: a impressão na fisionomia de terra firme pelos Sistemas Agroflorestais Espontâneos
Autor: Silva, Maria do Carmo de Oliveira 
Primeiro orientador: Brandão, Jesuéte Pachêco
Resumo: Esta pesquisa analisa a impressão na paisagem, a partir das redes de conexão da sociodiversidade espacializadas nos sistemas agroflorestais espontâneos das propriedades com agricultura familiar da Gleba Vila Amazônia, localizada na zona rural a leste do município de Parintins-Amazonas. A pesquisa responde a seguinte hipótese: a impressão na fisionomia da paisagem se dá pela sociodiversidade, quando os elementos (flora, pequena criação, cultivos e outros) dos Sistemas Agroflorestais Espontâneos sobre os ambientes da geodiversidade são espacializados por um ou mais membros (homens) da família ou somente pela mulher. Para isto foi utilizado no capítulo I, o referencial teórico com aporte nas categorias de análise: pensamento complexo; impressão da paisagem; gênero de vida; tempo-espaço; geodiversidade; sistemas agroflorestais; sociodiversidade. Teve como método procedimental o estudo de caso articulado com a técnica de trilhas culturais para os levantamentos geofísicos e estudo da espacialização dos elementos constituintes da paisagem nas unidades de agricultura familiar. Assim sendo, a fim de atingir o objetivo geral deste estudo, cada um dos três últimos capítulos responde a um objetivo específico. O capítulo II: Caracterização da geodiversidade dos sistemas agroflorestais na Gleba Vila Amazônia descreve a relação entre a geodiversidade e o tempo-espaço das impressões na fisionomia da paisagem, a partir das conexões das redes da sociodiversidade, organizadora dos SAFsE. O capítulo III: Estratégias de reprodução dos gêneros de vida pela sociodiversidade nas diferentes áreas fisiográficas verifica no estudo dos SAFsE se há impressão na fisionomia da paisagem advinda dos assentamentos humanos pretéritos e, quem é o (a) agente da sociodiversidade, se a(s) mulheres ou o(s) homens. O capítulo IV: A complexidade nos sistemas de terras firmes da Gleba Vila Amazônia identifica nas terras firmes (de latossolo amarelo distrófico, de terra preta, de espodossolo) os indicadores à perdurabilidade ambiental impressos nos sistemas agroflorestais espontâneos, potencializadores dos gêneros de vida das famílias da agricultura familiar e, o prognóstico sobre os indicadores da não existência dessa sociodiversidade em propriedades sem impressão semelhante. Partindo dessas análises o estudo permitiu a compreensão na interação intrínseca dos componentes da geodiversidade, imbricada na relação tempo-espaço ao imprimir modos de vida trazidos de outro lugar pela conexão das redes da sociodiversidade, espacializados por todos os membros das unidades de agricultura familiar tendo como referência a edificação da moradia configurando dessa forma, a fisionomia de terra firme dos sistemas agroflorestais espontâneos da Gleba Vila Amazônia.
Abstract: This research analyzes the imprint in the landscape, from the sociodiversity connection networks placed on the spontaneous agroforestry systems (SAFsE) of properties with family agriculture in (Gleba Vila Amazônia), located in the rural area in the east of Parintins municipality -Amazon. The research responds to the following hypothesis: the impression on the landscape physiognomy is given by sociodiversity when the elements (flora, small breed, crops and others) from spontaneous agroforestry systems on geodiversity environments located by one or more members the (men) of the family or only by the woman. For this, it was used in the chapter I, the theoretical reference with contribution in the categories of analysis: complex thinking; landscape imprint; way of life; time-space; geodiversity; agroforestry systems; sociodiversity. The procedure method was the case study articulated with the technique of cultural paths for the geophysical surveys and the studying of the placed elements that constitutes the landscape in the units of family agriculture. Therefore, in order to achieve the general goal of this study, each of the last three chapters responds to a specific objective. Chapter II: The geodiversity characterization from agroforestry systems in Gleba Vila Amazônia describes the relationship between geodiversity and the time-space from the imprint in the landscape physiognomy, starting from the networks connections of sociodiversity, which organizes SAFsE. Chapter III: Strategies for reproducing the life styles by sociodiversity in the different physiographic areas verify in the study of SAFsE, if there is an imprint on the landscape physiognomy coming from ancient human settlements, and who is the agent of sociodiversity, if they are the women or the men. Chapter IV: The complexity in the solid lands systems of Gleba Vila Amazônia identifies in the dry lands (of dystrophic yellow latosol, black soil, espodossolo) the indicators to the environmental durability imprinted in the spontaneous agroforestry systems, family life styles potentiators of familiar agriculture, and the prognosis on the indicators of the non-existence of this sociodiversity in properties without similar imprint. Based on these analyzes, the study allowed the understanding in the intrinsic interaction of geodiversity components, imbricated in the relation time-space when printing ways of life brought from another place by the connection of the sociodiversity networks, placed by all the members of the units of family agriculture, having as reference to the construction of the dwelling, thus configuring the solid land physiognomy of the spontaneous agroforestry systems of Gleba Vila Amazônia.
Palavras-chave: Paisagem
Sistemas Agroflorestais
Sociodiversidade
Pensamento Complexo
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: GEOGRAFIA: GEOGRAFIA REGIONAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Geografia
Citação: SILVA, Maria do Carmo de Oliveira. A paisagem na Gleba Vila Amazônia: a impressão na fisionomia de terra firme pelos Sistemas Agroflorestais Espontâneos. 2017. 188 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5962
Data de defesa: 26-Jul-2017
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Maria do Carmo O. Silva.pdf7,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons