???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6053
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vivencias socioafetivas de famílias que sofreram morte por suicídio de membro jovem em no bairro Petrópolis-Manaus
Autor: Velásquez, Bianka Mélida Bertrand 
Primeiro orientador: Gutierrez, Denise Machado Duran
Resumo: O suicídio é um problema grave de saúde pública que afeta a todos os países do mundo em todas as faixas etárias. Segundo a OMS (2014) o suicídio é a segunda causa de morte nos jovens de 15 a 29 anos. No caso do Brasil foram encontrados poucos estudos na área sobre o impacto do suicídio nas famílias. O objetivo geral dessa dissertação foi compreender a vivência socioafetiva de famílias que sofreram a morte por suicídio de um membro jovem em um bairro da cidade de Manaus, e os objetivos específicos foram descrever os modos como as famílias lidam com o suicídio do jovem e suas formas de enfrentamento; caracterizar aspectos psicossociais que envolvam o episódio em termos de seus antecedentes para a família e o jovem em questão; identificar fontes de apoio social e o acompanhamento das redes sociais para a família no momento anterior e posterior ao episódio. É uma pesquisa qualitativa de tipo exploratória, utilizou-se como método de pesquisa autopsia psicossocial e como instrumento de coleta de dados um roteiro de entrevista semi-estruturada com três famílias que perderam um membro jovem em decorrência de suicídio no Bairro Petrópolis na cidade de Manaus, os três casos foram homens entre as idades de 22 a 26 anos. Utilizou-se análise de conteúdo para a análise de dados e o referencial teórico baseou-se em um novo paradigma da complexidade, utilizando as teorias sistêmicas, teoria estrutural do funcionamento familiar e teoria das redes social. Os principais resultados desta pesquisa foram: Dentre os principais sentimentos que experimentaram as famílias no momento e posterior ao fato destacam-se: dor, revolta, raiva, culpa. Existe uma diferença clara entre os mecanismos de enfrentamento de homens e mulheres (mãe, pai), produto da influência da cultura, machismo. Os principais fatores de risco que influenciaram a morte do jovem foram problemas de saúde física e psicológica, consumo de drogas ilícitas e de álcool, antecedentes familiares, e alguns casos de conflitos familiares que poderiam estar relacionados com a morte do jovem, foram ainda identificadas redes de apoio social: familiares, vizinhos, igreja e amigos, não sendo encontrada a presença de nenhuma rede institucional oficial.
Abstract: Suicide is a serious problem of public health, which affect to each country around the world in all the group ages. Suicide is the second cause of death of young people, between 15 and 29 years. In the case of Brazil, few studies were found in the area about the impact of suicide in families. The general objective of this dissertation, was to understand the socio-affective experience, of families who suffered because of suicide death, of a young member, the research was conducted in a neighborhood belong to Manaus city, and the specific objectives were, to describe the ways about how family deal with suicide of young people, and its ways of confrontation. Characterize psychosocial aspect that involve the episode in terms related with its backgrounds for the family and young people, and to identify sources of social support and the attendance of social networks, for the family in the moment before and after the episode. This is a qualitative research of exploratory type, it was used as a method of research psychosocial autopsy, and as instrument of data collection a script of semi-structured interview with three families who lost a young member, because of suicide in the Petrópolis neighborhood in the Manaus city, the three cases were men between the ages of 22 and 26 years. Content analysis was used for data analysis, and the theoretical framework was based on a new paradigm of complexity, using systemic theories, structural theory of family functioning and social network theory. The main results of this research were: the main feelings that family experienced at the moment before and after the fact stand out: pain, angry, guilt. There is a clear difference between the Coping Mechanism of men and women (mother, father) as a product of the influence of culture, machismo. The main risk factors that influenced the death of young people were physical and psychological health problems, illicit drug and alcohol use, family history, and some cases of family conflicts that could be related to the death of the young people. In addition, were identified social support: relatives, neighbors, church, and friends. According to the finding were not found official institutional network.
Palavras-chave: Vivencias sociafectivas de famílias
Suicídio de jovens
Apoio social de jovens
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: VELÁSQUEZ, Bianka Mélida Bertrant. Vivencias socioafetivas de famílias que sofreram morte por suicídio de membro jovem em no bairro Petrópolis-Manaus. 2017. 127 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6053
Data de defesa: 21-Sep-2017
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Bianka Mélida.pdf1,52 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons