Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6173
Tipo do documento: Dissertação
Título: Identidade política numa Central Sindical na cidade de Manaus: um estudo psicopolítico
Autor: Almeida, Paulo Victor Telles de 
Primeiro orientador: Silva, Iolete Ribeiro da
Primeiro membro da banca: Silva, Alessandro Soares da
Segundo membro da banca: Calegare, Marcelo Gustavo Aguilar
Resumo: Neste trabalho, procuramos compreender aspectos psicopolíticos da identidade política de pessoas que compõem uma central sindical da cidade de Manaus. Para isso, reportamo-nos a autores que fazem uma leitura da atual conjuntura política e da história no movimento sindical, trazendo conceitos e construções históricas. Além disso, dialogamos com autores que levantam conceitos que nortearam a reflexão acerca daquilo que foi discutido com os/as participantes da pesquisa, como o de política, o de identidade e a própria elaboração que a Psicologia, enquanto ciência emancipatória e transformadora traz desses marcos conceituais. Para isso, trouxemos num primeiro momento, enquanto elaboração metodológica, alguns aportes epistemológicos acerca do fazer ciência, para a partir daí adentrar no tipo de pesquisa, cuja base será qualitativa. Após isso, discorremos sobre os sujeitos e o local da pesquisa, a saber, sujeitos que fazem parte de uma Central Sindical da cidade de Manaus, a CSP-Conlutas. Também optamos como técnica e instrumentos de pesquisa as entrevistas individuais não-estruturadas ou despadronizadas e observação participante. Por fim, analisamos os dados coletados das entrevistas e da observação pelo método dialético, aprofundando o processo de constituição das identidades, e entendendo sua dinâmica a partir das contradições que surgem na realidade estudada. Na observação participante ficamos por cerca de 1 (ano) participando das atividades e percebemos a dinamicidade da conformação de identidades, constantemente reconfigurada de acordo com o contexto. A burocracia, os governos, e a polícia aparecem no jogo dialético das identidades políticas como o ELES que sustentam as relações de opressão, cujo desdobramento é a criação de um NÓS que tentam superá-la, como os movimentos sociais, os sindicatos etc. Já em relação às entrevistas, entrevistamos 05 (cinco) participantes durante o período de 02 (dois) meses. Houve um aprofundamento de como se conformam essas categorias assinaladas como ELES, além de uma melhor percepção de como se constroem o NÓS dentro da Central Sindical. Neste caso, mesmo existindo movimentos com suas peculiaridades e suas pautas de luta, a CSP-Conlutas, com seu programa e princípios, aparece como um organismo onde se sustentam identidades coletivas. Entretanto, essas identidades se mostram flutuantes, pois as diferenças surgem dentro da própria Central, não se construindo, não obstante a isso, relações de exclusão. Em relação ao ELES, nas entrevistas podemos vislumbrá-los de forma mais detalhada, como a construção da CSP-Conlutas a partir de uma dissidência com a CUT, e a polícia surgindo novamente na fala de um entrevistado. Por fim, a Psicologia Política surge como uma possibilidade epistemológica para pensarmos esses espaços nos quais os sujeitos que ali se encontram visam a transformação social a partir da superação das relações de exploração sustentadas pelo sistema capitalista.
Abstract: In this paper, we seek to understand psychopolitical aspects from the political identity of the people who make up a trade union center (central syndical) in the city of Manaus. For this purpose, we report to authors who make a reading of the current political situation and history in the syndical movement, bringing historical concepts and constructions. In addition, we dialog with scholars who raise concepts that lead the reflexion on what was discussed with the participants of the research, such as politics, identity, and the elaboration itself that Psychology, as an emancipatory and transforming science brings from these conceptual marks. To this end, we have brought at first, as a methodological elaboration, some epistemological contributions about doing science, so from this point we get in the type of research, whose basis will be qualitative. After that, we are going to broach about the subjects and the place of the research, namely, subjects who are part of a Trade Union Center from the city of Manaus, CSP-Conlutas. We also opted, as technical and research instruments, for the individual non-structured or unpatterned interviews and participant observation. Finally, we analyze data collected from interviews and observation by the dialectical method, deepening the process of constitution of identities, and understanding its dynamics from the constructions that arise in the studied reality. In the participant observation we stayed for about 01 (one) year participating in the activities and we perceive the dynamicity of the conformation of identities, constantly reconfigured according to the context. The bureaucracy, the governments, and the police appear in this dialectical game of political identities such as the THEY that sustain relations of oppression, whose unfolding is the creation of a WE that try to overcome it, such as social movements, unions, etc. Regarding the interviews, we interviewed 05 (five) participants during the period of 02 (two) months. There was a deepening of how these categories marked THEY are conformed, as well as a better perception of how WE are built within the trade union center. In this case, even if there are movements with their peculiarities and their patterns of struggle, CSP-Conlutas, with its program and principles, appears as an organism where collective identities are sustained. However, these identities are shown as fluctuating, because the differences arise within the Central itself, not being constructed, nonetheless, relations of exclusion. Regarding THEY, in the interviews we can glimpse them in a more detail way, such as the construction of CSP-Conlutas from a dissent with the CUT Central, and the police appearing again in the speech of an interviewee. Finally, Political Psychology emerges as an epistemological possibility to think about these spaces in which the subjects that can be found there aim to the social transformation by overcoming the relations of exploitation sustained by the capitalism system.
Palavras-chave: Central Sindical
Sindicalismo
Movimentos Sociais
Psicologia Política
Identidade Política
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Psicologia
Programa: Programa de Pós-graduação em Psicologia
Citação: ALMEIDA, Paulo Victor Telles de. Identidade política numa Central Sindical na cidade de Manaus: um estudo psicopolítico. 2017. 103 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6173
Data de defesa: 9-Jun-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - Paulo Vitor Telles de Almeida.pdf2,77 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons