Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6210
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise das metodologias ativas nos cursos de graduação da área da saúde para o desenvolvimento de um ambiente virtual de aprendizagem
Autor: Soares, Lorenna dos Santos 
Primeiro orientador: Silva, Nair Chase da
Primeiro coorientador: Moncaio, Ana Carolina Scarpel
Primeiro membro da banca: Teixeira, Elizabeth
Segundo membro da banca: Lopes Neto, David
Resumo: Objetivo: Analisar as metodologias ativas nos cursos de graduação da área da saúde para o desenvolvimento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Metodologia: Estudo metodológico baseado na produção de AVA e fundamentado nos preceitos das MA, utilizando a plataforma Moodle. A trajetória metodológica seguiu duas etapas na sequencia cronológica: (1) Revisão Integrativa (RI) realizada na biblioteca virtual SciELO e nas bases de dados LILACS e PubMed com objetivo de identificar na literatura científica quais as opiniões, conhecimentos e atitudes de profissionais docentes da área da saúde sobre a utilização de MA no ensino de graduação. Essa etapa inicial deu subsídios para a etapa subsequente; (2) desenvolvimento do AVA como possibilidade de democratizar o uso das MA no ensino superior da área da saúde. Nessa última atividade, foram seguidas duas etapas: planejamento e design. Resultados: (1) RI foi composta por uma amostra de 25 publicações. Após análise, obtiveram-se três categorias temáticas: “opiniões dos docentes da área da saúde sobre a utilização de metodologias ativas”; “conhecimentos dos docentes da área da saúde sobre a utilização de metodologias ativas” e “atitudes dos docentes da área da saúde sobre a utilização de metodologias ativas”. A adoção das MA ainda é um desafio, haja vista que nos artigos emergiram que os docentes tem mais dificuldades que facilidades, o que justifica a construção do AVA como mais uma estratégia para sua veiculação. (2) O AVA foi desenvolvido fazendo uso das seguintes Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação: vídeo, quiz e fórum. Em relação às MA, traçou-se um panorama desde a diferença entre metodologia bancária e metodologia ativa, perpassando por citação de teóricos, reflexão sobre as práticas pedagógicas mais realizadas no processo ensino-aprendizagem nos cursos de graduação em saúde; o perfil do docente dessa grande área; a responsabilidade desse docente com sua formação; necessidade de conhecer as metodologias ativas para aplicá-las até o conceito, os objetivos, a aplicabilidade e as etapas da ABP. Considerações finais: Diante da análise dos dados desta pesquisa, foi possível, ao final do estudo, considerar que as opiniões dos docentes quanto às MA estiveram voltadas para “prevalência do modelo bancário de ensino”, e a existência de “fragilidades das IES quanto à infraestrutura e gestão didático-pedagógica”. No que se refere aos conhecimentos dos docentes, foi possível detectar que há “necessidade de conhecer as MA” e necessidade de instrumentalização para o uso das mesmas. Quanto às atitudes, os docentes apresentaram “imobilismo diante das mudanças necessárias”, “atitude favorável à utilização das MA” e impacto positivo na formação acadêmica por parte da atuação docente fundamentada nas MA. Notou-se em vários estudos que os docentes dos cursos de graduação da área da saúde possuem pouco conhecimento acerca das MA, gerando um sentimento de insegurança, inquietude e até mesmo resistência, por parte de alguns profissionais, frente ao uso das MA no decurso da sua prática docente. Esses resultados possibilitaram o desenvolvimento do AVA intitulado “Portal das Metodologias Ativas”, criado a partir da plataforma moodle, acreditando que por meio dessa tecnologia digital, vinculada a internet, alicerçado nos padrões construtivistas sob a ótica crítica, reflexiva e participativa dos usuários, visando à autonomia dos docentes, é possível reduzir os sentimentos negativos dos docentes quanto às MA.
Abstract: Objective: To analyze the active methodologies in undergraduate courses in the health area for the development of a Virtual Learning Environment (AVA). Methodology: A methodological study based on the AVA production and based on the precepts of the MA, using the Moodle platform. The methodological trajectory followed two stages in the chronological sequence: (1) Integrative Review (IR) performed in the SciELO virtual library and in the LILACS and PubMed databases with the objective of identifying in the scientific literature the opinions, knowledge and attitudes of teaching professionals of the health area on the use of MA in undergraduate education. This initial step gave subsidies for the subsequent stage; (2) development of AVA as a possibility to democratize the use of MA in higher education in the health area. In this last activity, two steps were followed: planning and design. Results: (1) RI was composed of a sample of 25 publications. After analysis, three thematic categories were obtained: "opinions of the health professors on the use of active methodologies"; "Knowledge of health teachers about the use of active methodologies" and "attitudes of health professors on the use of active methodologies". The adoption of the MA is still a challenge, since in the articles emerged that the teachers have more difficulties than facilities, which justifies the construction of the AVA as another strategy for its placement. (2) The AVA was developed using the following Digital Information and Communication Technologies: video, quiz and forum. In relation to MAs, a panorama was drawn from the difference between banking methodology and active methodology, through theoretical citation, reflection on the pedagogical practices most accomplished in the teaching-learning process in undergraduate courses in health; the teacher profile of this large area; the responsibility of this teacher with his education; need to know the active methodologies to apply them to the concept, objectives, applicability and stages of the BPA. Final considerations: Based on the analysis of the data of this research, it was possible, at the end of the study, to consider that the teachers' opinions about the MA were focused on "the prevalence of the teaching banking model", and the existence of " infrastructure and didactic-pedagogical management ". With regard to the teachers' knowledge, it was possible to detect that there is "need to know the MA" and the need for instrumentation to use them. As for the attitudes, teachers presented "immobility in the face of the necessary changes", "favorable attitude to the use of MA" and positive impact on academic formation by the teaching activity based on MA. It has been observed in several studies that the undergraduate health professors have little knowledge about MS, generating a feeling of insecurity, restlessness and even resistance, by some professionals, regarding the use of MA in the course of their teaching practice. These results enabled the development of the AVA entitled "Portal of Active Methodologies", created from the moodle platform, believing that through this digital technology, linked to the internet, based on the constructivist standards under the critical, reflective and participatory view of users, aiming at to the autonomy of teachers, it is possible to reduce teachers' negative feelings about MA.
Palavras-chave: Educação - Ensino Superior
Cursos em Ciências da Saúde
Metodologias Ativas
Tecnologia da Informação
Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas - Universidade do Estado do Pará
Sigla da instituição: UFAM - UEPA
Departamento: Faculdade de Enfermagem
Programa: Programa de Pós-graduação em Enfermagem
Citação: SOARES, Lorenna dos Santos. Análise das metodologias ativas nos cursos de graduação da área da saúde para o desenvolvimento de um ambiente virtual de aprendizagem. 2017. 143 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6210
Data de defesa: 20-Dez-2017
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Lorenna S. Soares.pdf1,79 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons