???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3645
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Avaliação das ações de controle da malária em indígenas de São Gabriel da Cachoeira-Amazonas, no período de 2003 a 2007
???metadata.dc.creator???: Rodrigues, Eliane da Costa 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Lopes Neto, David
???metadata.dc.description.resumo???: A malária é uma doença que, apesar de antiga, ainda representa nos dias de hoje um grande problema de saúde pública no mundo, sendo uma das principais parasitoses tropicais, que afeta cerca de 500 milhões de pessoas todos os anos. De acordo com a OMS, a cada 30 segundo uma criança africana morre em decorrência da malária e muitas das que sobrevivem sofrem danos cerebrais. No Brasil, a área de maior endemicidade é a Amazônia Legal devido a fatores favoráveis à disseminação da doença, tais como: temperatura, umidade, altitude e vegetação, além de condições de habitação e trabalho da população local. A presença indígena na região norte é marcante, concentrando quase 30% desta população do Brasil, especialmente no extremo noroeste do Amazonas, onde está localizado o município de São Gabriel da Cachoeira, o maior pólo indígena do país. A malária é uma das principais responsáveis pela alta morbidade e mortalidade dos indígenas do Brasil. Diante da altíssima Incidência Parasitária Anual (IPA) na Amazônia de 18,8 casos/1.000 habitantes, o Governo lançou no ano 2000 o Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM), como parte da estratégia global de luta contra esta patologia, e em 2003, o Programa Nacional de Prevenção e Controle da Malária (PNCM), criado como uma política permanente para a prevenção e controle da doença para prosseguir com os avanços obtidos com o PIACM. O objetivo desta pesquisa foi fazer um estudo retrospectivo avaliando os resultados do impacto das ações de controle da malária em população indígena, do município de São Gabriel da Cachoeira, Estado do Amazonas, Norte do Brasil, no período de 2003 a 2007, tendo como fonte de informação bases de dados e arquivos de instituições governamentais e não governamental conveniada. O modelo assistencial de saúde do município tem seus serviços organizados na forma do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Negro, que divide-o em 19 pólos-base. Os indicadores malariométricos demonstraram tendência crescente no número de casos, com média de 2.989 casos e os maiores números ocorrendo na área rural do município. A mesma tendência foi apresentada pela IPA, cuja média foi de 174,3 casos/1.000 habitantes, entretanto as maiores IPAs foram observadas na área urbana. Já a proporção de casos por Plasmodium falciparum apresentou gradual redução no decorrer dos anos estudados, passando de 18,8% para 1,6%. As taxas de internação e mortalidade apresentaram oscilações durante o período e a taxa de letalidade, após um aumento de 27% em 2005, apresentou decréscimo. Todos os valores foram estatisticamente significativos (p< 0,05). O estudo revelou que as ações do programa de controle da malária mostraram-se parcialmente efetivas, de acordo com os indicadores malariométricos, ao mesmo tempo em que proporcionou uma capacidade de detecção mais ampla de casos e, conseqüentemente, de tratamento. Apesar do município ainda apresentar alto risco para transmissão da malária, o Plano Plurianual em andamento parece ter bom prognóstico no controle da doença, se for mantido de forma sustentável e permanente.
Abstract: Malaria is a disease, though ancient, still represents a large public health problem in the world nowadays, being one of the main tropical parasitosis and affecting about 500 millions of people every year. According to WHO, every 30 seconds an African child dies as a result of malaria infection and many of those who survive, suffer with brain damage. In Brazil, the region with biggest endemicity is Legal Amazon due to favorable factors to the disease s dissemination, such as: temperature, humidity, altitude and vegetation, besides the dwelling and work conditions of the local population. The indigenous presence in North region is remarkable; it concentrates almost 30% of them in Brazil, especially in extreme Northwestern Amazonas, where the municipal district São Gabriel da Cachoeira is located, the largest indigenous center in the country. Malaria is one of the main illnesses responsible for the high morbidity and mortality of indigenous Brazilians. In view of the very high Annual Parasitical Index (IPA) in Amazonia 18,8 cases/1,000 inhabitants, the Government launched the Intensification of Actions in Malaria Control Plan (PIACM) in 2000 as part of the global strategy against this disease, and the Malaria Prevention and Control National Program (PNCM) in 2003, created as a permanent policy to prevention and control the illness in order to proceed with the advances obtained with PIACM. The objective of this research was to make a retrospective study evaluating the results of the impact of actions regarding malaria control in indigenous population from São Gabriel da Cachoeira County, State of Amazonas, Northern Brazil, in the period from 2003 to 2007, having as source of information data base and archives from both governmental and non-governmental institutions. The health assistance model of the county has its services organized as Special Indigenous Sanitary District of Upper Rio Negro, which divides it in 19 bases. The malariometric indexes indicated an increasing tendency in the number of cases and the mean was 2,989 cases, the biggest numbers occurring in the county s rural area. The same tendency was presented by the IPA with a mean of 174,3 cases/1,000 inhabitants, however the highest IPAs were observed in urban area. The proportion of cases due to Plasmodium falciparum infection presented a progressive decrease along the studied years, going from 18.8% to 1.6%. The hospitalization and mortality rates presented fluctuations during the period and the lethality rate, after an increase of 27% in 2005, showed reduction. All the values were significant statistically (p< 0.05). The study revealed that the actions from the malaria control program showed to be partially effective, according to the malariometric indexes, at the same time it provided a wider ability in detecting the cases and, as consequence, of treatment. Although the county still presents a high risk to malaria transmission, the ongoing Puriannual Plan seems to have a good prognosis concerning the disease control, if it is maintained in a sustainable and permanent manner.
Keywords: Malária
População Indígena
Planos e Programas de Saúde
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal do Amazonas
???metadata.dc.publisher.initials???: UFAM
???metadata.dc.publisher.department???: Faculdade de Medicina
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Patologia Tropical
Citation: RODRIGUES, Eliane da Costa. Avaliação das ações de controle da malária em indígenas de São Gabriel da Cachoeira-Amazonas, no período de 2003 a 2007. 2009. 79 f. Dissertação (Mestrado em Patologia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/3645
Issue Date: 1-Jun-2009
Appears in Collections:Mestrado em Patologia Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao de Mestrado_Eliane da Costa Rodrigues.pdf2.71 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.