Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4733
Tipo do documento: Dissertação
Título: Avaliação do uso de antimicrobianos em um hospital universitário da cidade de Manaus - Amazonas
Autor: Barreto, David Márcio de Oliveira 
Primeiro orientador: Lopes Neto, David
Resumo: Os antimicrobianos foram descobertos na década de 1940. Porém, como não houve critérios precisos para sua utilização, na década de 1970, já havia trabalhos comprovando o uso indiscriminado destes medicamentos e, atualmente, ainda são alvos de polêmicas na comunidade científica. Os antimicrobianos estão entre as drogas mais caras e utilizadas nas instituições hospitalares com uma diversidade de conseqüências. Das conseqüências da utilização inadequada estão as reações adversas, o surgimento de microrganismos resistentes e a predisposição a infecções secundárias, limitando as possibilidades terapêuticas e aumentando não só as taxas de letalidade como também os custos das instituições assistenciais. Com o intuito de avaliar o uso de antimicrobianos no Centro de Terapia Intensiva (CTI) de um hospital universitário da cidade de Manaus/Amazonas, o presente estudo teve como objetivos: a) investigar a ocorrência do uso irracional de antimicrobianos nesta unidade e b) correlacionar o uso irracional dos antimicrobianos com a morbi-mortalidade, o tempo de internação e os gastos hospitalares dos pacientes. Sendo assim, foi realizado um estudo retrospectivo com uma amostra de 300 prontuários de pacientes internados no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2004. A fim de investigar a ocorrência do uso irracional dos antimicrobianos, as prescrições desses medicamentos feitas aos pacientes estudados, foram comparadas com as rotinas de antibioticoprofilaxia e antibioticoterapia da CCIH e com as recomendações do Consenso Sobre o Uso Racional de Antimicrobianos do Ministério da Saúde. Através dessas comparações, as indicações dos antimicrobianos foram classificadas em adequada e inadequada. As taxas de pneumonia, infecção da corrente sangüínea e infecção do trato urinário foram utilizadas como avaliadoras da influência do uso inadequado de antimicrobianos na condição de morbidade dos pacientes. Para investigar se o uso irracional dos antimicrobianos influenciou na taxa de mortalidade, no tempo de internação no CTI e nos gastos hospitalares, foi retirada, dos 300 prontuários, uma subamostra de 40 prontuários, cujos pacientes compartilhavam características em comum. Essa subamostra foi dividida em Grupo A (pacientes que fizeram uso de forma adequada) e Grupo B (pacientes que fizeram uso de forma inadequada). Os resultados mostraram que, dos 300 prontuários analisados, 253 (84,3%) pacientes fizeram uso de forma adequada dos antimicrobianos, ao passo que 47 (15,7%) fizeram uso de forma inadequada. Em termos de condição de morbidade, o uso irracional de antimicrobianos determinou o desenvolvimento de complicações infecciosas hospitalares. Análises da subamostra de 40 prontuários revelaram que a taxa de óbito dos pacientes do Grupo A (31 pacientes) foi de 74,2% contra 100% do Grupo B (09 pacientes). O estudo revelou ainda que os pacientes do Grupo B permaneceram, em média, mais tempo internados e custaram mais caro para a instituição hospitalar. Em face disso, concluiu-se que a melhoria no padrão de prescrição dessas drogas pode ser obtida por meio de atividades prioritárias, tais como: a educação continuada da equipe de saúde para seu uso racional, o monitoramento regular do perfil de resistência/sensibilidade dos germes a esses produtos e sua padronização e controle.
Abstract: The anti-microbial drugs were discovered in the 1940s. However, since there were no precise criteria for their use, there were already works proving the indiscriminate use these medicines in the 1970s and, currently, they are still the target of controversy in the scientific community. The anti-microbial medicines are among the most used drugs being used by physicians in the hospital institutions, with a large diversity of consequences. Among the consequences of their inadequate use are adverse reactions, appearance of resistant micro-organisms, and the predisposition to secondary infections, limiting the therapeutic possibilities and increasing both the mortality rates and the health service facility cost. Aiming to assess the use of anti-microbial drugs in a university hospital in the city of Manaus /AM, a retrospective study was carried out with 300 record log-sheets of patients admitted in the Intensive Care Unit from January 2000 to December 2004. The classification of the indications of the anti-microbial drugs was performed based on the antibiotic-prophylaxy and antibiotic-therapy routines of the Hospital Infection Control Commission and Health Ministry Consensus On the Anti-Microbial Drug Rational Use. A sub-sample of 40 record log-sheets, whose patients shared common characteristics, was removed in order to verify the correlation between the anti-microbial drug improper use and time of admission, outpatient condition, and hospital costs. Of the 300 record log-sheets analysed, 253 (84.3%) patients had proper indication of the anti-microbial drugs, whereas 47 (15.7%) were making use of them in an irrational manner. As far as the hospital infection is concerned there is an association of the irrational use of anti-microbial drugs with the development of those infections. Analyses of the 40 record log-sheet sub-sample revealed that the improper use increases the patient’s time of admission and raises the hospital costs substantially. Hence, the improvement on the prescription standard of these medicines may be achieved through primary activities, such as continued education of the medical staff for their rational use, the regular monitoring of the resistance/susceptibility profile of the germs to those products and their standardisation and control
Palavras-chave: Antibióticos - Uso terapêutico
Antibióticos - Uso profilático
Antibióticos - Administração
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE: MEDICINA: SAÚDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-Graduação em Patologia Tropical
Citação: BARRETO, David Márcio de Oliveira. Avaliação do uso de antimicrobianos em um hospital universitário da cidade de Manaus - Amazonas. 2005. 74f. Dissertação (Mestrado em Patologia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4733
Data de defesa: 28-Set-2005
Aparece nas coleções:Mestrado em Patologia Tropical

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação - David Barreto.pdfDissertação - David Barreto1,78 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.