???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2644
Tipo do documento: Dissertação
Título: Do catar papelão à venda de aparas: estudo dos processos de trabalho dos catadores de papelão da cidade de Manaus-AM
Autor: Silva, Michelle Andreza Pedroza da 
Primeiro orientador: Fraxe, Therezinha de Jesus Pinto
Resumo: O estudo abordou o processo de trabalho das pessoas, denominado de catadores que coletam materiais recicláveis, em especial, aparas de papelão. O trabalho realizado pelos catadores de aparas de papelão ocupa um lugar central na vida dos que o realizam, pois, além de ser um meio de sobrevivência, também é um meio de integração social, que possibilita o relacionamento entre pessoas e o sentimento de pertencer a um grupo. A pesquisa foi realizada na Zona Sul, englobando o centro da cidade de Manaus, onde foram selecionadas três associações (ALIANÇA, ECO-RECICLA E ARPA) que trabalham exclusivamente com a catação das aparas de papelão. O processo de industrialização no Polo Industrial de Manaus e comércio local contribuem não apenas para a degradação do ambiente, mas também para o surgimento de novas categorias sociais tais como as profissões dos catadores de papelão. Para a realização deste trabalho, entendemos que na cidade de Manaus existe uma quantidade significativa de sobras de aparas de papelão, onde catadores vinculados as associações coletam este materiais, assim precisamos é entender como esse processo funciona atualmente e como o processo de trabalho realizado por esses atores sociais. O objetivo desta pesquisa foi delinear as condições de vida e discorrer através da caracterização os processos de trabalho realizados pelos catadores de papelão da cidade de Manaus-AM. A metodologia utilizada, neste estudo foi investigação de caráter exploratório qualitativo, por meio dos formulários, entrevistas, observação participante, história oral e técnicas de geoprocessamento. De acordo com resultados verificaram-se que existe um número pequeno de mulheres nas ruas catando papelão, elas preferem separar o material para reciclagem, organizam a venda e participam das reuniões representando as associações. A pesquisa mostrou que 20% dos catadores nunca estudaram e outros 70,0% responderam que têm o ensino fundamental incompleto e apenas 10,0% concluíram o ensino médio. Do total de catadores apenas 25,0% são naturais da cidade de Manaus, enquanto que 75,0% nasceram em outras localidades. Cerca de 85,0% dos catadores possuem casa própria enquanto que 15,0% moram em casa alugada. Segundo os dados da pesquisa, apesar das doenças principalmente as de pele serem muito frequentes entre a maioria dos catadores de papelão, eles não a relacionam à sua saúde, não as vinculam à condição do seu trabalho. Com relação ao problema de alcoolismo entre os catadores de papelão, os dados da pesquisa demonstraram que 64,28% dos entrevistados afirmaram que existem problemas de alcoolismo e 28,5% disseram que não. Em relação à jornada de trabalho foi verificado que varia entre 9 a 15 horas, semanalmente. Quanto aos rendimentos mensais, estes oscilam entre R$ 540,00 a R$ 1.080,00, embora a média mensal seja de R$ 810,00. Na cidade de Manaus a catação do papelão é realiza principalmente pelas associações (Aliança, Arpa, Eco-Recicla) de materiais reutilizáveis e recicláveis, os trabalhadores da reciclagem realizam o serviço de coleta, separação do material, prensagem e o enfardamento do papelão em diferentes tamanhos. Apesar de apresentar de forma sumária. Esses atores iniciam seu trabalho com a catação do material nas ruas dos centros da cidade e o recolhimento nos pátios das indústrias, depois do processo de seleção, esse material é separado, pesado, prensado e por fim é amarrado por fardos de diferentes tamanhos até a comercialização. A definição dos locais de coleta foi estabelecida há muitos anos, existem casos de catadores que coletam papelão há 10 ou 17 anos, o centro que faz parte da rotina de muitos catadores. Portanto, o espaço ocupado, o território torna-se para o catador um referencial pertencimento. Podemos dizer que foi uma experiência impar, estudar os processo de trabalho dos catadores de papelão da cidade de Manaus, e vê-lo com os olhos de uma pesquisadora, a situação desses atores sociais, no que fazem gostam do que faz, verificamos também a possibilidade de mudança e soluções para o melhor desenvolvimento do trabalho. Além disso, percebemos que os trabalhos realizados pelos catadores de papelão são fundamentais para a promoção da reciclagem e, consequentemente, para a construção de um mundo natural e ecologicamente mais saudável, pois, trás benefícios ambientais através da economia de recursos naturais, energia e água, além do inquestionável aspecto ambiental.
Abstract: The study addressed the process of working people, called "pickers" who collect recyclable materials, particularly scrap of cardboard. The work done by the collectors of scrap cardboard occupies a central place in the lives of those who perform it, because, besides being a means of survival, is also a means of social integration, which enables the relationship between people and the feeling of belonging to a group. The survey was conducted in the South Zone, encompassing the city center of Manaus, where we selected three combinations (ALLIANCE, AND ECO-RECICLA ARPA) that work exclusively with scavenging scraps of cardboard. The process of industrialization in the Industrial Pole of Manaus and local businesses not only contribute to environmental degradation but also to the emergence of new social categories such as professional scavengers of cardboard. For this work, we understand that the city of Manaus there is a significant amount of leftover scraps of cardboard, where scavengers bound associations collect this material, so we need is to understand how this process works today and how the process of work done by these social actors. The aim of this study was to delineate the living conditions and talk through the characterization work processes carried out by scavengers of cardboard from Manaus-AM. The methodology used in this study was an exploratory qualitative research, through the forms, interviews, participant observation, oral history and geospatial technologies. According to results it was found that there is a small number of women on the streets picking up cardboard, they prefer to separate the material for recycling, organizing the sale and attend meetings representing the associations. The survey showed that 20% of the pickers had never attended school and other 70.0% responded that they have incomplete primary education and only 10.0% completed high school. Of the total number of collectors only 25.0% were born in the city of Manaus, while 75.0% were born elsewhere. About 85.0% of the collectors who own their own homes while 15.0% live in rented accommodation. According to the survey, despite the disease - especially the skin - they are very common among most collectors of cardboard, they do not link to their health, not binding them to the status of their work. Regarding the problem of alcoholism among collectors of cardboard, the survey data showed that 64.28% of respondents said that there are problems with alcohol and 28.5% said no. Regarding the working day was found to range from 9 to 15 hours weekly. As for monthly income, these range from £ 540.00 to 1.080.00, while the monthly average is $ 810.00. In the city of Manaus scavenging cardboard is held mainly by associations (Alliance, Arpa, Eco-Recycle) of reusable and recyclable, the workers perform the recycling collection service, material separation, pressing and baling of cardboard in different sizes . Although present in summary form. These actors begin their work scavenging material in the streets of inner cities and gather in the courtyards of the industries, after the selection process, this material is separated, weighed, pressed and finally tied it with bales of different sizes to marketing . The definition of collection sites has been established for many years, there are cases of scavengers collecting cardboard for 10 or 17 years, the center part of the routine of many collectors. Therefore, the space occupied, the area becomes a reference for the collector belonging. We can say it was an odd experience, to study the working process of the cardboard collectors in the city of Manaus, and see it through the eyes of a researcher, the situation of these social actors, as they enjoy what they do, we also found the possibility for change and solutions for the best development work. Also, realize that the work done by the collectors of cardboard are fundamental to the promotion of recycling and, consequently, to build a world natural and ecologically healthy, as it brings environmental benefits by saving natural resources, energy and water, beyond the undoubted environmental aspect.
Palavras-chave: Papelão
Reciclagem
Processos de Trabalho
Cardboard
Recycling
Work Processes
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: SILVA, Michelle Andreza Pedroza da. Do catar papelão à venda de aparas: estudo dos processos de trabalho dos catadores de papelão da cidade de Manaus-AM. 2011. 118 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/2644
Data de defesa: 24-Jun-2011
Appears in Collections:Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Michelle_A_P_Silva.pdf5,11 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.