???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4047
Tipo do documento: Tese
Título: Pirênios e plântulas de três espécies de malpighiaceae de uma savana amazônica: aspectos morfológicos e tecnológicos
Autor: Barbosa, Cylles Zara dos Reis 
Primeiro orientador: Mendonça, Maria Sílvia de
Primeiro coorientador: Rodrigues, Rodrigo Schütz
Primeiro membro da banca: Mendonça, Maria Silvia de
Segundo membro da banca: Melo, Maria da Glória Gonçalves de
Terceiro membro da banca: Lima, Wanderlei Antônio Alves de
Quarto membro da banca: Mendes, Angela Maria
Quinto membro da banca: Figueiredo, Antenor Francisco de
Resumo: Byrsonima crassifolia (L.) Kunth, Byrsonima coccolobifolia Kunth e Byrsonima verbascifolia (L.) DC. da família Malpighiaceae destacam-se como uma das mais comuns nos grupos de vegetação de savanas do complexo paisagístico“Rio Branco-Rupununie”. O complexo paisagístico “Rio Branco-Rupununie” encontra-se localizado no estado de Roraima, e constitui-se em um dos maiores blocos de savanas da América do Sul e na maior área de savanas da Amazônia Brasileira. Estudos morfológicos e tecnológicos dos órgãos reprodutivos da maioria das espécies nativas de área de savanas da Amazônia Brasileira são desconhecidos. Em Malpighiaceae, apesar da incontestável importância econômica e medicinal das espécies do gênero Byrsonima são poucos os estudos quanto a estes aspectos. Assim, objetivou-se estudar aspectos morfológicos do pirênio e plântula de B. crassifolia (L.) Kunth, B. coccolobifolia Kunth e B. verbascifolia (L.) DC. de uma savana amazônica de Boa Vista, Roraima, bem como aspectos tecnológicos dos pirênios das três espécies de Byrsonima. Para isto, coletas semanais, entre os meses de abril a julho de 2012, foram realizadas para a obtenção dos pirênios provindos de frutos maduros colhidos de 12 indivíduos de populações naturais de uma área de savana, no Campo Experimental de Água Boa, da Embrapa Roraima, município de Boa Vista-RR. Os pirênios das três espécies estudadas são similares, entretanto, B. crassifolia apresentou pirênios com maior diâmetro, enquanto que B. coccolobifolia maior comprimento e peso, e B. verbascifolia menor peso e sementes com maior comprimento, largura e espessura em relação às outras duas espécies estudadas. As plântulas das três espécies apresentam padrão morfológico diferenciado, B. crassifolia possuem plântulas fanerocotiledonares, epígeas e foliáceas, enquanto que B. coccolobifolia e B. verbascifolia plântulas fanerocotiledonares, hipógeas e foliáceas. Outros caracteres variaram entre as espécies, o epicótilo e os entrenós subseqüentes em plântulas de B. verbascifolia são reduzidos, enquanto que o desenvolvimento da plúmula é lateral em relação aos cotilédones de B. coccolobifolia. Ambas as espécies B. coccolobifolia e B. verbascifolia apresentam germinação criptógea, plúmula subterrânea, nó cotiledonar abaixo do nível do solo e fusão dos pecíolos cotiledonares como forma de se manter protegida do fogo que é recorrente em área de savanas. Os pirênios de B. crassifolia, B. verbascifolia e B. coccolobifolia apresentam dormência fisiológica e o método com pirênios imersos em solução de ácido giberélico na concentração de 500 mg L-1, durante 48 horas e íntegros foi mais eficientes na superação da dormência das sementes das três espécies de Byrsonima.
Abstract: Byrsonima crassifolia (L.) Kunth, Byrsonima coccolobifolia Kunth and Byrsonima verbascifolia (L.) DC. of the family Malpighiaceae stand out as one of the commonest in the group of savannas vegetation of the “Rio Branco-Rupununie” landscape complex. The “Rio Branco-Rupununie” landscape complex lies in the state of Roraima and is one of the largest blocks of savannas in South America and in the largest area of savannas in Brazilian Amazonia. Morphological and technological studies of the reproductive organs of the native species of savannas area of Brazilian Amazonia are unknown. In Malpighiaceae, despite the unassailable economic and medicinal importance of the species of the genus Byrsonima the studies as to these aspects are few. So, it was intended to investigate morphological aspects of the pyrenes and seedling of B. crassifolia (L.) Kunth, B. coccolobifolia Kunth and B. verbascifolia (L.) DC. of an Amazonian savannas of Boa Vista, Roraima, as well as technological aspects of the pyrenes of three species of Byrsonima. For this purpose, weekly collections between the months of April to July of 2012 were conducted for the obtaining of the pyrenes coming from ripe fruits collected from 12 individuals of natural populations of an area of savannas, in the Água Boa Campo Experimental, of Embrapa Roraima, municipality of Boa Vista-RR. The pyrenes of the three species studied are similar, but, B. crassifolia presented pyrenes with greater diameter while B. coccolobifolia greater length and weight and B. verbascifolia lower weight and seeds with greater length, breadth and thickness in relation to the other two species investigated. The seedlings of the three species present distinct morphological pattern, B. crassifolia have phanerocotyledonary, epigeous and foliaceous seedlings, whereas B. coccolobifolia and B. verbascifolia present phanerocotyledonary, hypogeous and foliaceous seedlings. Other traits ranged among the species, the subsequent epicotyl and the internodes on seedlings of B. verbascifolia are reduced while the development of the plumule is lateral in relation to the cotyledons of B. coccolobifolia. The species B. coccolobifolia and B. verbascifolia present cryptogeal germination, underground plumule, cotyledonary node below soil level and fusion of the cotyledonary petioles as a way of keeping themselves protected from fire which is recurrent on areas of savannas. Pyrenes of B. crassifolia, B. verbascifolia and B. coccolobifolia present physiological dormancy and the method with immersed pyrenes in gibberellic acid solution at a concentration of 500 mg L-1 for 48 hours and integers was more efficient in overcoming seed dormancy of the three species of Byrsonima.
Palavras-chave: Byrsonima
Morfologia vegetal
Murici
Tratamentos pré-germinativos
Savana amazônica
Byrsonima
Plant morphologyl
Pre-germination treatments
Amazonian savannas
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS: AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Agronomia Tropical
Citação: BARBOSA, Cylles Zara dos Reis. Pirênios e plântulas de três espécies de malpighiaceae de uma savana amazônica: aspectos morfológicos e tecnológicos. 2015. Tese (Doutorado em Agronomia Tropical) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4047
Data de defesa: 15-Jan-2015
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia Tropical

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - Cylles Zara dos Reis Barbosa.pdfTese - Cylles Zara dos Reis Barbosa.pdf1,58 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.