???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4265
Tipo do documento: Dissertação
Título: Caracterização química, físico-química e espectroscópica do pólen coletado por abelhas sem ferrão Amazônicas.
Autor: Rebelo, Kemilla Sarmento 
Primeiro orientador: Zilse, Gislene Almeida Carvalho
Primeiro coorientador: Ferreira, Antonio Gilberto
Primeiro membro da banca: Araújo, Lídia Medina
Segundo membro da banca: Belém, Maria Lúcia
Resumo: O pólen apícola é produzido pelas abelhas, mediante a aglutinação do pólen das flores misturado ao néctar e às suas substâncias salivares. Há tempos este produto vem sendo utilizado como complemento alimentar na nutrição humana, pois representa uma importante fonte de nutrientes e substâncias antioxidantes, que ajudam a prevenir diversas doenças degenerativas e cardiovasculares. O pólen mais estudado em todo o mundo é o coletado pela abelha Apis mellifera, e pouco se conhece sobre a constituição química do pólen coletado por abelhas sem ferrão. Além dos métodos convencionais de análise da composição de alimentos, um método que pode ser empregado na análise de pólen é a Espectroscopia de Ressonância Magnética Nuclear (RMN), que aliada a métodos quimiométricos permite determinar similaridades ou diferenças na composição química das amostras. Portanto, o objetivo deste trabalho foi determinar a composição química, as características físico-químicas e o potencial antioxidante do pólen coletado pelas abelhas sem ferrão amazônicas Melipona seminigra e M. interrupta, provenientes do Meliponário do Grupo de Pesquisas em Abelhas do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, em Manaus – AM. Os resultados das análises químicas e físico-químicas do pólen coletado por M. seminigra e M. interrupta foram respectivamente, 53,39% e 37,12% de umidade no pólen fresco; 12,55% e 8,85% de umidade no pólen liofilizado; 11,34% e 6,86% de proteínas; 10,8% e 6,47% de lipídios; 4,03% e 2,74% de cinzas; 9,3% e 13,65% de fibras; 51,94% e 61,4% de carboidratos; valor calórico de 311,3kcal% e 310,7kcal%; sólidos totais de 46,60% e 62,87%; pH de 3,70 e 3,34; e atividade de água de 0,91 e 0,85. Apenas o pH do pólen coletado pelas duas espécies de abelhas e o percentual de proteína do pólen coletado por M. interrupta estava em desacordo com o Regulamento Técnico Brasileiro de Fixação de Identidade e Qualidade de pólen apícola. Nas análises por cromatografia em camada delgada comparativa foi possível observar manchas características de substâncias fenólicas, principalmente no pólen de M. seminigra, o qual apresentou atividade antioxidante. Por espectroscopia de RMN de 1H foi possível identificar sinais característicos das substâncias α e β-glicose, alanina, etanol e ácido acético, indicando que o pólen pode passar por fermentação do tipo acética. As análises dos dados de RMN de 1H por quimiometria permitiram constatar que as abelhas sem ferrão amazônicas estão coletando pólen de diferentes origens florais e, portanto, com diferentes composições químicas, tanto na mesma estação climática, quanto em estações climáticas diferentes. O pólen coletado pelas abelhas amazônicas parece ser um complemento alimentar muito valioso do ponto de vista nutricional, pois além de conter diversos nutrientes importantes para a manutenção da saúde, apresenta também atividade antioxidante, que pode ajudar na prevenção de diversas doenças.
Abstract: Bee pollen is produced by bees through the assemblage of pollen mixed with nectar from flowers and their salivary substances. There are times has been used as a food supplement in human nutrition, and represent an important source of nutrients and antioxidants that help prevent many degenerative and cardiovascular diseases. Pollen most studied worldwide is collected by honeybee Apis mellifera, and little is known about the chemical makeup of pollen collected by stingless bees. Besides the conventional methods of analysis of food composition, a method that can be used in the analysis of pollen is the Nuclear Magnetic Resonance Spectroscopy (NMR), with chemometric methods to determine similarities or differences in chemical composition of samples. Therefore, the objective was to determine the chemical composition, physical-chemical and antioxidant potential of pollen collected by Amazon stingless bees Melipona seminigra and M. interrupta, from Meliponary Bee Research Group of National Institute of Amazonian Research in Manaus - AM. The results of chemical analysis and physical-chemical properties of pollen collected by M. seminigra and M. interrupta were respectively 53.39% and 37.12% moisture content in fresh pollen, 12.55% and 8.85% moisture in lyophilized pollen, 11.34% and 6.86% protein, 10.8% and 6.47 % Fat, 4.03% and 2.74% ash, 9.3% and 13.65% fiber, 51.94% and 61.4% carbohydrate, caloric value of 311.3kcal% and 310.7kcal%, total solids of 46.60% and 62.87%, pH 3.70 and 3.34 and water activity of 0.91 and 0.85. Only the pH of the pollen collected by the two bee species and the protein percentage of pollen collected by M. interrupta was at odds with the Technical Regulations Brazilian Fixing the Identity and Quality of pollen. In the analysis by comparative thin layer chromatography was possible to observe characteristic spots of phenolic substances, mainly in the pollen of M. seminigra, which showed antioxidant activity. By 1H NMR spectroscopy was possible to identify characteristic signals of substances α and β-glucose, alanine, ethanol and acetic acid, indicating that pollen is the kind acetic fermentation. The analysis of 1H NMR data by chemometric revealed that Amazonian stingless bees are collecting pollen from different botanical sources and therefore with different chemical compositions, in both the season, as in seasons same. The pollen collected by bees from Amazon, seems to be a very valuable food supplement nutritional standpoint, as well as contain several important nutrients for maintaining health, also has antioxidant activity, which can help prevent several diseases.
Palavras-chave: Pólen
Abelhas
Apicultura
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
Citação: REBELO, Kemilla Sarmento. Caracterização química, físico-química e espectroscópica do pólen coletado por abelhas sem ferrão Amazônicas. 2011. 111f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4265
Data de defesa: 25-Feb-2011
Appears in Collections:Mestrado em Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Kemilla Sarmento Rebelo.PDFDissertação - Kemilla Sarmento Rebelo.PDF2,86 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.