???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4345
Tipo do documento: Dissertação
Título: A escola como espaço de (in) coerências: a prática da educação ambiental para formação de sociedades sustentáveis em duas escolas do município de Manaus
Autor: Souza, Francisco Herculano Carneiro de 
Primeiro orientador: Simão, Maria Olívia de Albuquerque Ribeiro
Primeiro coorientador: Oliveira, Irlane Maia de
Primeiro membro da banca: Fraxe, Terezinha de Jesus Pinto
Segundo membro da banca: Gomes, Ana Lúcia Silva
Terceiro membro da banca: Simão, Maria Olívia Ribeiro de Albuquerque
Resumo: O sonho de dominar a natureza começa, efetivamente, quando o homem consegue domesticar plantas e animais. Isto se deu no Período Neolítico, também conhecido como Revolução Neolítica. A relação entre natureza e homem levou este último a interferir cada vez mais no ambiente. Essa interferência nos processos naturais tem contribuído e acelerado a desconstrução da teia natural da vida. Dessa forma, a degradação do ambiente é tema para discussão e responsabilidade de toda sociedade, principalmente na escola, responsável pela formação cidadãos críticos e conscientes de que sua participação nesse desafio global é de fundamental importância na busca da formação de sociedades sustentáveis. Neste sentido, este trabalho teve por base fazer uma análise das (in) coerências das práticas de educação ambiental em confronto com a legislação vigente em duas escolas do município de Manaus. Utilizou-se o método qualitativo e o caminho percorrido baseou-se na Etnografia, nos atores sociais envolvidos na pesquisa, na iconografia e no banco arquivístico das escolas. Com base nesses dados, confrontou-se com a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), com o Programa Estadual de Educação do Amazonas (PEA- AM) e as teorias que tratam da Educação Ambiental e Sociedades Sustentáveis. O estudo mostra que mesmo após mais de uma década de instituída a Política Nacional de Educação Ambiental, parte de professores, pedagogos e alunos desconheciam totalmente o que preceitua esta lei.
Abstract: The dream to dominate the nature starts, effectively, when the man obtains to domesticate plants and animals. This if gave in the Neolithic Period, also known Revolution Neolithic. The relation between nature and man took this last one to more intervene each time with the environment. This interference in the natural processes, has contributed and accelerated the deconstruction of the natural system of the life. Therefore, the degradation of the environment is subject for discussion and responsibility of all society. Mainly in the school, responsible for the formation critical and conscientious citizens of whom its participation in this global challenge and of basic importance in the search of the sustainable society. Hence, this work had for base to make an analysis of the (in)coherency of the practical of environmental education in confrontation with the current law in two schools of the city of Manaus. The qualitative method was used and the covered way was based on the Etnografia, in the involved social actors in the research, the iconography and the file of the schools. On the basis of these data, were collated with the National Politics of environmental education (PNEA), with the State Program of Education of Amazon (PEA- AM) and the theories that deal with the Ambient Education and Sustainable Societies. The study sample that exactly after more than one decade of instituted the National Politics of Ambient Education, part of teachers, pedagogues and students was ignored totally what refers this law.
Palavras-chave: Educação ambiental
Sustentabilidade
Políticas Públicas
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: SOUZA, Francisco Herculano Carneiro de. A escola como espaço de (in) coerências: a prática da educação ambiental para formação de sociedades sustentáveis em duas escolas do município de Manaus. 2012. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4345
Data de defesa: 19-Oct-2012
Appears in Collections:Mestrado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Francisco Herculano Carneiro de Souza.pdfDissertação - Francisco Herculano Carneiro de Souza2,49 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.