???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4390
Tipo do documento: Tese
Título: Propagação in vitro de andiroba (Carapa guianensis aublet), breu branco (Protium spruceanum benth.), copaíba (Copaifera multijuga hayne) e pau-rosa (Aniba rosaeodora ducke)
Autor: Brandão, Hélio Leonardo Moura 
Primeiro orientador: Sampaio, Paulo de Tarso Barbosa
Primeiro membro da banca: Pinto, Danilo Fernandes da Silva
Segundo membro da banca: Souza, Luiz Augusto Gomes de
Resumo: O objetivo deste estudo foi elaborar protocolos de propagação in vitro para pau rosa, andiroba, copaíba e breu branco por meio de ápices caulinares, folhas e pecíolos obtidos de mudas. As sementes foram tratadas por imersão por 24h em derosal (5ml.L-1), e imersas por 30 min em hipoclorito de sódio (0,85%), depois germinaram em bandejas contendo areia lavada coberta por vermiculita. No estabelecimento in vitro dos explantes foram testados 4 protocolos de assepsia compostos por derosal (5ml.L-1), NaOCl (0,85%), ampicilina (500mg.L-1), clorafenicol (500mg.L-1) e tween 20 (1ml.L-1), com 50 repetições por tratamento. Na indução da organogênese in vitro foi utilizado meio MS suplementado com ANA, AIA, BAP e TDZ, totalizando 24 tratamentos mais o testemunha com 10 repetições por tratamento. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de significância. Após a inoculação em câmara de fluxo laminar, os explantes foram mantidos no escuro em B.O.D. com temperatura de 30ºC por três dias, e então levados para sala de crescimento com 16 horas de fotoperíodo e radiação de 25μ moles.m-2.s-1, com temperatura de 30ºC. Nos testes de climatização foram testados seis substratos compostos por combinações de areia argila e matéria orgânica, com 10 repetições. Todos os explantes foram estabelecidos em taxas superiores a 81% com a aplicação de um protocolo composto por ampicilina (500mg.L-1) e derosal (5ml.L-1), mais NaOCl (0,85%) e tween 20 (1ml.L-1). Houve regeneração de ápices de andiroba, breu branco e pau rosa com aplicação de ANA e BAP. Folhas e pecíolos de andiroba, breu branco e pau rosa enraizaram com a suplementação com ANA, mas não houve formação de brotos. Não foi possível estabelecer in vitro explantes de copaíba.
Abstract: The goal of this study was develop a protocol of in vitro propagation of andiroba, copaiba, breu branco and rosewood, trough apical, leaves and petiole obtained from seedling. The seeds were treated by immersion for 24 hours in derosal (5ml.L-1), 30 minutes in sodium hypochlorite (0.85%), and then germinated in trays filled with washed sand and vermiculite. To explants in vitro establishment were tested 4 asepsis protocols composed of derosal (5ml.L-1), NaOCl (0.85%), ampicilin (500mg.L-1), cloraphenicol (500mg.L-1) and tween 20 (1ml.L-1), with 50 repetitions per treatment. To induce in vitro organogenesis was used MS medium supplemented with NAA, IAA, BAP and TDZ totalizing 24 treatments and 1 witness, with 10 repetitions each, the Tukey test was applied in 5% of significance. After the inoculation in flood hood chamber the explants were kept in B.O.D. with temperature of 30oC for three days, then taken to growth room with 16 hours of photoperiod, 25μ moles.m-2.s-1 radiation and 30oC temperature. To acclimatizing were tested 6 substrates (treatments) composed of combinations of washed sand, organic compound and clay with 10 repetitions. All the explants of andiroba, breu branco and rosewood were established in rates bigger than 81% with application of a protocol composed of ampicilin (500mg.L-1) and derosal (5ml.L-1), plus NaOCl (0,85%) and tween 20 (1ml.L-1). There was regeneration of apical source of andiroba, breu branco and rosewood trough application of NAA and BAP. Leaves and petiole of andiroba, breu branco and rosewood rooted with NAA supplementation, but there weren’t shooting formation. Wasn’t possible establish explants of copaiba.
Palavras-chave: Biotecnologia
Cultura de tecidos
Reguladores de crescimento
Biotechnology
Tissue culture
Growth regulators
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
Citação: BRANDÃO, Hélio Leonardo Moura. Propagação in vitro de andiroba (Carapa guianensis aublet), breu branco (Protium spruceanum benth.), copaíba (Copaifera multijuga hayne) e pau-rosa (Aniba rosaeodora ducke). 2011. 86f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4390
Data de defesa: 20-Apr-2011
Appears in Collections:Doutorado em Biotecnologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese - Hélio Leonardo Moura Brandão.pdfTese - Hélio Leonardo Moura Brandão.pdf 1,51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.