???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5097
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biodegradação de hidrocarbonetos de petróleo pela atuação de fungos endofíticos isolados da Eichhornia crassipes (Mart.) solms de ambiente aquático da Amazônia
Autor: Rocha, Siomara Dias da 
Primeiro orientador: Oliveira, Tereza Cristina Souza de
Resumo: O interesse pelo estudo da contaminação ambiental por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) reside no fato de que a maioria destes compostos são potencialmente carcinogênicos e mutagênicos. Os micro-organismos desempenham um importante papel, uma vez que utilizam essas substâncias como fonte de energia. No presente estudo, os fungos isolados da macrófita Eichhornia crassipes (Mart.) Solms foram selecionados em meio BH (Bushnell Haas) contendo petróleo bruto pela técnica baseada no indicador redox 2,6 - diclorofenol indofenol (DCPIP), por meio da ocorrência de oxidação biológica indicada pela mudança na coloração do meio de cultivo. Destacando-se neste teste, os fungos codificados F13, F14 e F01, respectivamente: Phoma herbarum, Fusarium moniliforme e Penicillium citrinum, que apresentaram atividade biológica entre 24 e 48 horas. Com o intuito de contribuir para o avanço nas pesquisas sobre biorremediação este trabalho desenvolveu estudos sobre degradação de hidrocarbonetos utilizando consórcio fúngico em meio mineral líquido (BH) suplementado com 15 μL de petróleo bruto utilizando ensaios de bioaumento e bioestímulo em diferentes tempos de biodegradação: tempo 0, 48 horas, 96 horas e 7 dias. Para avaliar o comportamento da degradação do petróleo pelos fungos foram realizadas análises quantitativas dos hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) a partir da aplicação de métodos analíticos: extração líquido-líquido do sobrenadante da amostra na presença de petróleo (prevista no Método EPA 3510C) e sob a ação do consórcio fúngico; em seguida realizou-se a etapa de limpeza e fracionamento da amostra em coluna aberta (Método EPA 8270D modificado) obtendo-se a fração dos HPA para análise dos 16 compostos, considerados de média polaridade e estabelecidos como prioritários pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (US EPA); e como última etapa: separação e quantificação dos hidrocarbonetos por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM). As curvas analíticas apresentaram valores de coeficiente de determinação (R2) acima de 0,99 para os 16 HPA. Os valores médios de recuperação para o surrogate p-terfenil adicionado nas amostras antes da etapa de extração ficaram na faixa de 67,15 a 99,06%. A investigação da biodegradação desses compostos recalcitrantes possibilitou evidenciar o potencial desses fungos em consórcio, fato observado no decorrer dos 7 dias do experimento e pela diminuição da concentração individual dos compostos analisados. Esses resultados possibilitaram observar o comportamento da degradação do óleo bruto e inferir que as amostras com correção de pH ácido sem fonte adicional de nutrientes apresentou-se mais eficiente na degradação dos 16 HPA em até 7 dias com a redução da concentração variando entre 179,56 ± 0,07 a 77,00 ± 0,21 ng.mL-1 equivalente a 64% de degradação. O teste de normalidade de Shapiro-Wilk comprovou que os dados não seguem uma distribuição normal, com p-valor 0,02 (<0,05). A análise ANOVA mostrou que o tempo influencia diretamente na degradação. Acredita-se que este estudo contribua com os inúmeros trabalhos sobre biorremediação na Amazônia com finalidade de avançar nas pesquisas sobre a redução de contaminantes ambientais, em especial hidrocarbonetos aromáticos.
Abstract: The interest in the study of environmental contamination by polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH) lies in the fact that most of these compounds are potentially carcinogenic and mutagenic. Microorganisms play an important role, since they use these substances as a source of energy. In this study, the fungal isolates of the macrophyte Eichhornia crassipes (Mart) Solms were selected in medium BH (Bushnell Haas) containing the crude technique based on redox indicator 2, 6 - dichlorophenol indophenol (DCPIP), by means of oxidation occurring biological indicated by a change in coloring of the culture medium. Standing out this test, the fungi encoded F13, F14 and F01, respectively, Phoma herbarum, Fusarium moniliforme and Penicillium citrinum, which exhibited biological activity between 24 and 48 hours. In order to contribute to the advancement in research on bioremediation this work developed studies on hydrocarbon degradation using fungal consortium in liquid mineral medium (BH) supplemented with 15 uL of crude oil using bioaugmentation and biostimulation tests in different biodegradation times: time 0, 48 hours, 96 hours and 7 days. To evaluate the oil degradation behavior by fungi were performed by quantitative analysis of polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH) from the application of analytical methods: liquid-liquid extraction of the sample supernatant in the presence of oil (in accordance with EPA Method 3510C) and under the action of fungal consortium. Then there was the cleaning step and fractionation of the sample in open column (EPA Method 8270D modified) obtaining a fraction of the HPA for the analysis of 16 compounds, considered of medium polarity and established as priorities by the Environmental Protection Agency States (US EPA); and as a last step: separation and quantification of hydrocarbons by gas chromatography-mass spectrometry (GC-MS). The analytical curves showed determination coefficient values (R2) above 0.99 for the 16 HPA. The mean recovery values for p-terphenyl surrogate added to the samples before the extraction stage were in the range of 67.15/99.06%. The investigation of the possible degradation of these recalcitrant compounds demonstrate the potential of these fungi in a consortium, which was observed during the 7 days of the experiment and the decrease in individual concentration of the analyzed compounds. These results allow to observe the crude oil degradation behavior and infer that the samples with pH correction acid without additional source of nutrients showed to be more efficient in the degradation of HPA 16 within 7 days with the reduced concentration of between 179.56 ± 0.07 to 77,00 ± 0.21 ng mL-1 equivalent to 64% degradation. The normality test of Shapiro-Wilk proved that the data does not follow a normal distribution, with p-value 0.02 (<0.05). The ANOVA analysis showed that time directly influences the degradation. It is believed that this study contributes to the numerous studies on bioremediation in the Amazon in order to advance the research on the reduction of environmental contaminants, particularly aromatic hydrocarbons.
Palavras-chave: Contaminação ambiental
Biorremediação
Consórcio fúngico
Bioaumento
Bioestímulo
Environmental contamination
Bioremediation
Fungal consortium
Bioaugmentation
Biostimulation
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA: QUÍMICA ANALÍTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Citação: ROCHA, Siomara Dias da. Biodegradação de hidrocarbonetos de petróleo pela atuação de fungos endofíticos isolados da Eichhornia crassipes (Mart.) solms de ambiente aquático da Amazônia. 2015. 127 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5097
Data de defesa: 18-Dec-2015
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação- Siomara Dias da Rocha.pdf3,97 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.