???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5190
Tipo do documento: Dissertação
Título: Óleo e biodiesel de uricuri (Scheelea phalerata Mart. Ex Spreng)
Autor: Barreto, Andreza Cruz 
Primeiro orientador: Nunomura, Sergio Massayoshi
Resumo: A Scheelea phalerata Mart. Ex Spreng é conhecida popularmente como uricuri, pertence à família Arecaceae, uma palmeira, cujas amêndoas de seus frutos apresentam grande potencial de óleo, podendo ser utilizado como matéria-prima na produção de biodiesel. Este trabalho teve como objetivo caracterizar o óleo extraído da sua amêndoa, a fim de agregar valor a esse produto. Dois lotes de óleo foram obtidos da Comunidade do Roque localizada na Reserva Extrativista do Juruá (AM). A caracterização físico-química do óleo foi realizada utilizando métodos oficiais, índices de acidez, índice de iodo, índice de peróxido, índice de saponificação, determinação da massa específica e do material insaponificável. O lote 1 apresentou baixo índice de acidez enquanto o lote 2 apresentou índice de acidez elevado. O teor de material insaponificável foi baixo para os dois lotes. A composição da cadeia graxa obtida por CG-FID por dois métodos, apresentou a predominância de ésteres metílicos de ácidos graxos saturados e de cadeias curtas. A análise da qualidade do biodiesel foi realizada por CLAE em modo normal e reverso com um detector de UV (215 nm). O método em modo normal desenvolvido não poderá ser empregado na análise de conversão de biodiesel porque os diferentes componentes de uma mistura de biodiesel apresentam resposta diferente ao detector e vários dos FAMEs coeluem. Na análise em modo reverso foi possível identificar os FAMEs, com boa resolução e rapidez de análise. A quantificação dos ésteres de ácidos graxos foi realizada por padronização externa e através do teor de éster foi possível obter a pureza do biodiesel. O lote 1, com acidez baixa foi submetido a reação de transesterificação por catálise básica avaliando o emprego de três diferentes catalisadores pela via metílica na proporção molar de 1:6 (óleo:álcool). O melhor resultado observado em termos de rendimento mássico, densidade e conversão em ésteres foi utilizando 1% de NaOH como catalisador a 50 ºC por 2 horas. A transesterificação por catálise ácida foi realizada para o lote 2, devido seu elevado índice acidez. Três variáveis foram avaliadas: o tipo de álcool, que foi usado, metanol e etanol, na proporção molar de 1:9 (óleo:álcool), a temperatura e o tempo. A melhor condição em termos de rendimento mássico, densidade e conversão em ésteres foi pela via etílica a 75 ºC, utilizando 1 M de HCl como catalisador. A extração do material insaponificável realizada em maior escala gerou um extrato hexânico onde este foi submetido a um fracionamento em coluna de sílica flash. As três frações, Fr4, Fr7 e Fr14 foram caracterizadas por CG-EM e RMN (1H e 13C, COSY, HSQC, HMBC). A fração Fr4 foi identificada como uma mistura de hidrocarbonetos, a Fr7 como uma mistura de ésteres de ácidos graxos e a Fr14 como uma mistura de isômeros metil-cis-9,10-epoxiesteárico e metil-trans-9,10-epoxiesteárico.
Abstract: Scheelea phalerata Mart. ex Spreng (Arecaceae), popularly known as uricuri, is a native amazonian palm tree, which has seeds with significant amounts of oil that can be used in the production of biodiesel. This study aimed to chemically characterize the oilseed of uricuri in order to add value to this important non-timber forest product. Two lots of oilseeds were obtained from Comunidade do Roque, located in the Extractive Reserve of Juruá. The two lots of oilseed were submitted to standard physico-chemical methods used to analyze vegetable oil described by AOAC and Moretto and Fett: acid value, iodine value, peroxide value, saponification number, unsaponifiable matter and specific gravity. Lot 1 presented low acid value, whereas lot 2 a higher value. For both lots the unsaponified value was considered low. The fatty acid composition was obtained by GC-FID by two different methods and it could be observed that most of them were saturated with short carbon chain. In all experiments, biodiesel analysis was performed by HPLC with a UV detector (215 nm). In normal phase, it was not possible to separate all components of biodiesel mixtures. Moreover some of them have very different response to the detector; therefore it was not possible to analyze biodiesel by normal phase HPLC. In the reversed phase, the separation of all components could be accomplished with good separation and time analysis. The ester value was determined by the quantification of FAME by RP-HPLC using the external standard method. Lot 1, with low acid value, was converted into biodiesel by transesterification with methanol (molar proportion of 1:6) employing three different basic catalysts. The best result, considering the yield, the quality determined by the specific gravity and the conversion determined by ester value, was obtained using 1 % NaOH at 50 ºC for 2 h. The acid catalysis in the transesterification process was studied with lot 2 due to its higher acid value. Three variables were evaluated: type of alcohol (methanol vs. ethanol), temperature and time. The best condition was achieved with ethanol at 75 ºC, using as catalyst 1M of HCl. Some of the components of unsaponifiable matter were isolated by chromatography and their characterization was done by MS and NMR experiments (1H and 13C, COSY, HSQC, HMBC). In fraction Fr4 a mixture of hydrocarbons was identified by GC-MS. In fraction Fr7, a mixture of methyl esters was identified by GC-FID. In fraction Fr14, a cis/trans mixture of 9-10-epoxy-stearic acid was identified.
Palavras-chave: Biodiesel
Plantas oleaginosas
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA: QUÍMICA: QUÍMICA ORGÂNICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-graduação em Química
Citação: BARRETO, Andreza Cruz. Óleo e biodiesel de uricuri (Scheelea phalerata Mart. Ex Spreng). 2010. 174f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5190
Data de defesa: 16-Nov-2010
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação - Andreza Cruz Barreto3,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons