Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5509
Tipo do documento: Tese
Título: Economia Solidária e Cooperativismo no Contexto Rural: o trabalho autogestionário da Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Comunidade N. Sra. Aparecida
Autor: Nascimento, Celso Augusto Torres do 
Primeiro orientador: Freitas, Marilene Corrêa da Silva
Primeiro membro da banca: Benaion, Noval
Segundo membro da banca: Noda, Hiroshi
Terceiro membro da banca: Ribeiro, Odenei de Souza
Quarto membro da banca: Neves, Salomão Franco
Resumo: Esta tese pesquisa o tema do associativismo no âmbito da economia solidária, buscando averiguar a emergência de novas tecnologias sociais no processo contemporâneo de reinvenção dos trabalhadores, com especial relevo para o trabalho realizado pelos associados da APRODUCIDA – Associação Comunitária dos Produtores Rurais de Nossa Senhora Aparecida, em Coari, no Amazonas. A economia solidária ressurge atualmente com um forte potencial de resposta à crise do trabalho assalariado. Trata-se de uma perspectiva inovadora de grande envergadura social capaz de reinserir significativos segmentos de trabalhadores no processo produtivo. A metodologia deste estudo privilegiou as orientações das abordagens qualitativas sem exclusão dos aspectos quantitativos. O trabalho de campo foi realizado na Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Município de Coari, no Amazonas, junto aos associados da APRODUCIDA e outros atores sociais. Dentre os múltiplos resultados constatados ficou claro o fato de ser o associativismo rural uma saída viável, para enfrentar a crise do trabalho no tempo contemporâneo. Constatamos que, no contexto mais abrangente do Estado do Amazonas, é crescente o número dos empreendimentos solidários, e que estes empreendimentos contam com o apoio do Estado brasileiro, ainda que minimamente. Pode-se dizer, à guisa de conclusão, que a economia solidária eleva a auto-estima dos trabalhadores que se recriam no processo de trabalho, não de forma romântica, mas como constructos sociais. E, embora os empreendimentos solidários sejam monitorados pelo Fórum Estadual de Economia Solidária do Amazonas, em meio a muitos obstáculos e dificuldades, o Amazonas consegue acompanhar o ritmo e o caminhar do movimento da economia solidária no Brasil.
Abstract: This thesis research the subject of the Association within the framework of the solidarity economy, seeking to determine the emergence of new social technologies in the contemporary process of reinvention of workers, with emphasis on the work done by the members of the APRODUCIDA Community Association of rural producers of Nossa Senhora Aparecida, in Coari, in Amazonas State. The solidarity economy resurfaces with a strong potential of response to the crisis of wage labor. It is an innovative large-scale social perspective capable of significant segments of workers re-enter in the productive process. The methodology of this study privileges the guidelines of qualitative approaches without exclusion of quantitative aspects. The fieldwork was carried out in the community, our Lady of Aparecida, in the city of Coari, in Amazonas State, next to members of APRODUCIDA and other social actors. Among the multiple results found it became clear it was the rural associativism a viable exit, to face the crisis of work in contemporary time. We note that, in the wider context of the State of Amazonas, is increasing the number of projects of solidarity, and that these projects rely on the support of the Brazilian State, although minimally. It can be said, by way of conclusion, that the solidarity economy raises the self-esteem of the workers in the work process, recreate not romantically, but as social constructs. And, although sympathetic enterprises are monitored by the State Forum of solidarity economy of Amazonas, amidst many obstacles and difficulties, the Amazon can keep pace and the walk from the movement of the solidarity economy in Brazil.
Palavras-chave: Associativismo rural
Economia Solidária
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: NASCIMENTO, Celso Augusto Torres do. Economia Solidária e Cooperativismo no Contexto Rural: o trabalho autogestionário da Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Comunidade N. Sra. Aparecida. 2016. 173 f. Tese (Doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/5509
Data de defesa: 13-Jun-2016
Aparece nas coleções:Doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese - Celso A. T. Nascimento.pdf5,15 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons