???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6301
Tipo do documento: Tese
Título: Terras, florestas e águas de trabalho na Ilha do Careiro (Amazonas, Brasil): território, governança isomórfica e gestão cibernética camponesa
Autor: Rezende, Marilia Gabriela Gondim 
Primeiro orientador: Witkoski, Antonio Carlos
Primeiro coorientador: Fraxe, Therezinha de Jesus Pinto
Resumo: Compreender a governança em comunidades rurais no estado do Amazonas requer conhecimentos interdisciplinares, visto que a compreensão da rede de articulação política envolve uma constelação de conhecimentos. Apesar da existência de inúmeros trabalhos relativos à essa temática, há um apriorismo estatal presumido na representação da rede de articulação política, o que leva à um exacerbado protagonismo do Estado, em face das demais formas de organização social. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi analisar a governança ambiental nas comunidades São Francisco e São José do Botafogo, localizadas na Ilha do Careiro da Várzea. Para atingi-lo, foram utilizadas inúmeras ferramentas metodológicas, como formulários e entrevistas abertas, além disso, foram construídos o Diagrama de Venn da agricultura, da pesca e do extrativismo vegetal em ambas as comunidades. A Matriz F.O.F.A. e a Matriz dos Cultivos também foram utilizadas, visando ampliar o processo de exploração e investigação do real. Pode-se inferir, após a análise dos dados, que a governança existente nas comunidades estudadas é uma governança isomórfica, pautada na correspondência triunívoca entre as terras, florestas e águas de trabalho. A expressão material dessa rede de articulação política é a gestão cibernética, que reaproveita a exergia por meio de processos produtivos neguentrópicos. As estratégias de conservação e de adaptação humana são orientadas pelo saber ambiental camponês, que estabelece modos específicos de exploração dos recursos naturais, centrados no respeito à resiliência ecossistêmica e na manutenção da autopoiese do sistema ambiental varzeano. A governança isomórfica e a gestão cibernética foram conceitos criados após um longo processo de sistematização e análise dos dados, configurados no processo de artesanato intelectual desta tese.
Abstract: Understanding governance in rural communities in the state of Amazonas requires interdisciplinary knowledge, since understanding the network of political articulation involves a constellation of knowledge. Despite the existence of many works related to this theme, there is a presumed state apriorism in the representation of the network of political articulation, which leads to an exacerbated role of the State in the face of other forms of social organization. In this sense, the objective of this work was to analyze environmental governance in the communities of São Francisco and São José do Botafogo, located on Careiro da Várzea Island. In order to achieve this, a number of methodological tools were used, such as forms and open interviews. In addition, the Venn Diagram of Agriculture, Fisheries and Vegetable Extraction were constructed in both communities. The Matrix F.O.F.A. and the Crop Matrix were also used, aiming to expand the process of exploration and research of the real. It can be inferred, after analyzing the data, that the governance existing in the communities studied is an isomorphic governance, based on the correspondence between land, forests and working water. The material expression of this network of political articulation is cybernetic management, which reuses exergy through neguentropic productive processes. Conservation strategies and human adaptation are guided by riverside environmental knowledge, which establishes specific ways of exploiting natural resources, centered on respect for ecosystem resilience and maintenance of the autopoiesis of the Varzean environmental system. Isomorphic governance and cybernetic management were concepts created after a long process of systematization and data analysis, configured in the process of intellectual craftsmanship of this thesis.
Palavras-chave: Governança isomórfica
Gestão cibernética
Genealogia do poder
Isomorphic governance
Genealogy of power
Cybernetic management
Área(s) do CNPq: CIENCIAS AGRARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: REZENDE, Marília Gabriela Gondim. Terras, florestas e águas de trabalho na Ilha do Careiro (Amazonas, Brasil): território, governança isomórfica e gestão cibernética camponesa. 2018. 241 f. Tese (Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6301
Data de defesa: 22-Mar-2018
Appears in Collections:Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Marilia G. G. Rezende.pdf5,18 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons