???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6412
Tipo do documento: Tese
Título: A relação pessoa-animal em comunidades amazônicas a partir de processos educativos para a conservação do Gavião-Real (Harpia harpyja) e do Tracajá (Podocnemis unifilis)
Autor: Mateus, Wagner de Deus 
Primeiro orientador: Higuchi, Maria Inês Gasparetto
Resumo: A conservação da biodiversidade está inserida no Antropoceno como ação mitigadora ao processo de defaunação. O enfoque dado às espécies-bandeira da fauna silvestre local em perigo de extinção, surge como estratégia para subsidiar programas de conservação. Neste sentido, o objetivo do estudo foi analisar as relações pessoa-animal em comunidades amazônicas participantes de programas de conservação do gavião-real (Harpia harpyja) e tracajá (Podocnemis unifilis). Adotou-se como procedimento técnico o Estudo de Casos numa abordagem multimétodos, no qual as análises pautaram o manejo, conservação, antropologia, psicologia ambiental e Estudos Humano-Animal. Participaram do estudo moradores de comunidades inseridas no Programa de Conservação do Gavião-Real ou no Programa Pé-de-Pincha. O estudo demonstrou que as percepções da relação pessoa-animal são definidas pela proximidade entre as duas espécies animais e humanos, assim como a forma de participar nas ações de conservação. O gavião-real tem relação com mitos e crenças, o tracajá é considerado um animal do cotidiano. Na conservação do tracajá houve maior participação direta. A conservação do gavião-real deu-se de forma indireta. Com isso, a constituição da conservação das espécies relaciona-se como a identificação das funções e necessidade de conservá-la. As necessidades condizem as ações individuais, as funções denotam valores inerentes ao contexto sociocultural, ecossistêmico e ético. Neste sentido, os valores nutritivos sobrepõem os demais, pois, em última instância o objetivo é obtenção de alimento. Portanto, o conhecimento pode moldar o comportamento de determinada espécie da fauna silvestre, isso contribui para a coexistência com a mesma, de forma que a relação pessoa-animal desencadeie benefícios mútuos.
Abstract: The conservation of biodiversity is inserted in the Anthropocene as a mitigating action to the process of defaunation. The approach given to flag species of local wildlife in danger of extinction appears as a strategy to subsidize conservation programs. In this sense, the objective of the study was to analyze the person-animal relations in Amazon communities participating in conservation programs of the harpy eagle (Harpia harpyja) and tracajá (Podocnemis unifilis). The Case Study was adopted as a technical procedure in a multi-method approach, in which the analyzes guided the management, conservation, anthropology, environmental psychology and Human-Animal Studies. Residents of communities included in the Gavião-Real Conservation Program or in the Pé-de-Pincha Program participated in the study. The study demonstrated that the perceptions of the person-animal relationship are defined by the proximity between the two animal species and human, as well as the way of participating in conservation actions. The king hawk is related to myths and beliefs, the tracajá is considered an animal of daily life. In the conservation of the tracajá there was more direct participation. The conservation of the king hawk occurred indirectly. Thus, the constitution of conservation of species is related to the identification of functions and the need to conserve it. Needs fit individual actions, the functions denote values inherent in the sociocultural, ecossystemic and ethical context. In this way, the nutritional values overlap the others, because, ultimately, the objective is to obtain food. Therefore, knowing and shaping the behavior of a particular species of wildlife contributes to the coexistence with the same, so that the person-animal relationship unleashes mutual benefits.
Palavras-chave: Relação Pessoa-animal
Fauna silvestre
Percepção Ambiental
Biodiversidade
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRÁRIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia
Citação: MATEUS, Wagner de Deus. A relação pessoa-animal em comunidades amazônicas a partir de processos educativos para a conservação do Gavião-Real (Harpia harpyja) e do Tracajá (Podocnemis unifilis). 2018. 211 f. Tese (Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6412
Data de defesa: 19-Mar-2018
Appears in Collections:Doutorado em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Wagner Mateus.pdf3,23 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons