???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6416
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise da Representação Social do processo saúde-doença da Sífilis adquirida em mulheres em idade fértil
Autor: Costa, Nádia Cristina Coelho Sobral 
Primeiro orientador: Lopes Neto, David
Primeiro coorientador: Almeida, Gilsirene Scantelbury de
Resumo: A sífilis adquirida é doença infectocontagiosa de transmissão sexual produzida pelo Treponema pallidum. No campo da saúde pública é um grave problema. As mulheres apresentam maiores vulnerabilidades relacionadas à aquisição de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), situação implicada pela questão de gênero e por questões sociais e culturais. Neste estudo, o referencial da teoria das representações sociais tornou possível interpretar a compreensão de mulheres sobre o processo saúde-doença da sífilis desvelando suas crenças, conceitos e julgamentos. Objetivo: Analisar as representações sociais de mulheres em idade fértil sobre o processo saúde-doença da sífilis adquirida. Método: Pesquisa exploratória, descritiva, de abordagem qualitativa, conduzida pelo referencial da Teoria das Representações Sociais. O estudo foi realizado na Fundação Alfredo da Mata, instituição vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Estado do Amazonas. O período de coleta de dados foi de dezembro 2017 a janeiro de 2018. A amostra foi composta por 10 mulheres diagnosticadas e acompanhadas por profissionais de um centro de referência de assistência a pessoas com IST na cidade de Manaus. A coleta de dados ocorreu por meio da técnica de entrevista semiestruturada. A análise do material se realizou por meio da técnica da análise de conteúdo. As exigências éticas para pesquisas em seres humanos foram atendidas por esse estudo. Resultados: Quatro categorias emergiram das representações sociais: o significado da sífilis, o sentimento da descoberta, o meio de transmissão e o estar com sífilis. Conclusão: Conclui-se que sífilis significa para as mulheres em idade fértil uma doença sexualmente transmissível, contagiosa, causadora de incômodos físicos e mentais, podendo passar despercebida pelo desconhecimento ou estar relacionada a castigo divino.
Abstract: Acquired syphilis is an infectious-contagious sexually transmitted disease produced by Treponema pallidum. In the field of public health, it is a serious problem. Women have greater vulnerabilities related to the acquisition of Sexually Transmitted Infections (STIs), a situation implied by gender and social and cultural issues. In this study, the theory of social representations made it possible to interpret women's understanding of the health-disease process of syphilis by revealing their beliefs, concepts and judgments. Objective: To analyze the social representations of women of childbearing age on the health-disease process of acquired syphilis. Method: Exploratory, descriptive, qualitative approach, conducted by the Social Representations Theory. The study was conducted at the Alfredo da Mata Foundation, an institution linked to the State Health Secretariat of the State of Amazonas. The data collection period was from December 2017 to January 2018. The sample consisted of 10 women diagnosed and followed up by professionals from a reference center for assistance to people with STIs in the city of Manaus. The data collection was performed through the semi structured interview technique. The analysis of the material was done through the technique of content analysis. The ethical requirements for human research were met by this study. Results: Four categories emerged from social representations: the meaning of syphilis, the feeling of discovery, the medium of transmission and being with syphilis. Conclusion: It is concluded that syphilis is meant for women of childbearing age as a sexually transmitted, contagious disease, which causes physical and mental discomfort, which may go unnoticed or be related to divine punishment.
Palavras-chave: Saúde pública
Saúde da mulher
IST - Infecções Sexualmente Transmissíveis
Sífilis
Public Health
Women’s Health
Syphilis
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS DA SAÚDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas - Universidade do Estado do Pará
Sigla da instituição: UFAM - UEPA
Departamento: Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas
Citação: COSTA, Nádia Cristina Coelho Sobral. Análise da Representação Social do processo saúde-doença da Sífilis adquirida em mulheres em idade fértil. 2018. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Amazonas - Universidade do Estado do Pará, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6416
Data de defesa: 26-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Nádia Sobral.pdf864,54 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons