Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6441
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Kó si ewé kó si omi kosi òrisà” : Um estudo sobre as religiões de Manaus na perspectiva de intolerância religiosa
Autor: Leão, Anne Ariadne Alves Menezes Ponce de 
Primeiro orientador: Matos, Gláucio Campos Gomes de
Resumo: A dissertação apresenta a discussão sobre os casos que geram intolerância religiosa na cidade de Manaus. A relevância da temática tem como aprofundamento da discussão do estudo, bem como o de responder se a sociedade está avançando em âmbito sociocultural a ser mais tolerante. A pesquisa objetivou identificar os acontecimentos que geram intolerância religiosa em espaços sagrados, como também em discutir a ideia de intolerância religiosa a partir de uma perspectiva multicultural e simbólica, enunciar o que pensam os líderes religiosos sobre as questões de intolerância e listar as principais ocorrências de casos que despertam intolerância na cidade de Manaus. Os procedimentos metodológicos foram de natureza qualitativa e a identificação dos participantes ocorreu por amostragem intencional, por contemplar um tema moderno. Foram realizados como instrumentos entrevistas semiestruturadas e questionários. A análise de dados foi interpretada através da análise de conteúdo. Verificou-se nos resultados, apesar do estudo apresentar um elevado índice de intolerância religiosa na denominação de matriz africana, especificamente ao do candomblé, outras religiões como o catolicismo, pentecostalismo e judaísmo também são vítimas de intolerância religiosa na sociedade. Embora a sociedade esteja mais avançada nas discussões socioculturais, ainda há um caminho longo a ser percorrido para alcançar a liberdade religiosa através de uma educação voltada para a diversidade. Os líderes religiosos e seus praticantes almejam uma educação voltada para tolerância, à sociedade apela para uma educação para a diversidade, e as vítimas de agressão e violência lutam por igualdade. A partir desses resultados, podemos concluir que a sociedade precisa ser educada para a convivência da diversidade, prezando pelo diálogo e abrindo novas possibilidades de liberdade de expressão para que a igualdade entre as denominações religiosas possam se tornar pacíficas, livres de preconceitos diante a pluralidade existente em nosso país.
Abstract: The Dissertation presents a discussion about the cases that generate religious intolerance in the city of Manaus. The relevance of the theme aims to deepen the discussion of the study, as well as responding to society is advancing in sociocultural context to be more tolerant. The research aimed to identify the events that generate religious intolerance in sacred spaces, as well as discuss the idea of religious intolerance from a multicultural perspective and symbolic, stating what they think the religious leaders on the issues of intolerance and list the main occurrences of cases which arouse intolerance in the city of Manaus. The methodological procedures were of a qualitative nature and the identification of the participants occurred through intentional sampling, to contemplate a modern theme. As instruments were conducted structured interviews and questionnaires. Data analysis was performed by means of content analysis. It appeared in the results, although the study presenting a high index of religious intolerance in the name of African matrix, specifically to the candomblé ceremony, other religions such as Catholicism, Pentecostalism and Judaism are also victims of religious intolerance in society. Although the society is more advanced in the sociocultural discussions, there is still a long way to go to achieve religious freedom through an education for diversity. The religious leaders and practitioners crave an education geared to tolerance, to society calls for an education for diversity, and the victims of aggression and violence are fighting for equality. From these results, we can conclude that society needs to be educated to the coexistence of diversity, taking care of the dialog and opening up new possibilities for freedom of expression for the equality between the religious denominations can become peaceful, free from prejudices before the plurality that exists in our country.
Palavras-chave: Religiões
Intolerância Religiosa - Manaus
Candomblé
Diversidade religiosa
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: LEÃO, Anne Ariadne Alves Menezes Ponce de. “Kó si ewé kó si omi kosi òrisà” : Um estudo sobre as religiões de Manaus na perspectiva de intolerância religiosa. 2018. 212 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6441
Data de defesa: 27-Abr-2018
Aparece nas coleções:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Anne Ariadne Leão.pdf4,56 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons