???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6503
Tipo do documento: Dissertação
Título: “Tambor Urbano”: deslocamento compulsório e a dinâmica social de construção da identidade quilombola
Autor: Farias Júnior, Emmanuel de Almeida 
Primeiro orientador: Almeida, Alfredo Wagner Berno de
Resumo: Este trabalho de pesquisa visa analisar a relação entre políticas governamentais, em particular a política ambiental e os agentes sociais autodefinidos remanescentes de quilombos em Novo Airão, Amazonas. Objetivamos ainda, estudar os mecanismos de construção da identidade étnica quilombola e a relação com a implantação da política ambiental que criou o Parque Nacional do Jaú, bem como as medidas administrativas dela decorrentes, que ocasionaram o cerceamento das práticas tradicionais de utilização dos recursos naturais, de certos ritos de coesão social, tal como os festejos religiosos, e causando ainda o deslocamento compulsório de parte das famílias quilombolas para a periferia de Novo Airão. Neste sentido, este trabalho, busca ainda compreender a dinâmica social de construção da identidade quilombola por essas famílias que foram deslocadas, referidas atualmente ao que se designou “Tambor urbano”. Para subsidiar nosso trabalho de pesquisa, fizemos leituras de referências bibliográficas que analisaram situações sociais designadas como quilombolas em “regiões” amazônicas, como também em estudos sobre o conceito de quilombo. Nos apoiamos em trabalhos de campo e surveys realizados na cidade de Novo Airão desde 2005, como também na Comunidade Quilombola do Tambor, rio Jaú, em setembro de 2007. Além de outras atividades referentes à pesquisa, como audiências, seminários, assembléias, e outras. A partir deste trabalho de pesquisa que temos realizado, concluímos que não se tratam de duas metades de uma unidade social, mas sim de uma situação social. Levados a este ponto, Comunidade Quilombola do Tambor e Remanescentes de Quilombo de Novo Airão. Designam associações diferentes, mas expressam uma única identidade coletiva. Constatamos, assim, uma certa dinâmica da pluralidade de autodefinições. Ela converge para a criação de uma situação designada como “unidade de mobilização”, a partir das quais, estas identidades são acionadas e se relacionam com fronteiras definidas. Isso não quer dizer que os agentes sociais estejam mantidos numa camisa de força. Em verdade estas identidades podem ser acionadas ou não. No entanto, elas se referem à garantia da reivindicação de direitos, o que não quer dizer que elas se esgotem somente no conteúdo das reivindicações.
Abstract: This work of research is to analyse the relationship between government policies, particularly environmental policy and social defined remnants of quilombos in Novo Airão, Amazonas. Also aim to study the mechanisms of constructing the quilombo ethnic identity and relationship with the deployment of environmental policy that created the National Park of Jaú and administrative measures arising from it, which caused the restriction of traditional practices of use of natural resources, certain rites of social cohesion, as the religious celebrations, and even causing the displacement compulsory part of the Quilombo families to the periphery of Novo Airão. In this sense, this work, still seeking to understand the social dynamics of building the identity quilombo by those families who were displaced, said today that it designated "urban Tambor". To subsidize our work to search, we have readings of references that examined social situations designated as a quilombo "regions" Amazon, as well as studies on the concept of quilombo. In support work in the field and surveys conducted in the city of Novo Airão since 2005, but also in the Quilombo Community Tambor, Jaú River, in September 2007. In addition to other activities related to search, as audiences, seminars, assemblies, and others. From this work we have conducted the search, we find that these are not two halves of a social unit, but a social situation. To this point, the Quilombo Community Tambor and remnants of Quilombo of Novo Airão. They appoint different associations, but only express a collective identity. We, therefore, a certain momentum of plurality of identity. It converge to create a situation described as "unity of mobilization", from which they are driven identities and correlate with defined borders. That does not mean that the social agents are kept in a shirt of force. In fact these identities can be driven or not. However, they refer to ensure the rights of claim, which does not mean they run out only in the content of the claims.
Palavras-chave: Eslocamento compulsório
Identidade Étnica
Quilombolas
Unidades de Conservação
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Letras
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: FARIAS JÚNIOR, Emmanuel de Almeida. “Tambor Urbano”: deslocamento compulsório e a dinâmica social de construção da identidade quilombola. 2008. 213 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6503
Data de defesa: 8-Sep-2008
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Emmanuel Farias PPGSCA.pdf19,55 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.