???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6631
Tipo do documento: Tese
Título: Trabalhadores da Juta na Amazônia: trajetórias de luta, suor e sofrimento
Autor: Silva, Denison Silvan Menezes da 
Primeiro orientador: Torres, Iraildes Caldas
Resumo: Esta tese pesquisa o tema dos trabalhadores da juta na Amazônia, buscando averiguar as estratégias adotadas por eles para a superação das precárias condições de trabalho nas várzeas amazônicas. A ideia central que presidiu esta investigação consistiu em saber como, apesar do trabalho e das condições de trabalho degradantes, os trabalhadores da juta conseguiram atingir elevados níveis de produtividade que, ao longo de 50 anos ininterruptos, deram sustentação à economia dos estados do Amazonas e Pará com a cadeia produtiva da juta. A metodologia deste estudo privilegiou as orientações das abordagens qualitativas com a inclusão dos aspectos quantitativos. O trabalho de campo foi realizado na Vila Amazônia, em Parintins, no Amazonas, junto aos antigos juteiros e outros agentes e atores sociais. Passamos a entender que a lógica de produção do trabalhador da juta está pautada, principalmente, por ações pontuais coercitivas, opressivas mesmo, executadas e gerenciadas no âmbito do sistema financeiro de aviamento sob o direcionamento da elite patronal regional. A questão que presidiu este estudo resultou no reconhecimento de que a superexploração predatória do trabalho rural na Amazônia esteve presente na atividade econômica da juta à custa de sangue, suor e sofrimento dos trabalhadores, muitos dos quais até hoje convivem com doenças e sequelas causadas pelas condições penosas, insalubres e perigosas desse tipo de trabalho. À guisa de conclusão, pode-se dizer que este estudo traz significativas contribuições à Academia, podendo constituir-se num documento para fundamentar estratégias de ação dos remanescentes dos trabalhadores da juta ou de seus descendentes junto aos poderes públicos.
Abstract: This thesis investigates jute workers in the Brazilian Amazon, seeking to understand the strategies adopted by them to overcome the precarious working conditions in the Amazonian floodplains. The central idea behind this research was as despite degrading working conditions and the work itself, the jute workers managed to achieve high levels of productivity that over the course of 50 uninterrupted years, sustained the economy of the states of Amazonas and Pará with the jute productive chain. The guidelines of the qualitative approaches were favored by the methodology who inserts the quantitative aspects. Fieldwork was carried out at Vila Amazônia, in the city of Parintins, state of Amazonas, along with the veteran jute workers and other representatives of the community. We realized that jute workers production logic is based mainly on coercive and oppressive punctual actions, executed and managed within the profit financial system under direction of the regional elite. The question that commanded this study resulted in the recognition that the predatory overexploitation of rural labor in the Amazon was present in the economic activity of the jute with sweat and blood of the workers suffered. Many of the workers until now coexist with diseases and sequels caused by the painful, unhealthy and dangerous conditions of this type of work. It can be said by way of conclusion, that this study brings significant contributions to the Academy, and may constitute a document to substantiate strategies of action of the remnants of jute workers or their descendants with the public authorities.
Palavras-chave: Trabalho rural - Superexploração predatória
Trabalhadores rurais
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia
Citação: SILVA, Denison Silvan Menezes da. Trabalhadores da Juta na Amazônia: trajetórias de luta, suor e sofrimento. 2018. 245 f. Tese (Doutorado em Sociedade e Cultura na Amazônia) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6631
Data de defesa: 19-Jun-2018
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Denison Silvan2,1 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons