???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6663
Tipo do documento: Dissertação
Título: Extração e caracterização de colágeno da pele de pirarucu
Autor: Carpio, Klaramelia Consuelo Ramón 
Primeiro orientador: Silva, Antonio José Inhamuns da
Primeiro coorientador: Bezerra, Ranilson de Souza
Resumo: O aproveitamento integral dos recursos pesqueiros tem produzido muitas pesquisas sobre os aspec-tos tecnológicos e nutricionais com fins comerciais de várias espécies incentivando o crescimento industrial. Responsáveis pelo aumento do ônus ambiental mas ricos em colágeno e outras biomolé-culas, os resíduos do processamento do pescado tornam-se subprodutos de maior valor comercial. Por tais motivos a presente pesquisa contemplou o aproveitamento de aqueles resíduos e ou subpro-dutos para extrair colágeno, nesse caso, da pele do pirarucu (Arapaima gigas) que é uma espécie emblemática da Bacia Amazônica, e em vez de descartar eles, esses resíduos tornou-se atrativo para o seu estudo e viabilização na extração de biomoléculas, especialmente o colágeno, tendo em vista a sua ampla aplicabilidade científica e biotecnológica. O processo de extração contou de duas etapas principais, a primeira de pré tratamento da pele com uma solução NaOH 0,05M, álcool butílico 10% e a segunda que é de extração do colágeno com uma solução de ácido acético 0,5M. Todo o processo foi realizada a 20°C. Após ter realizado o processo de extração foram realizados os análi-ses de caracterização do colágeno. O rendimento obtido foi de 27,8% e por meio do SDS PAGE (Eletroforese em gel de poliacrilamina - Dodecil sulfato de sódio) foi determinado que o colágeno obtido é do tipo I. Esse colágeno mostrou maior solubilidade relativa em pH 3 e diminuição da so-lubilidade a partir do 3% de concentração de NaCl. A temperatura de desnaturação do colágeno foi de 38,1°C e sua estrutura molecular permaneceu intata durante todo o processo de extração o qual foi visualizada mediante a técnica do FTIR (espectrofotometria de infravermelho com transformada de Fourier), apresentando um rádio de absorção de aproximadamente 1. Os resultados obtidos mos-traram que é possível obter colágeno a 20°C a partir da pele de pirarucu, o colágeno obtido apresen-ta as características típicas do colágeno tipo I comercial e o procedimento utilizado sugere ser uma alternativa interessante para a extração do colágeno da pele do pirarucu pois com esse procedimento de extração utilizado o colágeno obtido manteve a sua estrutura molecular da tripla hélice estável; dando a conhecer à sociedade que o aproveitamento integral e sustentável dos recursos pesqueiros, nesse caso do pirarucu, é uma alternativa para o crescimento industrial e diminuição de poluição ambiental gerando novos produtos a partir de resíduos obtidos do processamente do pescado.
Abstract: Indisponível
Palavras-chave: Pirarucu
Colágeno de peixe
Subprodutos
Resíduos
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS AGRARIAS: RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Faculdade de Ciências Agrárias
Programa: Programa de Pós-graduação em Ciências Pesqueiras nos Trópicos
Citação: CARPIO, Klaramelia Consuelo Ramón. Extração e caracterização de colágeno da pele de pirarucu. 2018. 58 f. Dissertação (Mestrado Ciências Pesqueiras nos Trópicos) - Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Embargado
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6663
Data de defesa: 18-May-2018
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Pesqueiras nos Trópicos

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons