???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6955
Tipo do documento: Dissertação
Título: Metalogênese da jazida aurífera “El Pescado”, Andes do Norte, Colômbia
Título(s) alternativo(s): Metallogenesis of the North-Andean colombian gold deposit “El Pescado”
Autor: Jaramillo Perez, Eliana Rocío 
Primeiro orientador: Velásquez David, Marta Edith
Primeiro coorientador: Salazar, Carlos Alejandro
Primeiro membro da banca: Javier Rios, Francisco
Segundo membro da banca: Simões, Matheus Silva
Resumo: Na Colômbia, a exploração de depósitos de ouro representa uma das fontes mais importantes para a economia local. Apesar dos avanços significativos na mineração colombiana, a caracterização dos depósitos de ouro ainda é escassa e representa um desafio para os geólogos. A história geodinâmica dos Andes colombianos resultou na ocorrência de magmatismo cálcio-alcalino jurássico relacionado a acreção de terrenos, e geração de importantes depósitos de ouro como o “El Pescado”. Este deposito aurífero está localizado na porção norte da cordilheira central dos Andes, no flanco leste do sistema de falhas Otú-Pericos, hospedado no Batólito de Segovia. Esta unidade corresponde a quartzo monzodiorito dominante que varia localmente a quartzo sienito, granodiorito e diques porfiríticos de diorito. O plúton principal apresenta condições de cristalização com intervalos de temperaturas de 676°C-754°C e pressões de 2.1-2.6 kbar, e nos diques os intervalos são de 791°C-892°C e 3,6-3,7 kbar respetivamente. O quartzo monzodiorito e os diques de diorito são hospedeiros de veios de quartzo com sulfetos e ouro. Os fluidos hidrotermais geradores dos veios foram enriquecidos em K, Ca, Mg, Fe, S, CO2 e SiO2 e formaram clorita, epídoto, calcita, sericita, óxidos de Fe-Ti, sulfetos de Fe, Cu, Zn, Pb e teluretos de Au e Ag. Esta mineralização se associa a alteração propilítica das rochas encaixantes dos veios, e foi desenvolvida no intervalo de temperaturas de 300°C-332°C (geotermômetro de clorita). A ativação de zonas de cisalhamento transtensivas com trends N-S e NNW-SSE e cinemática dextral (relacionada ao Sistema de Falhas El bagre - Otú) possibilitou a circulação dos fluidos hidrotermais. A sequência paragenética dos minerais do minério foi determinada para dois pulsos de fluidos hidrotermais; o primeiro é caracterizado por quartzo, pirita-I, esfalerita-I, galena-I e baixo Au, a uma temperatura entre 175°C-225°C, do segundo pulso cristalizou a associação mineral formada por sericita, calcita, barita e pirita-II, esfalerita-II, galena-II, calcopirita, teluretos de prata-ouro (calaverita (AuTe2), silvanita [(Au, Ag)2Te4]) e Au. Este último pulso de fluido hidrotermal apresentou temperaturas entre 170°C e 300°C. Os resultados desta pesquisa suportam a hipótese que os fluidos mineralizantes no depósito "El Pescado" estão relacionados ao magmatismo gerador dos diques de diorito, encaixados no Batólito de Segovia. Assim fluidos magmáticos e hidrotermais tarde magmaticos foram mobilizados através de zonas de cisalhamento. Tais estruturas estão vinculadas ao Sistema de Falhas Otú-Palestina, as quais para o alojamento dos veios localmente foram ativadas sob um regime transtensivo rúptil. Os fluidos geradores do minério se vinculam a um mesmo sistema magmático-hidrotermal. O Au e os íons metálicos associados foram transportados por tio-complexos (HS e H2S) em fluidos hidrotermais ácidos a alcalinos, com salinidade intermediária a baixa e temperaturas baixas a moderadas.
Abstract: In Colombia, gold deposit exploration and exploitation represent one of the most important sources for local economy. Although the significant advances in Colombian mining, the characterization of gold deposits is still scarce and signify a challenge for geologists. The geodynamic history of Colombian Andes resulted in the occurrence of Jurassic calcium-alkaline magmatism related to accretionary suture process of terrains, also origined important gold deposits such as “El Pescado”, located in the northern side of Andean central mountain range, at the eastern flank of the Otú-Pericos faults system, nested in the Segovia Batholith. This batholith corresponds to quartz monzodiorite that vary locally to quartz-syenite, granodiorite and host porphyritic diorite dikes. The quartz monzodiorite present crystallization conditions with temperatures intervals of 676°C-754°C and pressures of 2.1-2.6 kbar, for diorite dikes, the intervals occur in 791°C-892°C and 3,6-3,7 kbar. Quartz with sulphides and gold form veins host mainly in the diorite dikes. Hydrothermal fluids were enriched in K, Ca, Mg, Fe, S, CO2, and SiO2, and formed chlorite, epidote, calcite, sericite, Fe-Ti oxides, massive amounts of silica and sulfide of Fe, Cu, Zn, Pb and telluride of Au e Ag. This mineralization mainly occurs in quartz veins and is related to propylitic alteration in the host rocks, development at 300°C-332°C (chlorite geothermometer). The activation of trans tensive shear zones with N-S and NNW-SSE trends and dextral kinematic (related to the El Bagre -Otú fault system) enabled the circulation of hydrothermal fluids. The ore mineral paragenetic sequence was related two hydrothermal fluid pulses; first one is characterized by quartz, pyrite-I, sphalerite-I, galena-I and low Au, at a temperature between 175°C-225°C, second one consist in ore mineral association including sericite, calcite, barite and pyrite-II, sphalerite-II, galena-II, chalcopyrite, silver-gold tellurides (calaverite (AuTe2), sylvanite [(Au,Ag)2Te4]) and Au. This last hydrothermal fluid pulse had temperatures between 170°C-300°C. The results of this research suggest that the mineralizing hydrothermal fluids in the "El Pescado" deposit in the Segovia Batholith, were related to magmatism of the diorite dykes. Magmatic and hydrothermal fluids were displayed through shear zones. These structures are related to Otú-Palestina Faults System and were activated in a transtenssive fragile regime during the emplacement of quartz veins. The Au and metallic ions associated were transported by thio-complexes (HS– and H2S) in acidic to alkaline hydrothermal fluids pulses, with intermediate to low salinity and low to moderate temperatures.
Palavras-chave: Depósito de ouro relacionado à intrusão
Fluidos hidrotermais de baixa salinidade
Zonas de cisalhamento El Bagre-Otú
Cordilheira Central dos Andes colombianos
Batólito de Segovia
Intrusion related gold deposit
Low salinity hydrothermal fluids
Shear zones El Bagre - Otú
Central Range Colombian Andes
Segovia Batholith
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Ciências Exatas
Programa: Programa de Pós-graduação em Geociências
Citação: JARAMILLO PEREZ, Eliana Rocío. Metalogênese da jazida aurífera “El Pescado”, Andes do Norte, Colômbia. 2018. 100 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Instituto de Ciências Exatas, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6955
Data de defesa: 4-Dec-2018
Appears in Collections:Mestrado em Geociências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_ElianaJaramilloPerez_PPGEO.pdf5,59 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.