???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6966
Tipo do documento: Dissertação
Título: "Representantes" indígenas no Estado brasileiro: análise da trajetória participativa da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira nas esferas do indigenismo estatal
Título(s) alternativo(s): Indigenous "Representatives" in the Brazilian state: analysis of the participative trajectory of the Coordination of the Indigenous Organizations of the Brazilian Amazon in the spheres of State indigenismo.
Autor: Cruz, Andrezinho Fernandes 
Primeiro orientador: Ortolan, Maria Helena
Primeiro membro da banca: Bruno, Ana Carla dos Santos
Segundo membro da banca: Luciano, Gersem José dos Santos
Resumo: Esta dissertação propõe refletir sobre o modo de inserção e atuação das lideranças indígenas no Estado brasileiro, a partir do modelo político do indigenismo estatal marcado pela descentralização da política indigenista executada pela Fundação Nacional do Índio - FUNAI, passando a ser exercida pela gestão governamental de acordo com os princípios da “democracia participativa”. Neste sentido, a pesquisa foi construída com base em diversas fontes etnográficas, que abarca desde documentos institucionais da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira - COIAB até as trajetórias de lideranças indígenas que participaram e/ou participam da construção e implementação de políticas públicas para os povos indígenas. Seus depoimentos foram recolhidos tanto por meio de entrevistas direta com os “sujeitos” pesquisados, como também através dos discursos públicos proferidos em vários eventos referentes às questões indígenas. Para compreender este trabalho faz-se necessário considerar que os dados etnográficos foram analisados para além do arcabouço teórico-metodológico antropológico, pois envolve minha trajetória como indígena Kambeba com participação familiar efetiva no movimento indígena, incluindo experiência com as políticas indígenas e indigenistas. Procurei desta maneira, constituir analiticamente a “teia de relação” entre as lideranças indígenas da COIAB e sua dinâmica na produção de relações de poder, no intuito de compreender a inserção dos povos indígenas nas esferas estatais.
Abstract: This dissertation aims to reflect about the modes of entrance and action of indigenous leaders in the Brazilian State, from the political model of State indigenism marked by the decentralization of indigenist policy executed by the National Indian Foundation – FUNAI, which has been carried out by government management in accordance with the principles of “participatory democracy”. In this sense, the research was constructed based on diverse ethnographic sources that encompass institutional documents of the Coordination of the Indigenous Organizations of the Brazilian Amazon – COIAB, as well as the trajectories of indigenous leaders that participated and/or participate in the construction and implementation of public policies for indigenous peoples. Their testimonies were collected not only through direct interviews with the studied “subjects”, but also through public discourse given in events regarding indigenous issues. In order to comprehend this study it is necessary to consider that the ethnographic data analyzed goes beyond the anthropological methodology-theoretical framework, as it involves my trajectory as a Kambeba Indian with effective family participation in the indigenous movement, including experience with indigenous and indigenist policies. In this way, I sought to analytically form the “teia de relação” (network of relations) between the indigenous leaders of COIAB and its dynamics in the production of relations of power, in order to comprehend the entrance of indigenous peoples into the State spheres.
Palavras-chave: Movimento indígena
Liderança indígena
Política indígena
Estado
Indigenous Movement
Indigenous leadership
Indigenous policy
State
Área(s) do CNPq: CIÊNCIAS HUMANAS: ANTROPOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Amazonas
Sigla da instituição: UFAM
Departamento: Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais
Programa: Programa de Pós-graduação em Antropologia Social
Citação: CRUZ, Andrezinho Fernandes. "Representantes" indígenas no Estado brasileiro: análise da trajetória participativa da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira nas esferas do indigenismo estatal. 2018. 156 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6966
Data de defesa: 28-Sep-2018
Appears in Collections:Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_AndrezinhoCruz_PPGAS.pdf12,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons